Pesquisar

Discinesia escapular – O que é, como melhorar e como deve ser seu treino

A discinesia escapular é bastante comum e hoje iremos falar sobre ela e como minimizar o problema.

Discinesia escapular - escápula alada


PUBLICIDADE

A escápula tem uma importante função, dentro dos mecanismos de movimento dos membros superiores, mais especificamente dos ombros. Por isso, desvios e desordens como a discinesia escapular (também conhecida como escápula alada) trazem inúmeros problemas de mobilidade ou funcionalidade.

Há inúmeras razões para o aparecimento das discinesias escapulares. Porém, devemos buscar formas de minimizar estes problemas.

O que são discinesias musculares?

Os movimentos das escápulas acontecem em 3 planos:

– Sagital (inclinação anterior e posterior);

–  Frontal (rotação);

– Transverso (rotação interna e externa).

Para que não haja problemas nos movimentos escapulares, é fundamental que todos estes movimentos não apresentem variações em sua mecânica natural. Isso vai fazer com que o úmero se desloque com o máximo de eficiência possível.

Assim sendo, as discinesias escapulares são disfunções, que envolvem a cintura escapular.

Além das questões estruturais, as discinesias escapulares pode ocorrer por causa de falta de controle neuromuscular da região. Por isso, não basta apenas acreditar que o fortalecimento e melhora da mobilidade serão as únicas formas de melhorar as discinesias. É fundamental que haja também, um trabalho de melhora do controle motor das escápulas.

Causas da discinesia escapular

Há inúmeros fatores que podem ocasionar as discinesias da escápula. Entre os principais, temos:

– Danos neurológicos.

– Lesões.

O TEXTO CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

– Má postura.

– Falta de controle motor.

– Encurtamentos e desbalanceamentos musculares.

Muitas lesões do complexo do ombro, como a síndrome do impacto, são oriundas das discinesias escapulares. Por isso, é de fundamental importância que em sua avaliação funcional, seu treinador analise se você possui ou não, este tipo de desvio.

As discinesias da escápula são muito comuns e muitas pessoas passam a vida toda com um quadro assim, sem nem suspeitar que tem esta disfunção. Por isso, a análise do treinador ou de um fisioterapeuta é fundamental.

Tratamento e como resolver o problema de escápula alada?

O tratamento das discinesias escapulares envolve uma série de fatores.

O primeiro consiste na avaliação e na procura pelas causas deste problema. Afinal, se o problema é neurológico, o tratamento é totalmente diferente do que se ele for oriundo de um desequilíbrio muscular.

Por isso, o primeiro ponto para o tratamento das discinesias escapulares, é o diagnóstico correto. Isso é feito geralmente, em conjunto com um médio e um fisioterapeuta, que irão analisar o contexto geral.

No caso de lesões ou problemas neurológicos, é fundamental que o tratamento seja feito por um profissional capacitado. Afinal, há muitas coisas envolvidas, como controle muscular e cuidados para que não haja maiores danos.

Caso o problema seja oriundo de um desequilíbrio muscular, o procedimento também deve ser feito por um profissional, mas a estrutura segue muito parecida com a de outros desequilíbrios.

#Melhora da postura

Muitas vezes, as discinesias escapulares são oriundas de desvios, como na coluna ou desalinhamentos de quadril. Como eles comprometem totalmente o alinhamento dos movimentos, pode ser que determinados músculos se tornem mais fortes do que os outros, causando as discinesias.

Neste caso, é muito comum vermos pessoas que buscam o tratamento para as discinesias e acabam tendo que realinhar a coluna ou o quadril por exemplo.

O primeiro ponto sempre deve ser o alinhamento postural.

#Fortalecimentos dos músculos que fazem os movimentos escapulares

As escápulas, devido a sua importante função estabilizadora e de suporte para os movimentos de ombro, possuem inúmeros músculos que incidem sobre ela:

  • Rombóides;
  • elevador da escápula,
  • latíssimo do dorso;
  • e trapézio são alguns dos principais.

É fundamental, independentemente da causa das discinesias escapulares, fortalecer estes músculos. Isso fará com que haja uma melhora na relação tensão- alongamento e irá melhorar uma série de problemas.

É lógico que este fortalecimento deve ser feito com alguns cuidados e com o objetivo de melhora da condição. Neste momento, a força é o objetivo primordial.

Leia também:

Latíssimo do dorso (grande dorsal), o que é e como treiná-lo

#Melhora da flexibilidade e mobilidade articular

Além da melhora da força, é fundamental que as escápulas se tornem mais móveis, dentro de suas trilhas de movimento. Para isso, é preciso melhorar a flexibilidade e a mobilidade do local.

Para isso, são feitos alongamentos estáticos, dinâmicos, além dos movimentos de mobilidade em diferentes direções.

#Melhora da coordenação motora

O controle sobre os movimentos escapulares é, para a maioria das pessoas, algo difícil. Por isso, atrelado ao fortalecimento e melhora da mobilidade, é fundamental trabalhar também com a melhora do controle muscular.

Esta melhora é feita de forma integrada, na maioria dos casos. Movimentos unilaterais e de conscientização são a forma mais comum de trabalho, quando o objetivo é melhorar as discinesias escapulares.

O tratamento das discinesias escapulares é de fundamental importância para a melhora da funcionalidade e da qualidade de vida, além das prevenções de lesões. Por isso, você precisa passar, periodicamente, por uma boa avaliação funcional.

Através dela, será possível detectar uma série de problemas, como a discinesia escapular, por exemplo. Treine sempre com a orientação de um bom profissional.

Bons treinos!

Discinesia escapular – O que é, como melhorar e como deve ser seu treino
2.5 (50%) 2 votes

Sobre Equipe Treino Mestre

Artigos assinados pelo Treino Mestre são escritos pela nossa equipe de profissionais de Educação Física, Nutricionistas, Fisioterapeutas, Atletas e demais colaboradores ligados a saúde e ao esporte. Conheça a equipe principal do Treino Mestre clicando aqui.

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever-se  
Notificação de