Página Inicial » Emagrecimento » Farinha de Arroz – Conheça seus benefícios e como fazer receitas deliciosas

Farinha de Arroz – Conheça seus benefícios e como fazer receitas deliciosas

Vendida em lojas de produtos naturais como farinha de arroz integral, ela não possui glúten, ajuda emagrecer e é super fácil de fazer em casa!

Farinha de Arroz

Ultimamente o nosso cardápio está repleto de farinhas e isso é uma coisa muito boa: temos opções para sermos cada vez mais saudáveis. Desta forma, acabam-se as desculpas para não estar seguindo uma dieta balanceada e que tem muito sabor.

A forma como compramos os alimentos também vem mudando. O arroz branco, por exemplo, vem dando lugar ao arroz integral para o qual muita gente torce o nariz, mas nada que o hábito não faça mudar. Isso aconteceu porque esse tipo de arroz consegue oferecer muito mais benefícios para a nossa saúde já que é bem mais nutritivo.

Mas, o que é a farinha de arroz?

Essa farinha nada mais é do que o arroz integral triturado e passando a ser um excelente substituto nas receitas para a farinha de trigo. A farinha de arroz consegue trazer propriedades importantes para a alimentação de qualquer pessoa:

  • é rica em fibras e em 50 g há 2,4 g de fibras;
  • nesses mesmos 50 g é possível encontrar 3,6 g de proteínas, 0,3 g de gordura (4 vezes menos do que a farinha de trigo), 38 g de carboidratos e 182 calorias;
  • os outros nutrientes são os sais minerais como o ferro, manganês, fósforo e também taxas de vitamina do complexo B;

O problema dos alimentos sem glúten

Uma das reclamações de quem não pode comer alimentos com glúten é que a massa não fica tão macia e com uma textura boa com outros tipos de farinha. É justamente a proteína que confere à receita essa elasticidade e maciez ao alimento. Porém, a farinha de arroz é a melhor opção dentre todas as outras farinhas para substituir a de trigo porque deixa a textura muito parecida.

Os benefícios da farinha de arroz

Para dietas sem glúten
O glúten é uma proteína encontrada comumente em cereais, no trigo, na cevada e derivados. Ele se tornou o grande vilão das dietas porque ele causa inflamação no organismo. Desta forma, não são apenas os portadores de Doença Celíaca que não consomem mais alimentos com glúten.

Mesmo os indivíduos saudáveis estão tirando essa proteína da alimentação. Ele forma um tipo de cola nas paredes do sistema digestivo que prejudica o bom funcionamento do corpo causando inflamação e danificando a saúde.

Portanto, quanto mais você se ver livre do glúten, melhor. A farinha de arroz pode substituir a farinha de trigo em qualquer tipo de receita, seja ela doce ou salgada já que não tem sabor ou cheiro.

Possui carboidratos complexos

Os carboidratos complexos possuem cadeia longa, ou seja, o corpo demora para conseguir metabolizá-la e conseguir aproveitar as moléculas de glicose como fonte de energia. Isso evita a formação dos picos de insulina que favorecem ao acúmulo de gordura da região abdominal e também aumentam as chances do indivíduo desenvolver o diabetes.

Fonte de proteínas
Para quem está sempre em busca de boas doses de proteínas na alimentação, a farinha de arroz é mais uma boa opção para o cardápio. Especialmente se você é daqueles que gosta de fazer receitas com whey protein, mas precisa colocar farinha de trigo na massa, não precisa mais! Mas arroz tem proteína? O arroz integral tem proteína sim e uma quantidade até razoável como colocada acima.

Leia mais a respeito: Proteína do arroz: Seus benefícios no ganho de massa muscular

Rica em fibras
Essa é a principal diferença e essencial entre o arroz branco e o integral: este contém fibras. Quanto mais fibras você tiver na sua alimentação, mais você se sentirá saciado. Outra função importante é que a fibra melhora o trânsito intestinal, mas atenção porque deve-se aumentar a ingestão de água para que ela não cause o efeito oposto que é o da constipação.

Deixa os ossos mais fortes
O cálcio é o mineral mais famoso quando se fala em ossos, mas o manganês também é muito importante. A farinha de arroz consegue suprir 101% das necessidades diárias com apenas ½ xícara. Isso ocorre porque a presença de manganês aumenta a absorção de cálcio pelos ossos.

