Pesquisar

Kefir de Leite – O que é, Seus 10 Benefícios e Como Fazer

Um alimento probiótico rico em uma variedade enorme de vitaminas e outros nutrientes vitais para nossa saúde, o Kefir de leite tem feito muito sucesso nos últimos tempos!

Kefir de Leite
Veja como fazer ao final do artigo

PUBLICIDADE

Será que já aconteceu de você ter visto um alimento que parece um iogurte, mas descobriu que na verdade não era? Ou um que parece um tipo de coalhada, só que também percebeu que não era isso? Hoje vamos falar desse alimento.

Ele é chamado de kefir, mais especificamente kefir de leite, e é um tipo de leite fermentado muito simples de se preparar e extremamente benéfico ao organismo humano.

Venha saber tudo sobre ele, suas origens, seus benefícios, como preparar e ainda outras informações relevantes. Ao fim da leitura, você entenderá porque deve consumi-lo diariamente. Confira!

Leia também:

20 Receitas com Kefir de Leite

O que é?

O kefir já vem sendo usado há séculos pelos povos nativos da região do Cáucaso, que fica entre a Ásia Ocidental e a Europa Oriental. Isso graças às suas propriedades muito positivas ao nosso corpo, em especial ao sistema digestivo.

Os grãos do kefir são uma mistura de leveduras e bactérias boas e com sua fermentação eles conseguem gerar muitos outros nutrientes importantíssimos.

Basicamente podemos dizer que existem dois tipos de kefir: o de água, feito a partir de açúcar mascavo e o que falaremos melhor hoje, o de leite que é feito através do leite de animais ou até o de coco.

 

O gosto do kefir pós-fermentação láctea faz mesmo lembrar um iogurte natural. Ele pode se consumido puro ou de diversas maneiras diferentes.

É realmente um alimento bem versátil e as possibilidades de receitas são enormes, basta ter criatividade.

Quais são suas propriedades nutricionais?

O kefir de leite é bem mais rico nutricionalmente do que o de água. Isso porque quando os grãos entram em fermentação com o leite, eles liberam diversas vitaminas e nutrientes essenciais para nosso corpo.

Além disso, vale lembrar que os grãos por si próprios já contém ao menos 8 tipos de leveduras, 16 variedades de lactobacilos, por volta de 2 tipos de bactérias acéticas e ainda mais 9 tipos de outras bactérias benéficas.

Dê uma olhada nos principais nutrientes gerados pelo processo de fermentação:

Vitamina B:

Esta vitamina se certifica de que o organismo possa produzir células novas. Além disso, pode atuar contra o estresse e ainda reforçar o nosso sistema imunológico.

Vitamina B3:

Age bem nos processos metabólicos e digestivos, o que por consequência faz com que esta vitamina ajude na perda de peso e no ganho de massa muscular.

Vitamina B6:

O TEXTO CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

Está envolvida em várias funções biológicas diárias, como o gasto de energia, a movimentação, o fluxo do sangue e até na no acesso às memórias.

Vitamina B12:

Atua na saúde dos cabelos e da pele, assim como melhora o humor, ajuda a digestão, auxilia o coração e ainda age para elevar os níveis de energia.

Vitamina K:

Tem uma participação essencial na saúde dos ossos e no sistema cardiovascular, além de ser muito importante para a coagulação do sangue e para as funções cerebrais.

Triptofano:

É um dos responsáveis pela serotonina, um neurotransmissor encarregado das sensações de alegria, bem-estar e prazer.

Cálcio:

Um dos minerais mais conhecidos porque é elementar para o desenvolvimento da estrutura óssea e da arcada dentária, assim como ajuda na transmissão dos impulsos nervosos e nas contrações musculares.

Ácido fólico:

Além de ser fundamental para o sistema nervoso e o cardiovascular, o ácido fólico também colabora para a reparação do DNA, a formação das hemácias e a síntese de mais proteínas.

Carboidratos:

Os carboidratos atuam na liberação de glicose, proporcionando energia às células e realizando a manutenção do metabolismo da glicemia, permitindo que o corpo funcione corretamente.

Ácido pantotênico:

Colabora para a produção de proteínas e gorduras boas, age na saúde das células da pele, bem como auxilia a produzir mais energia.

Lactase: a deficiência da produção desta enzima em nosso organismo é apontada como sendo a principal causadora da intolerância à lactose. Por isso ela é muito importante.

Fósforo:

Este elemento auxilia a estabelecer um PH normal no corpo, assim como colabora para gerar energia.

Aminoácidos:

São responsáveis por gerar proteínas que fazem parte da estrutura dos tecidos do organismo, como os músculos, as unhas, os tendões, as cartilagens e até certos hormônios.

Proteínas:

As proteínas são muito importantes para todas as células do corpo, assim como colaboram para a função neurológica e para o desenvolvimento e crescimento da massa muscular.

Magnésio:

O magnésio é essencial para mais de 300 reações dentro do organismo, como, por exemplo, na produção de energia, no metabolismo, no desenvolvimento do DNA e RNA e até no crescimento de outras células.

Potássio:

Um dos elementos mais importantes para o corpo humano, sendo fundamental para a saúde do sistema nervoso, para o bom funcionamento cardíaco e muscular e para o equilíbrio do PH sanguíneo.

Quais são os benefícios do kefir de leite?

Depois de conhecer todas as propriedades nutricionais geradas pelo kefir de leite, você pode imaginar o quão benéfico ele é para os seres humanos. Para que saiba seus principais benefícios, preparamos uma lista para você. Confira!

1 – Trata da saúde intestinal

Todos os microorganismos presentes no kefir auxiliam no alívio de doenças intestinais, como a colite ou a síndrome do cólon irritável.

Além disso, as bactérias boas do alimento também são capazes de lutar contra as bactérias prejudiciais ao órgão.

O kefir age muito bem na prevenção da diarreia, do inchaço, dos gases excessivos, das inflamações e das constipações intestinais.

2 – Colabora na formação de músculos

Por ser rico em proteínas, o kefir de leite consegue ajudar no desenvolvimento e no crescimento muscular, assim como melhora a absorção da glicose pelas células dos músculos, o que rende um melhor desempenho físico.

3 – Reduz problemas estomacais

O kefir de leite pode diminuir a sensação desconfortável de acidez estomacal, da mesma forma que se faz bem útil às pessoas que sofrem de problemas, como o refluxo, a gastrite e a úlcera.

4 – Alivia doenças respiratórias

O kefir pode auxiliar no alívio das crises de doenças respiratórias, como a tuberculose, a asma e a bronquite.

5 – Regula funções hepáticas

O kefir de leite é capaz de regular a produção da bílis (fluido produzido pelo fígado), assim como é recomendado como um auxílio a mais nos tratamentos contra hepatite.

6 – Luta contra problemas articulares

Por ser rico em cálcio, o kefir de leite pode ser um bom complemento no tratamento contra algumas doenças articulares, como o reumatismo e a artrose.

7 – Promove resistência ao sistema imunológico

Outro grande benefício do kefir é reforçar o sistema imunológico contra ameaças externas que possam causar doenças e alergias, como gripes, resfriados, candidíase, entre outras.

8 – Auxilia os sintomas de transtornos psiquiátricos

Este benefício só é possível graças ao triptofano, que impulsiona o cérebro a produzir neurotransmissores (serotonina e endorfina, por exemplo) essenciais para regular os casos de ansiedade e de depressão.

9 – Proporciona melhor aparência

Graças aos seus vários nutrientes e vitaminas, o kefir de leite é capaz de manter as unhas, o cabelo e a pele bonitos e saudáveis.

10 – Realiza funções circulatórias

Consumir o kefir de leite pode agir no estímulo à circulação do sangue, o que promove mais saúde ao coração e ainda controla a pressão arterial sanguínea, melhorando os níveis do colesterol ruim (LDL).

Kefir de leite emagrece?

O kefir de leite pode sim emagrecer. Veja algumas das razões que fazem com que isso aconteça:

  • Proporciona uma sensação de saciedade, o que evita com que a pessoa coma mais do que deve;
  • Contém boas quantidades de proteína, que ajuda a acelerar o metabolismo;
  • Promove uma melhor digestão, o que consequentemente remove as toxinas do corpo e facilita a metabolização de gorduras;
  • Possui baixas calorias, normalmente 90 kcal a cada 100 ml;
  • Melhora a quantidade de fluidos corporais, o que remove mais compostos negativos e evita a sua retenção.

Como fazer o kefir de leite?

É bem simples. Utilize como base 1 colher de sopa de grãos para 500 ml de leite. Confira o passo a passo:

1- Pegue um recipiente de vidro, certifique-se de que ele está higienizado e esterilizado, e depois coloque os grãos de kefir de leite lá dentro;

2- Em seguida, acrescente o leite;

3- Tampe o recipiente com um pano limpo ou papel toalha e prenda-o com um elástico;

4- Deixe que fermente em temperatura ambiente (de preferência em um local sem luz) durante 24 horas;

5- Depois desse período, coe os grãos em uma peneira higienizada de plástico;

6- Não jogue os grãos fora, pois pode repetir o processo novamente no futuro;

7- O líquido que resultou após você coar os grãos é o produto final;

8- Deixe na geladeira por algumas horas e depois pode servir à vontade da maneira que preferir.

Leia também:

11 Receitas com Kefir de Água

Como armazenar o kefir de leite?

O indicado é que, depois de pronto, ele fique na geladeira. Dessa forma, ele pode durar entre 2 a 3 semanas.

Se preferir mantê-lo em temperatura ambiente, o prazo vai apenas de 3 a 4 dias. Caso escolha o congelador, você pode usá-lo durante 3 meses.

Comente e compartilhe

Esse artigo foi útil para você? Não esqueça de comentar logo abaixo e ajude a divulgá-lo, compartilhando com seus amigos nas redes sociais. Ficaremos muito grato!

Kefir de Leite – O que é, Seus 10 Benefícios e Como Fazer
4.4 (87.5%) 8 votes

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever-se  
Notificação de