Pesquisar

Iogurte Grego: 4 Benefícios, tabela nutricional e como fazer

O Iogurte grego é rico em proteínas, sendo uma excelente opção para café da manhã e lanches da tarde. Conheça agora seus principais benefícios, tabela nutricional, além de como preparar em casa e ter um produto 100% natural e com todas as suas propriedades. 

iogurte grego

Se tem um alimento que está permeado por polêmicas, este é o iogurte grego.

Muitos advogam em seu favor, enquanto tantos outros o criticam, bem como não o utilizam. Enfim, quem está certo?

Na verdade, o iogurte grego, de fato, tem uma série de benefícios. Fazê-lo em casa também não é tão difícil – e apresentaremos uma receita.

O ideal, então, é ver por você mesmo se ele é tudo que você está esperando ou não.

O que é Iogurte Grego?


PUBLICIDADE

Existe uma séria discussão a respeito da fabricação do iogurte grego.

De modo geral, no Brasil, infelizmente ele não é produzido pelos mesmos processos que no exterior, que seguem à risca alguns padrões para diminuir o índice de gordura.

Deste modo, a opção industrializada, encontrada nos mercados do país, ainda podem não ser tão vantajosas quando comparadas ao iogurte desnatado e ao iogurte light.

Até mesmo por isso, a produção própria em sua casa pode ser especial.

A forma tradicional de fabricação do iogurte grego é (ou deveria ser) com a remoção do soro do leite, em vários processos de filtração.

Por conseguinte, teríamos um produto com mais proteínas e com menos açúcar, carboidratos e gorduras do que o iogurte normal.

Propriedades

As propriedades do iogurte grego são bastante variáveis, uma vez que o processo de fabricação muda bastante de acordo com o fabricante.

O TEXTO CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

Desta forma, embora tenhamos uma noção bastante precisa do que há em cada recipiente, o mais adequado é ler as indicações na embalagem.

Ainda assim, podemos dar um panorama geral sobre a composição do iogurte grego.

Como já adiantamos, ele é produzido a partir de processos de filtração do soro do leite, o que é responsável por conferir algumas características em particular.

O iogurte grego possui, sobretudo, um índice de proteínas que se destaca.

Com relação aos outros macronutrientes, embora a ideia geral é a de que fossem reduzidos, pela produção brasileira, rica em aditivos, não costuma acontecer.

O cálcio deste alimento também se destaca, assim como em outros provenientes do leite.

Por fim, as fibras alimentares do iogurte grego são igualmente relevantes, contribuindo ao sistema gastrointestinal.

4 Benefícios

Os benefícios do iogurte grego, principalmente daquele “raiz”, feito conforme o mais habitual no exterior, são bastante relevantes.

Nestes casos, não há a adição de produtos como creme de leite, gelatina e leite integral, que vão de encontro ao tradicional.

1. Rico em proteínas ideal para dietas!

Um dos benefícios do iogurte grego, quando comparado aos outros tipos de iogurte, é ter mais proteínas.

Isto favorece a um certo grupo de pessoas, em particular quem faz exercícios físicos e visam o ganho de massa muscular.

Também ajuda quem está em busca do emagrecimento, já que ajuda a ter mais saciedade, além de ser um alimento de alto valor biológico.

2. É uma dieta vegetariana

Via de regra, o iogurte grego é uma boa opção para os vegetarianos. Mas cuidado: isto se aplica em especial ao caseiro, visto que muitos fabricantes industriais acabam pondo ingredientes que quebram esta regra.

3. Regulariza o intestino

Uma das características gerais dos iogurtes, e da qual o grego não foge, é ser bom contra problemas como a prisão de ventre.

Ele auxilia a regularizar o intestino, combatendo os desagradáveis sintomas.

4. Fortalece os tecidos ósseos

Por ser uma ótima fonte de cálcio, o iogurte grego fortalece os tecidos ósseos. Assim, deixa até mesmo os dentes mais fortes.

