Treino de Peito

5 Vantagens de realizar o Supino com halteres!

O supino reto com barra é um dos execícios mais utilizados pela maioria dos praticantes de musculação. É um excelente exercício, mas que pode ser muito bem substituído pela variação com halteres. Veja agora as vantagens!

supino reto com halteres

Whey Protein Growth Supplements

No treino de peitoral, o principal exercício e um dos mais conhecidos da musculação é o supino reto com barra, sendo a base para a hipertrofia do peitoral, assim como para desenvolver força na região superior do corpo.

Apesar destas vantagens é necessário também utilizar uma variação deste exercício, para poder continuar estimulando de maneira satisfatória a musculatura, levando a melhores resultados em termos de ganho de força e hipertrofia.

Para tal, em alguns casos é benéfico substituir o supino com a barra pela sua versão com halteres.

Dessa forma, neste artigo serão listadas as principais vantagens de utilizar o supino com halteres no treino e como esta variação pode trazer bons resultados a quem a utiliza.

1. Maior liberdade de movimento

O supino com halteres permite uma liberdade maior para as articulações, sendo muito utilizado por pessoas que sentem dores nos ombros ou punhos e cotovelos no supino com a barra.

Ao contrario da versão com a barra, na qual as articulações ficam com menor mobilidade, no supino com halteres é possível fazer ajustes maiores no movimento, de forma a tornar mais confortável e seguro adaptando o exercício as necessidades de cada pessoa.

2. Amplitude maior

Com uma amplitude maior há uma maior intensidade no treinamento, pois aumenta o grau de dificuldade e trabalho muscular, o que é excelente para o trabalho do peitoral que tem maior número de fibras recrutadas.

Sendo assim, para o processo de ganho de massa muscular efetuar o exercício com maior amplitude é de grande relevância.

3. Auxilia no combate ao desequilíbrio muscular

O TEXTO CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

É comum pessoas que treinam possuir um dos membros mais fortes que o outro, neste caso se recomenda um trabalho com halteres para poder equilibrar a força entre os dois membros.

Utilizar a barra muitas vezes mascara discrepâncias na força entre os dois “lados”, onde o mais forte compensa o movimento, por exemplo quando ao efetuar o supino com barra, um membro sobe mais rápido que o outro.

Com o uso de halteres é possível trabalhar de maneira mais equilibrada os dois lados, sendo muito importante tanto para a hipertrofia, como também para evitar lesões.

Para aqueles que possuem desequilíbrios musculares entre os dois membros, mais força do lado direito que do esquerdo, por exemplo, utilizar a barra pode aumentar este desequilíbrio, afetar a execução e até aumentar o risco de lesão.

4. Melhor trabalho dos músculos estabilizadores

Ao efetuar exercícios com halteres há uma maior recrutamento de unidades motoras, o que torna de certa maneira a execução mais difícil de ser realizada.

Dessa forma, os músculos estabilizadores são mais recrutados, o que contribui para a melhora da coordenação motora e consequentemente para um melhor controle da técnica do exercício.

Por exemplo, durante a realização do supino com halteres foi verificado em exames de eletromiografia, uma maior ativação do bíceps, o qual tem função estabilizadora em relação a versão com a barra.

5. Maior segurança

Tentar treinar até a falha muscular e de maneira mais intensa na barra reta pode ser um negocio meio arriscado, pois a barra pode cair em cima do peito levando a algum tipo de lesão.

Creatina Growth Supplements

Com halteres, ao chegar a falha muscular e para evitar se lesionar é possível soltar os halteres no chão, com a barra seria necessário um parceiro de treino para auxiliar ou evitar ficar preso entre a barra e o banco.

Concluindo

O supino com halteres pode ser utilizado para quebrar platôs e mudar um pouco o estimulo do treino, quando inserido de maneira correta dentro da rotina de treinamento.

A dúvida que fica depois de ver os benefícios listados do supino com halteres é que, seria melhor realizar somente este exercício e não utilizar mais sua versão na barra e esta não tem nenhuma utilidade?

A resposta para esta pergunta é que vai depender do contexto e também tem de ser levada em conta a individualidade biológica da pessoa, o seu treino em geral e quais são os objetivos do individuo em questão antes de selecionar qual é melhor.

Sendo assim, antes de inserir ou modificar qualquer exercício no treino é necessário consultar um profissional de Educação Física para este poder avaliar e prescrever melhor a rotina de treino, que melhor atenda as necessidades de cada pessoa.

Bons treinos!

Clique para conhecer

Victor Hugo Rocha Ferreira de Oliveira

Professor de Educação Física formado em licenciatura pela UNIME e Bacharel pela FSBA. CREF: 010586-G/BA

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar