Página Inicial » Esteroides Anabolizantes » Influência da Insulina na hipertrofia

Influência da Insulina na hipertrofia

Nesse artigo vamos debater o quanto é importante a insulina no ganho de massa muscular.

Muito se fala na influência hormonal sobre os processos hipertróficos. Porém muitas vezes se fala apenas em dois hormônios, a testosterona, tratada neste artigo (Testosterona – Aumente sua produção natural e tenha excelentes ganhos de massa muscular) e o GH. Porém, apesar da grande importância deles, existe um outro hormônio que comumente é esquecido no que se refere a hipertrofia, a insulina. Este hormônio altamente anabólico tem que sempre ser levado em conta, desde o treinamento até a alimentação.

A insulina é produzida pelo pâncreas e sua liberação é uma resposta a entrada de glicose na corrente sanguínea. Seu principal papel é o controle da glicemia, que é a quantidade de glicose que nós temos em circulação no sangue. De maneira geral este hormônio é fundamental para o bom funcionamento do organismo. No caso dos diabéticos, principalmente os insulino dependentes, o maior problema para eles é que as células não recebem a glicose de forma correta.

Como a insulina Influencia no ganho de massa muscular?

A insulina não é o hormônio auxiliar apenas da glicose, que facilita sua entrada na célula, mas também dos aminoácidos, que são a menor parte das proteínas em geral e que fazem com que ocorra a regeneração e crescimento muscular. Desta forma, se você não tiver uma produção suficiente de insulina ou tiver grandes picos, como quando come alimentos muito doces ou gordurosos, terá muito mais dificuldades em hipertrofiar.

Mas não é apenas na entrada dos aminoácidos nas células que a insulina participa. Com esta entrada, a célula irá ser estimulada pela insulina a produzir ainda mais aminoácidos. Além disso, a insulina também diminui a taxa de destruição de aminoácidos, o popular catabolismo.

Para se ter a noção da importância da insulina dentro do processo de hipertrofia, se a insulina não for corretamente excretada pelo pâncreas, a síntese proteica se reduz a praticamente zero. Neste sentido, a universidade americana de Ohio, desenvolveu um interessante estudo em ratos para explicitar esta importância.

Os ratos estudados passaram por um processo cirúrgico. Além disso, foram retirados os órgãos responsáveis pela produção do GH e da insulina. Como os ratos estavam em processo de crescimento ainda, eles naturalmente pararam de crescer. Para o estudo, os ratos foram divididos em 4 grupos, onde um não recebeu tratamento algum, um recebeu apenas doses de insulina, um recebeu apenas doses de GH e o quarto recebeu doses de ambos. O primeiro grupo como era de se esperar não apresentou crescimento algum. O segundo e o terceiro, apresentaram pequenos índices de crescimento, enquanto o quarto grupo apresentou crescimento normal após serem ministrados tais hormônios.
Leia também:
GH (Somatotropina) – HGH suas formas sintéticas e os precursores

Ao contrário do que muitos acreditam, a insulina não é liberada apenas com carboidratos, mas também com proteínas. Desta forma, fica claro a indicação de se usar no pós treino um carboidrato juntamente com uma proteína. Pois desta forma, além de se reabastecer as reservas de glicose que foram depletadas pelo treino, teremos uma maior entrada de glicose e aminoácidos na célula, o que diminui o catabolismo e melhora os processos cicatrizantes.

Desta forma, muitos “treinadores” e “nutricionistas sem formação” indicam para as pessoas que entram na academia, tomarem suplementos com o mínimo de carboidratos. Além disso, com as dietas restritivas, onde o carboidrato fica muito baixo, a liberação de insulina fica prejudicada, o que acaba prejudicando o crescimento muscular também.

Por isso é fundamental que você tenha em sua alimentação a presença de ambos os nutrientes, para que sua produção de insulina seja normal e que você obtenha melhores ganhos. Além disso, alimentos ricos em gordura ou açúcar provocam uma grande produção de insulina, que acaba não sendo aproveitada e perdendo a eficiência com o tempo. Lembre-se alimentação equilibrada e não restritiva é o segredo para seu sucesso. Bons treinos!

Leia também

Stanozolol (Winstrol): Para que serve, seu ciclo, efeitos colaterais e o antes de depois

Tire todas as dúvidas a respeito do esteroide Stanozolon (Winstrol), como funciona seus ciclos (Homens …

Qual o melhor produto para TPC (Terapia Pós Ciclo)? – Melhores marcas do mercado

Nessa lista atualizada agora em 2017, você irá encontrar os melhores produtos para TPC, segundo o …

  1. olá boa tarde, me chamo suely, sou diabetica insulinodependente , tenho 50 anos, comecei a academia há 03 meses, com treino 3 x por semana, mas tenho muita fadiga , cansaço fisico, me indicaram tomar bcaa gostaria de saber se posso consumir este produto, faço de uso de medicação p/ colesterol, e tireiode , diariamente , esse produto pode alterar meu metabolis
    mo.

  2. Legal a máteria!!!!

    top!

  3. Qual o nome da insulina usado para hipertrofia

  4. cade as referencias?

  5. Preciso das referencias tambem, se for tudo isso mesmo, só preciso de comprovação cientifica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!