Pesquisar
Capsulas óleo de peixe ômega 3
Óleo de peixe é rico em ômega 3, um grande aliado da nossa saúde!

Óleo de Peixe – Para que serve, benefícios, se emagrece e como tomar

Rico em ômega-3, o óleo de peixe é muito bom para combater o colesterol ruim, além de vários outros benefícios para saúde. Conheça também a melhor marca do suplemento.


PUBLICIDADE

Você já deve ter ouvido falar que peixe faz bem para a saúde.

Ele realmente faz, segundo a própria Organização Mundial de Saúde.

Isso ocorre porque ele é cheio de substâncias extremamente benéficas para o nosso organismo.

Venha saber mais sobre o óleo de peixe!

Índice – Principais informações sobre o óleo de peixe nesse artigo:

O que é?

O óleo de peixe é rico em ômega-3, um ácido graxo poli-insaturado muito importante para o funcionamento do corpo.

O ômega-3 contém mais dois tipos de ácidos graxos (também chamados de ácidos gordos): o DHA e o EPA.

Nosso organismo não é capaz de produzir esses componentes e por isso é necessário consumirmos alimentos ricos neles, como os peixes.

No entanto, com a vida moderna agitada, se alimentar bem é cada dia mais difícil. Por isso muitos optam pelos suplementos de óleo de peixe.

De um jeito ou de outro, o importante é adicionar o ômega-3 a sua dieta, pois ele melhora diversas funções biológicas, além de agir na manutenção de muitas áreas do nosso corpo.

Para que serve?

O óleo de peixe pode servir para tratar e prevenir vários problemas, como inflamações e doenças digestivas.

Ele também age em favor do coração, da saúde óssea e ocular, bem como da diminuição do colesterol ruim.

Uma de suas funções mais populares é prevenir doenças cerebrais degenerativas, como o Mal de Alzheimer.

O TEXTO CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

Além disso, ele melhora a memória e faz muito bem para a saúde cerebral geral.

Qual é a sua composição?

Como você já sabe, o ômega-3 é formado por mais dois ácidos graxos:

DHA (ácido docosahexaenoico):

Essa substância é extremamente rica em propriedades antioxidantes e auxilia no funcionamento e na proteção dos neurônios.

Também age como anti-inflamatório cerebral e previne doenças neurodegenerativas.

EPA (ácido eicosapentaenóico):

Também possui ação anti-inflamatória. Ajuda os sistemas cardiovascular e circulatório ao impedir a formação de coágulos, o que pode resultar em problemas como a trombose e derrames.

Leia também => Óleo de cártamo: Para que serve, como tomar, efeitos colaterais e preço

Quais são seus benefícios?

Detalharemos a seguir os principais benefícios do óleo de peixe:

1 – Manutenção das funções cerebrais

Alguns estudos mostraram que a falta de ômega-3 no organismo está ligada à facilidade do aparecimento de problemas cognitivos e neurodegenerativos que vêm com a idade, como o Mal de Alzheimer e a demência.

Consumir o óleo de peixe proporciona um melhor desempenho das funções do cérebro, previne essas doenças, assim como melhora a acuidade visual.

2 – Tratamento contra o déficit de atenção e hiperatividade (TDAH)

O TDAH ocorre principalmente em crianças, e certas pesquisas indicam que elas possam ter níveis de ácidos graxos abaixo do normal.

O consumo de óleo se mostrou eficaz em diminuir os sintomas deste distúrbio.

Contudo, é necessário estudar ainda mais essa função. Não é indicado que se utilize o suplemento de óleo de peixe como tratamento primário ou único em crianças sem a orientação médica.

3 – Prevenção de doenças cardiovasculares

As doenças do coração podem ser evitadas com a redução do consumo de gorduras saturadas e o aumento de gorduras poli-insaturadas na dieta, como é o caso dos ácidos graxos do óleo de peixe.

O DHA e EPA podem diminuir os fatores de risco das doenças cardíacas, como a pressão arterial alta e níveis muito elevados de colesterol.

O ômega-3 também reduz a gordura do sangue (triglicérides), o que previne derrames, ataques cardíacos, etc.

4 – Diminuição dos sintomas da osteoporose

Estudiosos observaram que o óleo de peixe pode diminuir os sintomas da osteoporose e da artrite reumatoide, como a perda da densidade óssea, a redução da resistência, as dores articulares e a rigidez.

5 – Prevenção contra o AVC

Pesquisadores apontam que consumir duas porções de peixe por semana pode diminuir as chances de AVC em até 50%.

O óleo evita que as placas e os coágulos se acumulem nas artérias e sejam conduzidos até o cérebro.

Todavia, é importante não exagerar na quantidade ingerida, pois em excesso ele pode gerar problemas.

6 – Redução da gordura no sangue

O suplemento de óleo de peixe é capaz de reduzir os níveis altos de triglicérides no sangue, o que aumenta o risco de problemas cardíacos.

Com os níveis normais, as chances de doenças, inclusive ataques do coração, diminuem.

7 – Saúde das grávidas e do feto

O DHA e o EPA são muito benéficos ao desenvolvimento visual e neurológico do feto, assim como podem deixá-lo com um peso mais saudável na hora do nascimento.

Especialistas entendem que a gestante precisa consumir no mínimo 300mg de DHA ao dia, especialmente no último trimestre.

Isso permite que o bebê tenha as quantidades ideais da substância para que ele nasça com o cérebro e a retina bem formados.

Para as mães, consumir o ômega-3 pode reduzir os riscos de depressão pós-parto e prolongar de forma positiva a gravidez, para que assim o bebê se desenvolva melhor.

Óleo de peixe emagrece?

Pesquisas provaram que sim. Um estudo realizado na Universidade do Sul da Austrália chegou à conclusão de que praticar exercícios medianos enquanto se faz uma dieta com ômega-3 pode aumentar consideravelmente a perda de peso.

Durante 12 semanas, os pesquisadores passaram exercícios aeróbicos para um grupo de adultos obesos ao mesmo tempo que lhe medicavam com doses de óleo de peixe.

Os resultados desse grupo foram comparados com o do outro grupo que fez os exercícios, mas não consumiu o ômega-3.

Aqueles que ingeriram o suplemento realmente conseguiram perder mais peso do que os que só praticaram exercícios físicos, em especial na região abdominal.

Os estudiosos concluíram que o óleo de peixe aciona as enzimas que queimam gorduras e que, junto com atividades físicas, ele acelera a taxa metabólica. Consequentemente mais gorduras são eliminadas e mais peso é perdido.

Como tomar?

O ideal, ao tomar o suplemento, é procurar um profissional da área de saúde para que obter orientações sobre as quantidades corretas a serem tomadas para satisfazer seus objetivos pessoais.

O Ministério da Saúde costuma indicar uma quantidade global para a dieta diária: de 1 a 3 g.

É essencial que siga uma rotina saudável e não pule os horários do suplemento, pois os efeitos positivos só serão sentidos com um consumo regular.

Não se deve tomar mais do que o recomendado, pois mesmo algo tão benéfico e natural quanto o óleo de peixe pode causar problemas sérios se ingerido em excesso.

Melhor marca – onde comprar?

melhor marca óleo de peixe

Para quem vai comprar o suplemento de óleo de peixe para colocar em sua rotina nutricional, você pode conhecer o óleo de peixe da Growth Supplements.

Você irá comprar direto do fabricante por um preço justo, além de ser uma empresa parceira nossa há muito anos e de total confiança.

Para mais informações do produto e seu preço, clique aqui para ser direcionado para a página do produto.

Efeitos colaterais e contraindicações

Os efeitos secundários negativos do suplemento não são muito comuns, mas podem aparecer se ele for consumido de forma errada.

Veja os possíveis sintomas a seguir:

  • Diarreia.
  • Náuseas e mal-estar.
  • Erupção cutânea.
  • Mau hálito.
  • Hemorragia nasal.
  • Azia e gases.

Ingerir mais do que 4 gramas de óleo de peixe por dia pode gerar consequências muito ruins e efeitos sérios como:

  • palpitação;
  • dores e irritações estomacais;
  • inchaço e desconforto.

No geral, as contraindicações ao óleo de peixe são difíceis de ocorrer, pois ele é bom para a maioria dos seres humanos.

Leia também => Óleo de prímula – Para que serve, benefícios e efeitos colaterais

No entanto, se você for um atleta ou esportista buscando a hipertrofia, consuma seu suplemento para o treino apenas 4 horas depois ou antes de ter ingerido o suplemento de ômega-3.

O tratamento com óleo de peixe pode ser indicado para grávidas, crianças, idosos, adultos e jovens.

Entretanto, é bom que haja uma orientação médica antes do consumo.

Óleo de Peixe – Para que serve, benefícios, se emagrece e como tomar
5 (100%) 1 vote

Artigo atualizado em

Sobre Equipe Treino Mestre

Artigos assinados pelo Treino Mestre são escritos pela nossa equipe de profissionais de Educação Física, Nutricionistas, Fisioterapeutas, Atletas e demais colaboradores ligados a saúde e ao esporte. Conheça a equipe principal do Treino Mestre clicando aqui.

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever-se  
Notificação de