Página Inicial » Treinos » LPO, levantamento de peso olímpico, como usar em seu treino?

LPO, levantamento de peso olímpico, como usar em seu treino?

Muitas pessoas baseiam seus treinos no LPO, para obter ganhos específicos, saiba como isso pode ser usado em seu treinamento!

Muitas pessoas acreditam que apenas exercícios específicos, isolados e sem ligação, são suficientes para a conquista de um corpo mais bonito e forte. Porém, em diversas situações, lançar mão de estratégias específicas, pode ser viável do ponto de vista da quebra de platô. Em determinadas situações, mesclar movimentos do LPO com a musculação, pode surtir um efeito muito interessante, principalmente para quem busca o aumento da força e da potência muscular.

Muitos exercícios de LPO, incluindo grande parte dos educativos, se baseiam nos princípios da pliometria. Quando bem aplicados, estes exercícios promovem um aumento considerável de força e potencia muscular.

LPO levantamento de peso olímpico

Antes de falarmos mais especificamente disso, precisamos conhecer os principais movimentos do LPO.

LPO, aprendendo os movimentos principais

Basicamente, o LPO é formado pelo arranque e o arremesso. Estes dois movimentos podem até parecer simples, mas exigem uma elevada coordenação de movimento, além da amplitude articular, para que possam ser devidamente executados.

No arranque, o praticante deve tirar a barra do chão e colocá-la acima da cabeça, em um movimento sem pausas. Já no arremesso, que é um movimento dividido em duas partes, o participante tira a barra do chão, leva até a altura do pescoço (Clean) e depois arremessa para cima da cabeça (Jerk).

Este vídeo, mostra especificamente a passagem de cada um destes movimentos:

LPO, como ele pode ser usado de maneira segura e correta

O TEXTO CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

Tendo em vista que o objetivo deste artigo não é ser direcionado para atletas da modalidade, mas sim, mostrar como o LPO pode ser usado por pessoas que queiram melhorar as valências físicas de força e de potência, de uma maneira interessante e efetiva.

Leia também: Todos podem fazer CrossFit?

Primeiramente, temos que saber que todos os movimentos, sejam os arranques ou os arremessos, podem ser lesivos, se praticados por pessoas que não estejam adaptadas. Por isso, jamais faça este tipo de treinamento sem uma base bem montada e principalmente, sem o acompanhamento de um bom profissional.

Tanto o arranque, quanto o arremesso, exigem muito de toda a musculatura estabilizadora do Core, além dos músculos das pernas e membros superiores. Resumindo, quando aplicado no tempo certo, o treinamento de LPO pode ser fundamental para a melhora da qualidade das musculaturas estabilizadoras.

Como já mencionei, não são todas as pessoas que podem usar o treinamento de LPO para obter benefícios em seus treinos, afinal, uma série de variáveis precisa ser avaliada.

LPO na melhora de seu treino, como e quem deve utilizá-lo?

Sabendo que o LPO neste caso não é um fim, mas sim um meio, alguns públicos se tornam bastante propícios para sua prática.de uma maneira geral, para praticantes de musculação, o LPO pode ser de grande valia no período básico, de pessoas bem treinadas.

Além de visar um desenvolvimento mais global, ele ainda irá melhorar fatores como força e potência, fundamentais para os treinos mais intensos das fases específicas.

Além disso, a melhora da coordenação e da flexibilidade, vão fazer com que seja possível alcançar uma melhor consciência corporal. Isso tudo somado, faz com que o LPO seja bastante interessante para o período básico.

Leia também: Core, o que é, como treinar e qual a sua importância!

Já no caso de iniciantes, não são recomendados treinos complexos, com tantas articulações envolvidas no movimento. Porém, em determinados casos, é possível usar alguns movimentos do LPO, para a melhora de componentes contráteis, sem a utilização de sobrecarga. Por exemplo, é possível usar com uma pessoa sem problemas de saúde ou restrições, movimentos do LPO e educativos, mas somente com a barra, no intuito de melhorar a força e a coordenação motora.

Lembre-se, cada caso é específico e o que é bom para o outro, talvez não seja bom para você. Por isso, sempre procure ajuda de um bom profissional de educação física! Bons treinos!

Sobre Sandro Lenzi

Educador físico apaixonado pelo desenvolvimento humano. Atuo como produtor de conteúdo, personal trainer e com consultoria online.
CREF: 22643-G/SC

Leia também

Treino de costas, bíceps e antebraços, dicas práticas

A divisão do treino de costas, bíceps e antebraços é muito interessante para iniciantes, pois …

Treino de pernas e ombros para iniciantes, dicas práticas

A divisão de treino de pernas e ombros para iniciantes é uma alternativa bastante interessante …

  1. Artigo não esclarece ou informa muito. Acredito que a afirmação de que “não são todas as pessoas que podem usar o treino de LPO” deveria ser melhor esclarecida. O autor afirma que mencionou o porque, mas realmente acho que ele se perdeu na semântica.
    Praticado da maneira correta todas as pessoas ovem resuitados positivos de “compound movements”. E, algumas das razões pelas quai o autor mesmo ressalta.
    A limitação é a forma, não o peso.executado da maneira correta, os levantamentos olímpicos geram resultados positivos qualquer que seja a modalidade principal do trainee.
    Eu faço levantamento olímpico há mais de 5 anos e eles potencializam meu desempenho nas artes marciais. São meio, não fim. Os que usam LPO como fim competem na modalidade.
    Novamente, o autor se perdeu na semântica. A intenção foi boa, mas ao bktar em palavras ele se perdeu um pouco.
    Valeu a intenção

    • Olá Fábio!

      Primeiramente, muito obrigado pelo comentário, pois sempre é bom ouvir nosso leitor!

      Minha intenção neste artigo era falar dos benefícios do LPO, que como você disse, é espetacular para alternar atividades ou mesmo compor uma preparação física.
      Quando falo que nem todas as pessoas podem executá-lo, penso em nossos leitores que tem restrições de movimento, encurtamentos musculares e falta de técnica e consciência corporal. Acredito, pela minha prática, que estas pessoas precisem de uma base para executar os movimentos de LPO, mesmo que sem carga. Seria irresponsabilidade minha dizer que todos podem executar um arranque ou um arremesso. Como disse, os profissionais que acompanham estas pessoas que tem de ter o feeling de usar ou não estes movimentos.
      Quanto a questão do LPO para lutadores, pode ser um tema para um artigo futuro, o que você acha?

      Abraços e muito obrigado!

      Sandro Lenzi

      • eu gostava de começar a fazer lpo mas o problema é que eu gostaria de mistura-lo no meu treino de bodybuilding normal, existe algum plano que vc recomenda? devo treinar no dia de ombro, perna ou outro musculo? devo treinar quantas vezes por semana e por quanto tempo por treino?? eu gostaria de saber esse tipo de coisas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!