fbpx
Pesquisar

Vitamina C: Ideal para quem treina! Veja 13 Benefícios, fontes e como tomar

Saber escolher ótimas fontes de alimentos ricos em Vitamina C e a dosagem correta para ingestão de suplementos, é a melhor forma de obter todos os benefícios da vitamina C em sua vida. Veja agora como não cometer erros e também por que seu suplemento é recomendado para praticantes de musculação e outras atividades de alta intensidade.

vitamina c alimentos fontes suplementos benefícios como tomar

A vitamina C é um antioxidante de extrema importância em vários fatores do nosso organismo.

Ela age protegendo e curando o nosso corpo, aumentando a absorção de outros nutrientes e participando de processos importantes, como a síntese do colágeno.

Como não podemos produzi-la, é importante ingeri-la diariamente, seja através de alimentos ou de suplementação.

Felizmente, a vitamina C está presente abundantemente, principalmente em frutas e verduras.

Quer saber quais são os principais benefícios, dosagens, alimentos e efeitos colaterais desse nutriente? Então continue lendo.

O que é vitamina C?

A vitamina C, ou ácido ascórbico, é essencial para muitos aspectos do funcionamento do nosso corpo. Ela é uma molécula utilizada na hidroxilação de diversas reações bioquímicas que ocorrem nas células.

Para que serve?

As principais funções incluem a pele (na síntese do colágeno), dentes, ossos, tendões, vasos sanguíneos e tecido conjuntivo.

Ela também ajuda o nosso organismo a se proteger e se curar, além de auxiliar a absorção de outros nutrientes, como o ferro.

A vitamina C se dissolve em água, não pode ser produzida e nem armazenada pelo corpo. Por isso, é importante consumi-la todos os dias, através da alimentação ou de suplementos.

Benefícios da vitamina C

A vitamina C é extremamente benéfica para a saúde. Veja os principais fatores que justificam essa afirmação.

1- Gripes e resfriados:

Apesar do que se afirma a crendice popular, a vitamina C não é necessariamente uma cura para esse tipo de enfermidade. Na verdade, ela fortalece o sistema imune e ajuda a evitar que a doença se desenvolva para uma pneumonia ou algum tipo de infecção pulmonar.

O TEXTO CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

2- Combate o estresse:

O estresse é quase uma epidemia no mundo em que vivemos hoje. Quando estamos frente a uma situação estressante como falar em público ou resolver problemas matemáticos a glândula adrenal secreta uma substância chamada de cortisol.

Esta, por sua vez, deixa o corpo em estado de alerta constante e faz aparecer todos aqueles sintomas do estresse que já conhecemos bem.

A vitamina C consegue cessar a liberação do cortisol e com isso os sinais de estresse não são enviados para o corpo.

Além disso, essa vitamina aumenta a liberação de triptofano que desencadeia a liberação de serotonina, um dos hormônios responsáveis pelo bem-estar.

3- Retarda o envelhecimento, bom para pele!

 Em primeiro lugar, a vitamina C ajuda a proteger dos raios UV. Alguns animais são capazes de produzir a vitamina, o que não é o nosso caso.

Portanto, quanto maior a ingestão desse nutriente, mais proteção teremos contra os danos do sol na pele, além de diminuir manchas e deixar a pele mais uniforme.

Em segundo, a vitamina C participa do processo de síntese do colágeno, uma importante proteína que dá firmeza à pele, reduzindo o aparecimento de rugas e linhas de expressão.

É justamente por isso que existem tantos cremes de beleza feitos à base de vitamina C para pele e o rosto

4- Efeito antioxidante

A vitamina C é um poderoso antioxidante, substâncias que agem fortalecendo o nosso sistema imunológico.

Elas nos protegem contra os radicais livres, moléculas que quando acumuladas, causam o chamado estresse oxidativo, levando a doenças crônicas.

Estudos (1) mostraram que o nutriente é responsável por aumentar em até 30% as defesas do nosso corpo.

5- Reduz fatores de risco para doenças cardíacas

A vitamina C ajuda a diminuir fatores de risco para doenças cardíacas, sendo os principais, a hipertensão e o acúmulo do colesterol na parede das artérias e assim reduzindo as chances de um infarto.

6- Reduz o risco de AVC:

O risco de AVC diminui quando o indivíduo tem boas doses de vitamina C na corrente sanguínea. O colágeno também oferece maior resistência aos vasos sanguíneos e quanto mais vitamina C temos, mais dessa proteína é produzida.

Assim, fica mais difícil de que um vaso se rompa, causando o AVC hemorrágico.

7- Aumenta a absorção de ferro

A vitamina C ajuda o organismo a absorver melhor o ferro presente em vegetais. O que é interessante para quem segue uma dieta sem carne.

O nutriente é extremamente importante, já que age na produção de glóbulos vermelhos e transporte de oxigênio pelo nosso corpo.

8- Essencial para a imunidade

A vitamina tem um papel fundamental no nosso sistema imunológico. Podemos dizer que ela participa ativamente de pelo menos três processos importantes.

Primeiramente, estimulando a produção de glóbulos brancos, os linfócitos e os fagócitos. Eles protegem o organismo contra infecções (2).

Em segundo, otimizando a barreira contra radicais livre, como vimos no início deste capítulo.

E em terceiro, defendendo ativamente a nossa pele, ajudando-a no processo de cicatrização, protegendo-a do envelhecimento, entre outros benefícios (3).

9- Ideal para praticante de musculação

Como vimos no início, a vitamina C diminui a produção de cortisol, um hormônio altamente catabólico e que pode atrapalhar os ganhos de hipertrofia.

Por isso a suplementação de vitamina C é indicada para praticante de musculação. Veja abaixo as doses recomendadas.

Outros benefícios

A vitamina C também possui outros benefícios, que incluem:

  • Redução e prevenção dos sintomas da gripe
  • Prevenção de problemas oftalmológicos, como a catarata
  • Redução dos riscos de câncer

Alimentos ricos em vitamina C

fontes de vitamina c

A vitamina C está disponível de forma abundante em inúmeras frutas e vegetais. Veja os principais e a quantidade presente do nutriente.

1. Acerola

A acerola é uma fruta é extremamente rica em vitamina C. Metade de uma xícara, cerca de 49 gramas, possui mais de 913% da recomendação diária para o nutriente.

2. Pimenta

Uma pimenta verde contém 121% da recomendação diária para o nutriente, enquanto a vermelha fica em torno de 72%.

3. Goiaba

Um exemplar médio possui cerca de 126 mg de vitamina C, o que representa 140% da recomendação diária.

4. Pimentão amarelo

75 gramas de pimentão amarelo oferece aproximadamente 152% da recomendação diária, enquanto os verdes, metade disso.

5. Tomilho

O tomilho é uma especiaria usada tanto como tempero, como preparar chás para dor de garganta e problemas respiratórios. Mesmo em pequenas quantidades (de uma a duas colheres de sopa), ele fornece de 3 a 7 mg de vitamina C.

6. Salsinha

Duas colheres de salsinha fornecem aproximadamente 10 mg do nutriente. A especiaria também é rica em ferro.

7. Couve

Uma xícara de couve crua possui cerca de 80 mg de vitamina C, o que representa 89% da recomendação diária. Quando cozida, a quantidade cai para 59%.

8. Kiwi

Um kiwi médio contém 71 mg do nutriente, 79% da recomendação diária.

9. Brócolis

Meia xícara de brócolis cozido possui aproximadamente 57% da recomendação diária para o nutriente.

10. Couve-de-Bruxelas

Apenas meia xícara do vegetal fornece 54% da quantidade diária de vitamina C que o seu corpo precisa.

Outras fontes ricas de vitamina C incluem:

  • Limão – Um limão fornece 92% da recomendação diária.
  • Lichia – Uma xícara de lichia possui cerca de 151% da quantidade recomendada do nutriente para o dia.
  • Laranja – A laranja junto com acerola, são as fontes mais famosas do nutriente, uma laranja de tamanho médio possui 70 mg, o que representa 78% da recomendação diária.
  • Rúcula – A rúcula também é rica em vitamina C e deve estar presente em nossa dieta. A cada 100 gramas da rúcula, é fornecido em média, 46,3 mg da vitamina.

Dosagens de Vitamina C

Veja a seguir qual dosagem é necessária para cada faixa etária e gênero. Além de dicas para escolher o melhor suplemento da vitamina.

Dosagens:

Cada idade necessita de uma quantidade específica de nutrientes. No caso da vitamina C, bebês de 0 a 6 meses e de 7 a 12 meses necessitam de 40 e 50 mg, respectivamente.

Para crianças de um a três anos, a quantidade sobe para 15 mg. De quatro a oito anos, 25 mg. De nove a treze, 45 mg.

Para mulheres de catorze a dezoito anos, a recomendação é de 65 mg por dia. Para homens nessa faixa etária, 75 mg.

Para mulheres acima dessa idade, 75 mg. Para os homens, 90 mg.

Para as grávidas, de 80 a 85 mg. Para quem está amamentando, 115 a 120 mg. Para os fumantes, a recomendação é de 35 mg a mais do que pessoas que não fumam.

Para quem faz musculação, qual o melhor horário?

Atletas de musculação e fisiculturistas devem ingerir cerca de 500 mg até 3 gramas de vitamina C por dia dependendo do nível de atividade da pessoa.

Ministradas em doses pré e pós-treino e também ao decorrer do dia, devido à atividade intensa que praticam.

Lembrando que antes de iniciar o uso, o recomendado é consultar um profissional de saúde para saber suas necessidades e quantidade ideal de acordo com sua individualidade.

Leia também:

Vitamina K – 4 Benefícios, suas funções e fontes nos alimentos

Suplementos de Vitamina C

Muitas vezes não conseguimos ingerir a quantidade de nutrientes necessárias ao bom funcionamento do nosso corpo.

É aí que entram os suplementos multivitamínicos. A maioria deles possui vitamina C.

Também está disponível no mercado, apenas a vitamina C em cápsulas, comprimidos ou efervescente.

Opte sempre pela vitamina C em cápsulas ou comprimidos de liberação prolongada.

Na hora de escolher o seu, lembre-se de sempre procurar marcas reconhecidas, que utilizam ingredientes naturais e livre de conservantes.

Por ser hidrossolúvel, a chance de toxicidade é baixa, já que o corpo elimina o excesso de vitamina no corpo. O ideal é que a ingestão não ultrapasse os 2.000 mg por dia.

Os suplementos devem servir como um complemento, mas o importante é manter uma dieta balanceada em primeiro lugar.

Leia também:

Vitamina D – Para que serve, fontes em alimentos, seus benefícios e deficiência

Vitamina A – Funções, 5 Benefícios, fontes e deficiência

Vitamina E: Para que serve, Fontes e Benefícios e Como tomar

Efeitos Colaterais

Exceder a dosagem máxima do nutriente recomendada por dia (2.000m mg) pode levar a efeitos colaterais como:

  • Diarreia;
  • Náusea;
  • Vômito;
  • Cólicas estomacais;
  • Dor de cabeça;
  • Azia;
  • Insônia.

O excesso também pode causar pedra nos rins em quem possui predisposição, mas os casos são raros.

Contraindicações

Quando consumido através da alimentação e a pessoa não possui nenhuma restrição dietética, não existem contraindicações.

Quando consumido através da suplementação de vitamina C, a ingestão é contraindicada a pessoas com problemas renais.

Leia também:

Vitaminas do complexo B – Funções, fontes, benefícios e engordar

Vitamina B12: Para que serve, 15 Benefícios e fontes nos alimentos

Deficiência

Veja alguns sintomas que podem indicar que você está sofrendo de deficiência de vitamina C:

Pele seca e cabelo caindo

O nutriente ajuda na produção do colágeno, a proteína dos tecidos conjuntivos, como pele, cabelo e articulações. Por isso, preste atenção nessas áreas, elas poderão indicar a deficiência de vitamina.

Contusões frequentes

Produção baixa de colágeno prejudica os vasos sanguíneos, que se rompem em contusões. Portanto, se a condição está se repetindo com frequência, pode ser um sinal de deficiência.

Lentidão para curar feridas

Outro sinal de deficiência de vitamina C é a lentidão para curar feridas, já que ela age ativamente nesse aspecto do nosso corpo.

Outros sinais que podem indicar deficiência do nutriente incluem:

  • Dores nas articulações
  • Ossos frágeis
  • Gengivas sangrando
  • Dentes sensíveis
  • Imunidade fraca
  • Anemia frequente
  • Ganho de peso sem explicação
  • Fadiga
  • Humor ruim
  • Inflamação crônica

Lembre-se de sempre manter uma alimentação saudável e balanceada, além de fazer visitas rotineiras ao nutricionista.

Especialista fala um pouco mais sobre a vitamina C

Sobre Equipe Treino Mestre

Artigos assinados pelo Treino Mestre são escritos pela nossa equipe de profissionais de Educação Física, Nutricionistas, Fisioterapeutas, Atletas e demais colaboradores ligados a saúde e ao esporte. Conheça a equipe principal do Treino Mestre clicando aqui.

12 Comentários

  1. franciele oliveira

    Eu faço uso de suplementação da vitamina FDC 500MG ao dia. Como atuo fazendo pratica de exercício muito intenso e faço a pratica de Crossfit eu tomo esse tipo de suplementação para atuar como um potente antioxidante prevenindo os Radicais livres alem da defesa do sistema imunológico. Eu uso já faz uns 6 meses e desde então não tenho gripes e tenho notado melhoras no aspecto da pele, pois eu tomo essa vitamina C associada com colágeno para potenciar o efeito do mesmo.

  2. porque à noite, não é recomendado?!

  3. Qual o melhor horário para tomar vitamina c?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *