Pesquisar

Whey Protein Sem Lactose – Veja como escolher

O whey protein sem lactose é uma excelente opção de suplemento para quem tem intolerância à lactose, mas que ainda gera uma série de dúvidas.

Como saber se um produto é realmente sem lactose? Como age no organismo? Tem contraindicações? Essas são algumas das perguntas mais frequentes.

Nesse artigo completo esclareceremos o que é o whey sem lactose, suas indicações, como comprar, benefícios, contraindicações e muitas outras informações essenciais para utilizá-lo com eficácia e segurança. Confira.

whey protein sem lactose

Whey protein sem lactose: o que é

O whey protein sem lactose é um composto de proteínas extraídas do soro do leite cujo processo de fabricação praticamente elimina os resíduos de lactose e gorduras.

Qualquer tipo de whey protein (concentrado, isolado e hidrolisado) vem do soro do leite, a parte hidrossolúvel resultante do processo de fabricação de queijos.

Entretanto, as versões whey protein isolada e whey hidrolisada passam por um processo de filtragem mais elaborado.

Por isso o whey concentrado possui percentuais mais elevados de gordura e lactose, além de ter absorção mais lenta.

O whey sem lactose pode ser do tipo isolado ou hidrolisado.

Além de possibilitar o uso do suplemento por intolerantes à lactose, tem absorção mais rápida e maior teor de proteínas (em torno de 90%), quando comparado ao whey concentrado.

Na versão hidrolisada as proteínas são quebradas por hidrólise, tornando o processo de absorção ainda mais rápido (comparando ao isolado) e reduzindo o potencial alergênico.

Por isso esse tipo de whey costuma ser usado em fórmulas para crianças e pessoas com condições especiais de saúde.

O que é lactose

A lactose é um carboidrato (açúcar) presente no leite dos mamíferos. Trata-se de um dissacarídeo formado pelos açúcares simples glicose e galactose.

O TEXTO CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

Intolerância à lactose

Quem tem intolerância à lactose, tem dificuldade na digestão da lactose presente nos alimentos.

É causada pela deficiência de lactase, enzima responsável por quebrar as moléculas de lactose.

Logo, no organismo das pessoas intolerantes, a lactose chega ao intestino sem ter sido digerida.

As bactérias da flora intestinal interagem com essa lactose não digerida, causando sintomas como diarreia, náuseas, vômitos, cólicas e gases.

Existem diferentes graus de intolerância à lactose e nem sempre é preciso cortar totalmente o consumo de produtos lácteos na presença dessa condição.

Para que serve

O whey protein sem lactose serve para complementar as necessidades diárias de proteínas de pessoas intolerantes à lactose.

É utilizado principalmente no pós treino ou até mesmo antes, para melhorar o desempenho durante a execução dos exercícios e garantir o aporte proteico necessário para auxiliar numa recuperação adequada e ainda no aumento e manutenção da massa muscular.

Também é usado para reduzir a perda de massa muscular em idosos (sarcopenia) e melhorar a resposta imunológica.

Como escolher um whey protein sem lactose

Para assegurar que um whey protein é realmente sem lactose, é preciso verificar essa informação no rótulo do produto.

De acordo com a legislação brasileira atual, produtos que contenham menos de 100 mg de lactose a cada 100 g ou ml (ou seja, 0,1%), devem ter no rótulo uma das seguintes indicações: “zero lactose”, “isento de lactose”, “sem lactose” ou “não contém lactose”.

Como você pode concluir, a lei permite que um produto que contenha até 0,1% de lactose seja rotulado como isento, já que esse limite é considerado seguro para o consumo por intolerantes.

Melhores marcas

Abaixo temos um artigo com uma lista com as melhores marcas de whey protein sem lactose e outros suplementos indicados para quem tem intolerância a lactose, vale a leitura:

Leia também:

Suplementos para intolerantes à lactose e alérgicos a leite

Composição

O whey protein sem lactose é composto basicamente por proteínas do soro do leite, que por sua vez são formadas por peptídeos, como beta-lactoglobulina, alfa-lactoalbumina, albumina do soro bovino e imunoglobulinas.

A beta-lactoglobulina possui alto teor de BCAAs (aminoácidos de cadeia ramificada), muito importantes para o ganho de massa muscular.

A alfa-lactoalbumina é rica em aminoácidos como lisina, leucina, treonina e cistina, além de conter triptofano.

Já a albumina do soro bovino é um precursor de glutationa, um poderoso antioxidante.

As imunoglobulinas fortalecem a imunidade e têm ação antioxidante.

Indicações

O whey protein sem lactose é indicado para:

  • pessoas com intolerância a lactose que não podem consumir a versão comum do whey protein;
  • Praticantes de atividades físicas e esportes;
  • Pessoas que não conseguem suprir suas necessidades diárias de proteínas somente através da alimentação;
  • Idosos, para evitar e combater a sarcopenia (somente sob orientação médica);
  • Indivíduos com doenças e condições de saúde que enfraquecem o sistema imunológico (sob indicação médica);

Como age

O whey sem lactose fornece ao organismo proteínas de rápida absorção e alto valor biológico, contendo um baixíssimo teor de gordura e praticamente 0% de lactose.

Ingerir diariamente as quantidades recomendadas de proteínas, de acordo com a idade, peso e nível de atividade física, é essencial para manter a massa magra corporal e obter resultados com o treino para hipertrofia.

Benefícios do suplemento de proteína sem lactose

Além da vantagem óbvia de possibilitar o consumo por intolerantes, o whey sem lactose oferece diversos benefícios.

1- Hipertrofia

O whey protein contribui de diferentes formas para o aumento de massa muscular em praticantes de musculação. Em primeiro lugar, é uma excelente fonte de aminoácidos e proteínas, nutrientes essenciais para o crescimento dos músculos.

Também pode aumentar a síntese de hormônios anabólicos, como insulina.

E ainda é rico em leucina, aminoácido essencial que estimula a síntese proteica a nível molecular.

Por último, tem aborção mais rápida que outros tipos de proteína, o que é especialmente útil no pós treino.

2- Emagrecimento

Por ser um alimento com alto valor proteico, o whey ajuda a controlar o apetite, já que promove saciedade prolongada. Por isso podemos dizer que seu consumo contribui indiretamente para a perda de peso.

Sem falar que, ao aumentar a massa muscular corporal, ocorre um aumento da atividade metabólica, o que também ajuda a queimar mais gordura.

Outros benefícios

  • Ajuda a baixar a pressão arterial, mesmo em hipertensos.
  • Reduz os níveis de açúcar no sangue.
  • Protege contra o câncer.
  • Aumenta a densidade mineral óssea.
  • Auxilia no combate aos sintomas de estresse.
  • Fortalece o sistema imunológico.
  • Tem ação antioxidante.

Como tomar

A dose diária de whey deve ser calculada de acordo com as necessidades individuais de cada pessoa, que variam de acordo com fatores como peso, idade, nível de atividade física e tipo de treino.

Levando isso em consideração, o mais indicado é consultar um profissional de nutrição antes de começar a consumir o suplemento.

A dose geral recomendada pelos fabricantes é de 0,5 gramas de whey protein sem lactose para cada quilo de peso corporal. Se uma pessoa por exemplo pesa 70 kg, ela pode tomar 35 g de whey no pós treino, diluída em água.

Vale lembrar que essa quantidade pode variar conforme cada pessoa e seu nível de treinamento, objetivos, etc. O ideal sempre é tomar conforme orientação profissional.

Pode ser diluído em água como dito, e no pós-treino pode ser misturado ainda junto a um carboidrato de alto índice glicêmico (como dextrose, por exemplo), para facilitar o carreamento de proteínas até o tecido muscular. Não é uma regra apenas uma sugestão. Pode variar conforme a dieta da pessoa e suas necessidades.

Efeitos colaterais

Não há efeitos colaterais associados ao whey sem lactose, desde que seja utilizado corretamente e por pessoas sem nenhum tipo de enfermidade.

Contraindicações

O whey protein sem lactose não pode ser consumido por alérgicos à proteína do leite. Neste caso, deve-se optar por algum suplemento à base de proteína vegetal (“whey protein vegano”).

Crianças, idosos, gestantes e portadores de doenças crônicas só podem utilizar o suplemento sob orientação médica.

Como vimos, o whey protein sem lactose  pode possibilitar a quem tem problemas de intolerância, desfrutar de todos os benefícios desse suplemento multifuncional.

Basta prestar atenção na hora da compra para se certificar de que o produto é realmente sem lactose.

Referências:

Whey Protein Sem Lactose – Veja como escolher
5 (100%) 1 vote

Sobre Equipe Treino Mestre

Artigos assinados pelo Treino Mestre são escritos pela nossa equipe de profissionais de Educação Física, Nutricionistas, Fisioterapeutas, Atletas e demais colaboradores ligados a saúde e ao esporte. Conheça a equipe principal do Treino Mestre clicando aqui.

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever-se  
Notificação de