Página Inicial » Saúde » Potássio: Para que serve, benefícios e fontes nos alimentos

Potássio: Para que serve, benefícios e fontes nos alimentos

O potássio consegue equilibrar a pressão arterial, prevenir AVC e é essencial para os músculos. Conheça todos seus benefícios, funções e os alimentos mais ricos.

Potássio - funções e alimentos ricos

Encontrado na tabela periódica na família dos metais alcalinos, o potássio é encontrado na natureza, principalmente, em minerais e na água salgada. É também muito importante para o crescimento das plantas e por isso é encontrado em grande quantidade nas hortaliças que consumimos em saladas.

Quem aqui não se recorda dos tempos de colégio quando se falava, nas aulas de biologia, da bomba de sódio e potássio? Pois bem, esse mineral é muito importante para a entrada e saída de nutrientes da célula, também auxilia na contração muscular, controle dos batimentos cardíacos, condução nervosa, produção de ácidos nucleicos, proteínas e energia.

A relação entre o sódio e o potássio é muito íntima e, não é por caso, que são tão parecidos. Eles auxiliam no equilíbrio de líquidos no nosso corpo. Por isso que o potássio é, muitas vezes, utilizados em medicamentos que controlam a pressão arterial. Enquanto o sódio segura a água dentro do organismo, o potássio tende a eliminá-la, excretando-a para fora dele.

Os benefícios do potássio

Acima citamos diversas funções do nosso corpo nas quais o potássio participa ativamente. Vamos ver agora de que maneira esse mineral age nessas funções orgânicas, nos trazendo benefícios.

Equilibra a pressão arterial
Pela lógica dos papéis do sódio e do potássio, quando temos muito daquele no nosso sangue a tendência é que ocorra um aumento da pressão arterial já que ele retém líquidos. Por isso, ingerir alimentos, suplementos ou medicações que contenham o potássio vai ajudar a equilibrar a quantidade de líquidos no corpo. Esse mecanismo é essencial para quem sofre de Hipertensão Arterial.

Leia também: Hipertensão Arterial Sistêmica – Tudo que você precisa saber

Prevenção do AVC
A hipertensão arterial não provoca apenas infartos no coração, ele também pode acontecer no cérebro. É o que chamamos de AVC (Acidente Vascular Cerebral) isquêmico. É preciso esclarecer aqui o que muita gente não entende. Infarto ocorre quando uma parte do corpo fica sem oxigenação, ou seja, pode acontecer em qualquer parte do corpo. Porém, como ela é muito mais comum no coração, por ser um órgão que recebe muito sangue, acabou se consolidando a ideia de que infarto é no coração e colocou-se o nome AVC para determinar quando esse infarto ocorre no cérebro.

O TEXTO CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

Essencial para os músculos
O movimento muscular se dá pela contração e relaxamento das fibras, algo que acontece de forma intensa durante os treinos de musculação. As fibras só se movimentam porque são liberadas pelo potencial de ação (um estímulo elétrico) para fazer isso. Esse potencial de ação vem a partir do sistema nervoso central para os nervos periféricos, enviando comandos como quando você quer se sentar, levantar, erguer algum peso e todos as outras movimentações necessárias. O estímulo elétrico oferecido só acontece graças à entrada de sódio (contração) e saída de potássio (relaxamento) da célula. Por conta disso, é muito importante que os níveis de potássio estejam adequados.

Deficiência de potássio

Quando estamos com uma quantidade menor de potássio que o desejável estamos num quadro chamado de hipocalemia. Isso pode ser causado por diversos fatores:

  • vômitos;
  • diarreia;
  • uso de medicamento diurético ocasionando perda excessiva de potássio pela urina;
  • Existem alguns sinais e sintomas que é possível identificar quando o indivíduo está passando por uma carência de potássio:
  • câimbras;
  • fadiga e fraqueza muscular;
  • apatia mental;
  • anorexia;
  • alterações nos batimentos cardíacos;

Leia também: A importância do magnésio para o organismo

Principais fontes de potássio

Existem diversos alimentos ricos em potássio e que estão naturalmente na nossa mesa todos os dias durante as principais refeições: brócolis, aipo, iogurte desnatado, cenoura, batata doce, feijão, palmito, espinafre, amêndoa, beterraba, semente de girassol, banana e abacate. São necessários entre 2,5 a 3,5 gramas de potássio por dia.

Quanto ao suplemento de potássio, ele não é necessário para todos. Apenas no caso de pessoas que passaram por alguma doença, que perderam muito líquido, seja pela urina, vezes ou vômito, ou pelo uso de medicamento podem precisar de suplemento. Quem vai determinar se você precisa ou não é o médico, ou um especialista, como o nutrólogo.

Consumir em excesso

Não há grandes problemas numa dieta que tenha muito potássio. Isso porque o nosso corpo apenas utiliza o necessário e escreta a parte de não utiliza através da urina. Porém, pacientes que apresentam problemas renais podem sentir uma certa dificuldade em mondar o potássio para fora do corpo e ter esse mineral em excesso na alimentação pode causar prejuízos à saúde.

Sobre Calila Galvao

Leia também

Triptofano: Saiba para que serve, seus benefícios e efeitos colaterais

Além de melhorar a qualidade do sono o triptofano ajuda a reduzir o estresse e …

Leite de Magnésia faz bem para pele? ajuda emagrecer? Veja todos os seus benefícios!

O leite de magnésia ou hidróxido de magnésio é indicado principalmente para tratar da prisão …

  1. Q tipo de prejuízos saúde causa..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!