O TEXTO CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

Leia também:

Kefir de Leite – O que é, Seus 10 Benefícios e Como Fazer

Kefir – Para que serve, Benefícios, se emagrece e como fazer e usar

Kefir de água – O que é, para que serve, 10 Benefícios e como cuidar

Queijo cottage – O que é, Benefícios e Como fazer

Receita de como fazer

Por fim, conforme já indicamos, as opções industrializadas de iogurte grego, vendidas no Brasil, não são tão boas para os objetivos a que se propõe.

Apesar de no exterior isto ser seguido mais à risca, aqui a prioridade das empresas parece ser a textura, e não suas vantagens à saúde.

Por este motivo, fica patente a necessidade da apresentação de pelo menos uma opção de como fazer iogurte grego desnatado.

Embora nos ingredientes sejam apresentados alguns produtos industrializados, o processo de fabricação é controlado por quem o faz.

Isto significa que, na prática, acaba sendo uma opção muito mais vantajosa quando comparada às industrializadas.

Além de que o consumidor pode ajustar a fórmula adicionando ingredientes que goste mais ou retirando outros – mas cuidado ao fazer isto.

Os ingredientes do iogurte grego desnatado caseiro:

  • Leite desnatado (2 litros)
  • Iogurte natural desnatado (1 pote)
  • Essência de baunilha (1 colher de sobremesa)
  • Edulcorante sucralose ou adoçante eritritol (1 xícara)
  • Preparado de frutas vermelhas (opcional)

Como fazer:

1. Coloque o leite no fogo até o ponto de fervura. Chegando nele, deixe esfriar por alguns minutos.

2. Adicione o pote de iogurte natural desnatado, misturando para ficar homogêneo.

3. Tampe bem a panela, de preferência com um pano de prato embaixo da tampa.

4. Deixe o seu futuro iogurte grego descansar até o outro dia.

5. Em uma tigela forrada com um pano limpo, com um coador, coloque o produto que está na panela para coar (não mexa nem misture, apenas deixe o processo natural). Este processo deve acontecer dentro da geladeira e por um período de aproximadamente 3h.

6. Coloque o produto que ficou no pano em outra tigela e adicione os demais produtos (a sucralose e a essência de baunilha), mexendo até ficar homogêneo.

7. Agora, é só servir seu iogurte grego e complementar com outros ingredientes, se quiser!

Veja também:
20 Receitas com Kefir de Leite

Tabela Nutricional

A tabela nutricional aproximada do iogurte grego desnatado caseiro, para uma porção de 100 g, é a seguinte:

  • Valor energético: 71,5 kcal
  • Carboidratos totais: 6 g
  • Lactose: 0 g
  • Outros carboidratos: 2 g
  • Glicose: 1,9 g
  • Galactose: 1,9 g
  • Proteínas: 5 g
  • Gorduras totais: 0 g
  • Gorduras saturadas: 0 g
  • Gorduras trans: 0 g
  • Fibra alimentar: 2,5 g
  • Cálcio: 134 mg
  • Ferro: 0,04 mg
  • Magnésio: 11 mg
  • Fósforo: 137 mg
  • Potássio: 141 mg
  • Zinco   0,60 mg
  • Sódio: 40 mg
  • Vitamina C: 0,8 mg
  • Vitamina B1: 0,044 mg
  • Vitamina B2: 0,233 mg
  • Vitamina B3: 0,197 mg
  • Vitamina B6: 0,055 mg
  • Folato: 12 µg
  • Vitamina A: 90 µg
  • Vitamina A: 309 UI
  • Vitamina E: 0,04 mg
  • Vitamina K: 0,2 µg

Sobre Equipe Treino Mestre

Artigos assinados pelo Treino Mestre são escritos pela nossa equipe de profissionais de Educação Física, Nutricionistas, Fisioterapeutas, Atletas e demais colaboradores ligados a saúde e ao esporte. Conheça a equipe principal do Treino Mestre clicando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *