Pesquisar

12 dicas de Natação para iniciantes

A natação é um esporte muito completo para quem busca mais qualidade de vida, saúde e até mesmo, emagrecimento. Mas ela pode ser desafiante para os iniciantes. Veja neste artigo, 12 dicas que todo iniciante deve saber!

dicas de Natação para iniciantes


PUBLICIDADE

Um iniciante na natação pode encontrar muitos desafios na prática. Afinal, é um esporte que nem todas as pessoas tem familiaridade. Por exigir uma qualidade motora que nem todas as pessoas tem desenvolvida, a natação precisa ser sequencial e respeitar as individualidades de cada praticante.

Neste sentido, há alguns pontos que podem ajudar bastante o nadador iniciante em sua prática. Por isso, selecionamos 12 dicas para melhorar seu aprendizado e performance na natação.

12 dicas de natação para iniciantes que vão fazer toda a diferença

1- Primeiramente, domine a água

Pode parecer algo infantil, ou até mesmo, óbvio. Porém, muitas pessoas começam nas aulas de natação e não se sentem totalmente seguras.

É fundamental que você trabalhe para ter mais domínio sobre a água. Exercícios de flutuação, de movimentação em diferentes posições, controle da respiração são fundamentais.

Em uma boa aula de natação, este será o primeiro ponto sempre. Mesmo que você já saiba nadar. Porém, muitas pessoas acreditam que isso é “besteira” e acabam não fazendo ou não levando esta aula à sério. Mas dominar a água, além de evitar acidentes, vai fazer com que seu desempenho seja melhorado consideravelmente.

2- Melhore sua flexibilidade

Muitas vezes, a pessoa tem dificuldade na natação, por que seu corpo não é flexível o bastante. Neste caso, os movimentos acabam ficando mais “curtos” e menos eficientes. Neste caso, uma boa melhora da flexibilidade será fundamental.

Por exemplo, se você possui um encurtamento posterior dos membros inferiores, não terá a mesma eficiência na “pernada”, sendo que o movimento será menos efetivo. O mesmo vale para todos os demais grupos musculares.

Além disso, a melhora da flexibilidade ainda está ligada a uma consciência corporal mais eficiente e segura.

3- Abuse dos movimentos educativos

movimentos educativos
Não tenha preguiça de fazer exercícios educativos!

Os movimentos educativos são fundamentais para melhorar a sua eficiência ao nadar. Porém, muitas vezes as pessoas têm “preguiça” de ficar fazendo estes movimentos. Exercícios para melhorar os movimentos, feitos de forma separada, irão melhorar sua técnica como um todo. Isso, para um iniciante é fundamental.

No geral, o iniciante tem dificuldades em manter uma boa velocidade ou então, se cansa muito rápido. Isso tem relação com o condicionamento, mas também, com a falta de técnica em nadar. Por isso, é fundamental que você faça diferentes movimentos para educar seu corpo e melhorar a coordenação motora.

4- Trabalhe com muitos movimentos de mobilidade de quadril

Dentro da natação, o centro do corpo, o tronco, é parte fundamental para um bom desenvolvimento da técnica. Uma das formas de aproveitar os movimentos do tronco e ter uma melhora no rendimento, é através dos movimentos de quadril.

Por isso, é fundamental usar movimentos que melhorem esta mobilidade de quadril. Para isso, existem exercícios educativos, mas também é importante trabalhar com a conscientização do movimento e muita repetição. Isso fará com que você tenha mais eficiência na transmissão de força, o que fará seu nado mais eficiente e econômico. Isso afeta diretamente seu desempenho.

5- Faça bons exercícios de respiração

exercício respiração natação
Trabalhe sua respiração!

A natação é um esporte que tem a particularidade da respiração muito acentuada. Na verdade, em se falando de iniciantes, esta é uma das maiores dificuldades. Por isso, é fundamental que em sua prática, uma boa parte da aula, seja usada para melhorar a respiração. Quanto mais ar você conseguir expelir e depois, inspirar, num curto espaço de tempo, melhor.

6- Trabalhe com diferentes níveis de exigência

O TEXTO CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

Um erro muito comum dos nadadores iniciantes, é achar que devem focar em um tipo de prova ou estrutura de treino. Na verdade, o iniciante em natação deve buscar ao máximo, formas de melhorar suas capacidades, com diferentes tipos de estímulo.

Por exemplo, o iniciante não deve apenas treinar para provas rápidas, com enfoque em velocidade, ou então, para provas de resistência. Por mais que ele não vá competir, é muito importante buscar diferentes tipos de estímulo. Treinos com enfoque em resistência, força e velocidade, devem ser a base para o iniciante.

7- Comece dominando um estilo de cada vez

A técnica de cada estilo de natação tem enormes desafios. No geral, um iniciante começa com o estilo livre, para depois ir migrando aos poucos para os demais estilos. Isso não quer dizer que você não possa aprender mais estilos.

Porém, você deve primeiro priorizar a técnica de um deles, para então se dedicar ao próximo. Isso fará com que o aprendizado seja mais fácil e você tenha um excelente desenvolvimento.

8- Entenda seu objetivo com a natação e busque otimizá-lo

Este é um dos pontos que mais gera problemas para iniciantes. Muitas vezes, as pessoas entram na natação com diferentes objetivos. Mas ao contrário do que muitas pessoas pregam, ela não é um esporte “completo”. Na verdade, nem um é. A natação é muito, mas muito eficiente para alguns objetivos e menos para outros.

Por exemplo, se você assiste provas de natação e busca aquele físico dos atletas, com ombros e peitos largos, saiba que leva muito tempo para chegar naquele patamar. É muito mais rápido e eficiente fazer musculação, se o seu objetivo é este.

Agora, se você busca emagrecer ou melhorar seu condicionamento aeróbico, a natação é fantástica. Mas para que ela seja realmente efetiva, você precisa entender qual seu objetivo e seu treino precisa ser direcionado.

9- Fortaleça seus músculos

Um dos erros mais comuns das pessoas em geral, é acreditarem que basta a natação. Independentemente de qual seja o seu objetivo, é fundamental usar exercícios específicos de fortalecimento. Não precisa necessariamente fazer musculação, mas precisa fortalecer de alguma forma. Alguns exercícios no TRX, por exemplo, são muito eficientes para o objetivo de melhorar os pontos fracos da natação.

10- Trabalhe com a respiração bilateral

Quem nada geralmente tem um lado “melhor” para respirar. Um erro muito comum e que os iniciantes precisam evitar, é respirar sempre pelo mesmo lado. Isso vai trazer inúmeras limitações futuras e acaba comprometendo a qualidade dos treinos. É muito importante que você trabalhe com a respiração bilateral, buscando fortalecer a respiração também em seu lado mais fraco.

Desta maneira, você conseguirá se desenvolver muito melhor na natação. Muitas vezes, não é possível respirar dos dois lados. Principalmente em provas mais rápidas. Porém, é importante saber fazer isso em ambos os lados, para que você não tenha dificuldades em determinados momentos.

11- Fortaleça seu core

Como já citamos acima, o tronco é fundamental para a natação. Desta maneira, se trabalharmos com os músculos do core (lombares, abdominais e oblíquos), teremos uma melhora considerável na qualidade do nado.

Estes músculos já são altamente solicitados durante o nado, mas precisam de exercícios específicos. Além dos tradicionais, é interessante também trabalhar com movimentos isométricos, que vão melhorar a resistência muscular localizada.

12- Treine!

Se há uma forma de ter bons resultados com a natação é treinando. É óbvio, eu sei. Mas muitas pessoas acreditam que indo uma vez por semana, já é o suficiente.

Você precisa de um acúmulo de estímulos para ter bons resultados. Caso contrário, seu corpo não recebe os estímulos para gerar uma adaptação adequada. Por isso treine, no mínimo 2 vezes por semana e faça isso de forma contínua.

A natação traz excelentes resultados e tende a ser uma modalidade divertida e de alta aderência. Por isso, os iniciantes precisam tomar os cuidados citados aqui para que tenham todos os benefícios que a modalidade pode trazer. Bons treinos!

12 dicas de Natação para iniciantes
5 (100%) 2 votes

Sobre Sandro Lenzi

Educador físico apaixonado pelo desenvolvimento humano. Atuo como produtor de conteúdo, personal trainer e com consultoria online. CREF: 22643-G/SC

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever-se  
Notificação de