TREINO

5 Técnicas para quebrar seu platô de desenvolvimento e ter mais resultados

Muitos praticantes de musculação, após anos de treinamento, entram no que chamamos de platô de desenvolvimento, onde apesar dos estímulos, os resultados não aparecem. Veja neste artigo como quebrar este platô.

Whey Protein Growth Supplements

Todos nós temos uma limitação natural para a hipertrofia. Chega um momento em que o corpo não “cresce” mais. Porém, nunca saberemos se estamos ou não, neste ponto.

Tendo consciência de entramos e um platô,  devemos buscar estratégias que busquem a quebra do platô de desenvolvimento.

Na musculação, há inúmeras formas de se fazer isso e é o que iremos abordar nesse artigo. Identificar se está mesmo ocorrendo um platô e usar algumas estratégias para voltar a ter resultados na musculação.

O que é o platô de desenvolvimento (e o que não é)

O platô de desenvolvimento acontece quando, mesmo com estímulos bem direcionados, seu corpo não responde mais em termos de hipertrofia ou emagrecimento.

No emagrecimento, ele é bem comum. Geralmente você para de perder peso e gordura e “estaciona”.

Na hipertrofia, seu nível de massa magra não muda. Seu peso continua igual (caso seu BF não aumente, é óbvio).

O treino está sendo feito da mesma forma que antes. A dieta, está igual. Mas os resultados param.

Aqui, é muito importante também entender o seguinte: quanto mais treinado você é, menos treinável você se torna.

Muita gente acha que está com um efeito platô, quando na verdade está apenas em um processo de melhoria mais lento. É natural que quanto mais avançado você se torne, mais demoradas sejam as mudanças.

Tendo isso bem claro e sabendo que o platô de desenvolvimento acontece com praticamente todos, selecionamos estas 5 dicas para te ajudar!

5 Maneiras de quebrar o platô de desenvolvimento

O platô de desenvolvimento na musculação ocorre por um fator simples: o corpo se “acomoda”. Ou seja, os estímulos, sejam eles de treino, dieta ou periodização, já não causam mais efeitos adaptativos.

Tribulus Terrestris Growth Supplements

Por isso, será preciso usar estratégias que busquem novas formas de adaptação.

1 – Aumente o volume e a intensidade do treino

Seu treino precisará causar mais “danos” as fibras musculares. Para isso, precisaremos de mais volume e mais intensidade.

Aumentando isso, teremos mais tempo total sob tensão e consequentemente, resultados melhores.

Métodos como FST-7, o Heavy-duty (Sistema de Treinamento Heavy Duty), drop-set, cluster-set, rest pause e muitos outros, podem compor o treinamento neste caso.

É fundamental neste caso, que estes métodos e o aumento do volume e da intensidade, sejam feitos com base em uma sequência lógica, uma periodização bem montada. Caso contrário, não surtirá efeito.

2 – Volte ao começo e faça uma base de qualidade

Muitas vezes, o platô acontece porque não há uma boa base de condicionamento.

Falta força, falta resistência e consciência corporal. Podemos iniciar uma periodização nova, neste caso.

Aumentando a força, resistência muscular e o condicionamento em geral, poderemos ter treinos mais intensos e efetivos.

Este é um dos casos mais comuns! Muitas vezes, o que falta para a quebra do platô, é o desenvolvimento do condicionamento físico em geral.

Estando mal condicionado, você não consegue treinar com a intensidade adequada.

3- Periodização alimentar

A periodização deve ser pautada também na dieta. Comer sempre igual, a mesma quantidade de calorias, os mesmos alimentos, também te “estaciona”.

É preciso variar a ingestão de proteínas. Melhorar a qualidade dos carboidratos. Modificar a ingestão de alguns nutrientes.

Nada feito de forma aleatória. Tudo estratégico! Mas a mudança na ingestão de determinados nutrientes, vai melhorar a eficiência do treino.

Por exemplo, você pode usar mais proteína, comer carboidratos com mais frequência, ou mesmo, ingerir mais frutas, legumes e verduras.

Mas aqui, sua individualidade é muito importante. Mudar por mudar, não trará bons efeitos….

4 – Taper pode ser a solução:

Taper é o período onde a pessoa baixa a carga de treinamentos em pelo menos 40%, alimenta-se de maneira correta e descansa mais.

Ele é importante para que ocorra a supercompensação e o corpo consiga “regenerar-se”.

O taper é importante para quem treina de maneira séria e sem pausas frequentes durante o ano.

É muito importante que durante esta fase, sua ingestão alimentar seja muito bem regulada, com foco também na questão das proteínas, que são fundamentais para a supercompensação.

5 – Talvez você esteja no limite de seu conhecimento e experiência

Talvez este seja o caso mais comum de platô de desenvolvimento na musculação.

creatina Growth Supplements

A pessoa começa a treinar, busca informação, conhecimento e tem bons resultados. Porém, de um ponto em diante, isso para de acontecer.

Provavelmente, você chegou ao limite de seu conhecimento. E não tem problema algum! Se você não é profissional de educação física, não tem obrigação de ser um expert nisso.

Neste caso,  mais viável, barato e eficiente, é contar com a ajuda de um bom profissional.

Ele encurtará os caminhos. Te mostrará para onde seguir, o que e como fazer.

Um bom profissional poderá, em alguns meses, acabar com seu platô e trazer de volta seu desenvolvimento.

Quebrar o efeito platô é uma tarefa muito individualizada, pois há várias razões para que ele ocorra.

Neste sentido, é muito importante contar com a ajuda de um bom profissional.

Bons treinos!

Clique para conhecer

Sandro Lenzi

CREF: 22643-G/SC Profissional de educação física apaixonado pelo desenvolvimento humano. Atuo como produtor de conteúdo, personal trainer e com consultoria online. Quer ter um treino personalizado? clique aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo