Pesquisar

Levantamento terra para quem tem hérnia de disco, é possível usar com segurança?

O levantamento terra é um dos exercícios mais funcionais e importantes da musculação. Mas será que uma pessoa com hérnia de disco pode usar ele em sua rotina? Veja neste artigo!

levantamento terra hernia de disco

Os músculos da região posterior do corpo têm uma importante função estabilizadora e funcional.

Fortalece-los de forma inteligente, é fundamental para qualquer pessoa, independentemente de qual seja o objetivo, idade ou grau de condicionamento físico.

E neste contexto, o levantamento terra é muito importante. Mas e quem tem hérnia de disco, pode usar ele?

Esta é uma dúvida muito comum. É importante entender alguns pontos para ter a resposta.

Hérnia de disco e a limitação de movimentos


PUBLICIDADE

É muito importante entender que a hérnia de disco pode ocorrer em direções diferentes (anterior, posterior, lateral) e tem também, níveis distintos.

Naturalmente que uma pessoa com uma hérnia extrusa, vai ser muito mais grave do que um início do problema.

Mas invariavelmente, a solução para melhorar o quadro da hérnia de disco, passa pela utilização de exercícios.

Acreditou-se, por muito tempo que o ideal era limitar os movimentos em casos assim.

Hoje sabemos que isso não tem fundamento. Que precisamos usar movimentos para melhorar a estabilização e o fortalecimento da região.

Isso não significa, de forma alguma, que devemos fazer os movimentos da musculação de forma displicente.

Na verdade, é preciso todo um cuidado e uma metodologia adequada, para alunos com hérnia de disco.

Porém, temos que ter um equilíbrio. É preciso ter uma progressão, individual, para que o portador de hérnia de disco, tenha uma melhora de força e mobilidade na região posterior.

O TEXTO CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

Além destas questões citadas acima, ainda temos a localização da hérnia de disco nas diferentes regiões da coluna.

Naturalmente que uma pessoa com uma hérnia na região cervical tem um treino, uma progressão, diferentes do que uma pessoa que tem uma na região lombar.

Uma pessoa com hérnia de disco pode fazer levantamento terra?

Sim e não. Calma, eu explico melhor. Ela pode fazer em dadas situações e não deve fazer em outras.

Já falei sobre o levantamento terra neste artigo, (Levantamento terra, processo pedagógico para melhorar a execução), caso haja alguma dúvida sobre o exercício em si.

Como é nítido, o levantamento terra traz uma forte solicitação nos músculos da região lombar, devido a extensão de quadril.

Em primeiro momento, é natural que as pessoas enxerguem no levantamento terra como um exercício proibido para quem tem hérnia de disco. E para muitos casos, realmente é!

Porém é importante entender uma coisa: não há exercícios proibidos, há pessoas proibidas de fazer determinados exercícios.

Naturalmente que um sedentário, no auge de uma crise de dor, oriunda da hérnia de disco, não pode nem cogitar fazer levantamento terra.

Mas e uma pessoas que vem treinando, já não sofre de dores constantes e tem um bom fortalecimento na região lombar? Será que ela precisa evitar este movimento tão funcional e importante?

Esta é uma questão que sempre devemos levar em conta. Uma patologia ou lesão limita movimentos e faz com que determinados exercícios devam ser evitados.

Mas com um trabalho correto, sequencial e principalmente, adequado as individualidades, é possível sim, que alguém que tenha uma hérnia de disco, execute movimentos como o levantamento terra!

Hérnia de disco e exercícios de musculação, o mais importante é a progressão adequada

Imagine o seguinte cenário: uma pessoa sedentária desenvolve uma hérnia de disco lombar e sofre de crises constantes. Este é um cenário totalmente comum.

Esta pessoa procura ajuda profissional, para melhorar este quadro.

Neste primeiro momento, o profissional começa com exercícios de mobilidade e de fortalecimento dos músculos lombares e glúteos, além da melhora da força como um todo. Inicialmente, o mais indicado são movimentos isométricos.

Paralelo a este trabalho de fortalecimento, temos também uma melhora da mobilidade da coluna e dos músculos que se inserem nela.

Com o passar do tempo, naturalmente as crises vão diminuir e irão parar.

Neste momento, começamos a usar movimentos mais específicos, dinâmicos, para fortalecer e dar mais mobilidade a região.

Passado 1 ano de treinamento, o aluno não apresenta mais nenhum sinal de dor e não tem mais crises.

Neste momento, podemos sim, com o devido cuidado e controle, usar movimentos como o levantamento terra, em seus treinos.

Inicialmente com cargas muito baixas, progredindo de forma responsável e segura.

Mas o que é mais importante nisso tudo: é possível! Desde que haja uma preparação e adequação das cargas de treino.

Proibir movimentos, além de limitar o desenvolvimento, ainda traz uma piora no quadro geral de funcionalidade.

Ou você acha que é possível excluir o movimento de flexão de quadril da vida das pessoas? Não é, acredite…

Por isso tudo, o treino precisa ser individualizado e feito de forma progressiva. Desta maneira, teremos resultados muito melhores! Bons treinos!

Sobre Sandro Lenzi

CREF: 22643-G/SC Profissional de educação física apaixonado pelo desenvolvimento humano. Atuo como produtor de conteúdo, personal trainer e com consultoria online. Quer ter um treino personalizado? clique aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *