Página Inicial » Treinos » Como acelerar os resultados na musculação (treinando com inteligência)

Como acelerar os resultados na musculação (treinando com inteligência)

Para acelerar os resultados na musculação é preciso treinar com inteligência e método. Veja como, neste artigo!

Como acelerar os resultados na musculação

A musculação é um processo. Ela envolve diversas variáveis e precisa ser enxergada de uma forma mais ampla. O processo é, na maioria das vezes, lento e contínuo. Não deveria ser diferente. A musculação trabalha com adaptação em um organismo orgânico. Porém, com inteligência, é possível acelerar alguns resultados na musculação.

Não é muito simples e nem se enquadra para qualquer pessoa. Muito menos, será uma resposta pronta, que se encaixa para qualquer pessoa. Para acelerar os resultados na musculação, precisamos antes de qualquer coisa, entender as individualidades do praticante.

Como acelerar os resultados na musculação, treinando com mais inteligência?

O primeiro ponto, é entender que a musculação provoca adaptações no organismo, independentemente de qual seja o objetivo. Desta maneira, quando passamos a encarar o treino como o estímulo necessário para que possamos atingir determinado resultado final, fica mais fácil compreender o processo.

No caso da hipertrofia, por exemplo, temos de maneira bem simplificada, o estímulo muscular, que é a musculação, somada ao descanso e a dieta, que estão ligadas a regeneração das fibras musculares, no processo de supercompensação.

Desta maneira, treinar com inteligência e principalmente, otimizar os resultados, é buscar melhorar os processos adaptativos como um todo.

Para isso, temos que avaliar individualidades, histórico de treinamento, constância dos estímulos, rotina e qualidade dos estímulos.

Para que isso fique mais claro, selecionei 8 dicas para acelerar os resultados na musculação!

8 dicas para acelerar os resultados na musculação

O TEXTO CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

Acelerar os resultados não é se transformar em um fisiculturista em poucos meses. Você precisa entender que há limitações de tempo, espaço e genética, que não há como mudarmos. Por isso, entenda que acelerar os resultados está ligado a chegar aos objetivos possíveis, em um menor espaço de tempo.

Vamos as dicas!

1- Melhore sua força

A força é, de maneira geral, a principal qualidade física para termos um melhor desempenho. Isso, por que ela está na base de qualquer qualidade física. A musculação aliás, é uma das bases do treinamento de força.

Porém, muitas pessoas acabam deixando isso de lado na musculação. Com treinos muito longos, com pouca carga e milhares de repetições. Isso é errado? Não, desde que feito da maneira correta.

Em sua periodização, você precisa necessariamente, ter uma boa parcela dos treinos, para melhorar sua força máxima. Para isso, usamos movimentos mais rápidos e constantes, menos repetições e mais carga. Sempre com o cuidado de manter a qualidade do movimento, para que músculos e articulações não sejam danificados.

2- Flexibilidade é fundamental

Muitas pessoas não acreditam que a flexibilidade possa interferir nos resultados da musculação. Ledo engano. Ela está diretamente ligada a resultados mais rápidos. Basicamente, por duas razões.

Uma delas, é que com uma boa flexibilidade, teremos melhores execuções, o que ativará mais os músculos alvo de cada exercício e reduzirá o efeito dos sinergistas. Isso, por si só já é uma razão para melhorar a flexibilidade para acelerar os resultados.

O outro motivo, é que com músculos e articulações mais flexíveis, facilitamos os processos circulatórios, que estão diretamente ligados ao fornecimento de nutrientes para os músculos, o que influencia no desempenho e na regeneração.

3- Periodização sempre será fundamental

Eu sei que muitas vezes bato muito nesta tecla. Porém, sem uma periodização adequada, não há qualquer possibilidade de acelerarmos os processos e os resultados na musculação. Sem uma progressão das cargas, um planejamento adequado, teremos apenas resultados aleatórios.

O princípio é simples. Para que tenhamos resultados mais rápidos, precisamos de melhores estímulos e uma carga total de trabalho, crescente. Caso contrário, ficaremos sempre no mesmo lugar, sem um desenvolvimento.

Porém, como este é um processo que leva meses, muitas vezes não conseguimos ter a real clareza de como estamos em cada estágio. Por isso, o planejamento é muito mais do que apenas algo para ser seguido, mas serve também, como forma de acompanhar os resultados.

Por isso, sem um bom trabalho de periodização, você até pode ter algum resultado no início, mas chegará em um platô de desenvolvimento e ficará ali. Acelerar os processos da musculação está diretamente ligado a forma e as estratégias em que a periodização é montada.

Leia também => Periodização do treinamento – Conheça os diferentes tipos para a musculação

4- Fuja de fórmulas prontas

Perceba que eu não falei nenhuma dica direta (por exemplo, faça tal exercício desta forma). Afinal, eu não conheço você, sua individualidade e suas reais necessidades. Além do mais, acelerar os resultados na musculação é algo muito diferente para um iniciante, do que para um atleta, não é?

Por isso, fuja de fórmulas prontas, de métodos “revolucionários” ou de medidas que se enquadram para qualquer pessoa. Para melhorar e acelerar os resultados na musculação, você precisa, antes de tudo, levar em conta a sua individualidade, suas necessidades. Como poderá fazer isso em um método pronto?

Por isso, fuja de toda e qualquer fórmula pronta, método revolucionário ou coisas do gênero. No geral, estas fórmulas não passam de jogadas comerciais para vender algo que não entregam.

Sempre opte por um treino individualizado e dentro de suas necessidades.

5- Controle dos estímulos é fundamental

Como saberemos que uma estratégia ou tipo de estímulo realmente dará certo? Aplicando da maneira correta, dentro do contexto adequado e controlando os resultados. Sem um mecanismo de controle, de acompanhamento, não será possível acelerar os resultados na musculação.

Por exemplo, se o seu trabalho de força não resultou, ao final de determinado período, uma melhora considerável na quantidade de carga suportada em determinado exercício, houve algum problema no processo.

O mesmo vale para a hipertrofia. Se não houve, um aumento na quantidade de massa muscular, após um período de trabalho, houve alguma falha no processo.

Mas só saberemos isso de fato, se controlarmos, se medirmos. Por isso, para acelerar o processo e ter melhores resultados na musculação, precisamos invariavelmente, controlar os estímulos e manter um acompanhamento dos ganhos reais.

6- Dieta e descanso

Chega a ser repetitivo, mas para se obter resultados mais rápidos, dieta e o descanso precisam ser muito mais efetivos. Sem isso, pouco adiantará treinar adequadamente. Aliás, se você quer resultados mais rápidos, sua dieta precisa estar ainda mais alinhada. Caso contrário, teremos a falta de um componente primordial. O descanso, também precisa ser muito bem pensado e planejado.

Você não vai conseguir resultados mais rápidos na musculação comendo de qualquer jeito, sem qualquer critério, ou passando noites e noites acordado e finais de semana enchendo a cara nas baladas. Coma muito bem, descanse e você poderá melhorar e acelerar os resultados. Caso contrário, não espere milagres.

Leia também => Como otimizar seu descanso e ter muito mais resultados

Leia também => Saiba o porquê o álcool atrapalha tanto os resultados na musculação

7- Intensidade no treinamento é fundamental

Para otimizar o tempo das adaptações, precisamos impor ao organismo, um estimulo mais intenso. Para isso, a intensidade do treino precisa ser mais alta e principalmente, crescente. Porém, treinar com intensidade alta não é, necessariamente, treinar muito ou com elevadas cargas o tempo todo.

Intensidade está mais ligada a qualidade do estímulo, ao controle das variáveis e a aplicação de estratégias inteligentes e eficientes.

8- Processos constante

Se você busca acelerar os resultados na musculação para ficar “sarado” para o verão, esqueça. Você precisa, invariavelmente, de um processo constante. Treine com inteligência, de maneira constante e conseguirá acelerar os resultados. Caso contrário, você até pode ter alguma melhora, mas nada que fique de fato visível e que seja mantido em longo prazo.

Lembre-se que a musculação é algo constante, que deve ser visto como um processo adaptativo. Por isso, parar de treinar e voltar, várias vezes, fará com que você seja um eterno iniciante e que nunca venha a ter resultados de verdade. Constância é a palavra-chave para ter melhores resultados!

Leia também => 6 Dicas para aumentar a intensidade do seu treino

Estas são algumas das maneiras de acelerar os resultados na musculação. Mas lembre-se, você é único (a) e precisa sempre, que isso seja levado em conta. Sempre treine com a orientação de um bom profissional. Bons treinos!

Sobre Sandro Lenzi

Educador físico apaixonado pelo desenvolvimento humano. Atuo como produtor de conteúdo, personal trainer e com consultoria online.
CREF: 22643-G/SC

Leia também

Pré-exaustão treino de pernas coxas e glúteos

Como usar a pré-exaustão no treino de coxas?

O método de pré-exaustão é muito efetivo para modificar o estímulo e buscar o desenvolvimento …

Qual a diferença entre a cadeira flexora e a mesa flexora? Qual a melhor?

Cadeira flexora e mesa flexora são a mesma coisa? Não, são aparelhos diferentes, com o …

  1. Bom dia.

    Preciso de ajuda para montar uma estratégia. Passei em um concurso da PM-BA e o TAF será daqui a 1 mês.
    Tenho que correr 2.400m em 13 min, 50 m em 8 segundos e fazer 3 barras supinada. Até então não consigo executar nenhum dos exercícios necessários. Pode me dar algumas dicas? Tenho 1,80m de altura e peso cerca de 84 kg.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!