Ideal para quem quer perder peso
Ficar de dieta pode ser um verdadeiro martírio para quem não consegue se conter frente às delícias que o mercado oferece. Uma boa solução é usar a farinha de arroz na hora de preparar as receitas. Pães, bolos, tortas, doces, salgados e tudo mais que tiver farinha de trigo pode ser utilizada a farinha de arroz no lugar. Pelo fato dela ser integral, ajuda na manutenção do peso aumentando a saciedade e diminuindo os picos de insulina.

Mas tenha cuidado! O fato dela ser integral não significa que vai fazer você emagrecer. A ideia aqui é fazer trocas inteligentes na alimentação e o conjunto dessas trocas é que vai fazer com que você perca peso de uma forma muito mais saudável. Uma boa combinação é a prática de exercícios físicos e se alimentar com moderação, mesmo que seja de alimentos integrais como a farinha.

Faz bem para o coração
Fazer a substituição da farinha comum para a farinha de arroz fará o seu coração agradecer. Ela diminui as taxas de LDL, que é um colesterol ruim pois se deposita na parede das artérias e aumenta as taxas de HDL, que é um bom colesterol pois ajuda a reduzir a quantidade de LDL.

Como fazer a farinha de arroz em casa

Outra boa vantagem dessa farinha é que você pode fazê-la em casa, com custo quase zero. Você só vai precisar de 2 xícaras de arroz integral e seguir os passos abaixo:

triture a metade dessa quantidade num liquidificador ou multiprocessador até virar uma farinha;

vá peneirando a parte batida no liquidificador e triture novamente os grãos que ainda não ficaram moídos;

faça esse processo com todo o arroz até que ele acabe;

Como consumir

Você pode usar a farinha de arroz de diversas maneiras. Além das já ditas acima (substituindo a farinha de trigo em pães, tortas e biscoitos), você também pode fazer massa de macarrão, pode usá-la para engrossar sopas e molhos e também no lugar da farinha de rosca para empanados.

Receitas com farinha de arroz

Receita de Pão sem glúten

Ingredientes

  • 1 Colher de chá de sal
  • 2 Colheres de sopa de azeite ou óleo de coco
  • 2 Colheres de sopa de fermento em pó
  • 3 Ovos
  • 2 Xícaras de farinha de arroz
  • 1 Xícara de leite

Modo de preparo
1° Ligue o forno a 220° C.
2° Bata todos os ingredientes na batedeira ou no liquidificador com exceção do fermento.
3° Misture tudo até que a massa fique lisa, sem nenhum grumo.
4° Na hora de colocar o fermento, misture com uma colher.
5° A massa fica parecendo com a de um bolo, ou seja, mais líquida.
6° Unte uma assadeira com manteiga e farinha de arroz e despeje a massa.
7° Deixe no forno até dourar.

Leia também: Diferenças entre arroz branco, parboilizado e integral – Qual a melhor opção?

Coxinha sem glúten

Ingredientes

  • 1 Colher de sopa de azeite extra-virgem ou óleo de coco
  • 2 Xícaras de farinha de arroz
  • 2 Xícaras de caldo de galinha preparado em casa (mais saudável)
  • Sal e recheio a gosto

Modo de preparo
1° Coloque o azeite extra-virgem (ou óleo de coco extra virgem) e o caldo da galinha (que não deve ser o cubo pronto e sim o caldo que fica da carne que foi cozida) numa panela grande para ferver.
2° Adicione o arroz e mexa rapidamente até soltar a farinha do fundo da panela.
3° Jogue a massa numa superfície lisa e sove por 5 minutos.
4° Deixe esfriar.
5° Coloque o recheio e faça o formato como numa coxinha comum.
6° Coloque para assar ou então numa fritadeira sem óleo.
7° Para empanar a coxinha use um ovo e a farinha de arroz no lugar da farinha de rosca.

Leia também

Cactínea – Para que serve, benefícios no emagrecimento e onde comprar

A cactínea é um termogênico natural, feito à base de cactos e que tem como …

Morosil emagrece? Veja sua composição, relatos e onde comprar

Veja uma resenha completa sobre o emagrecedor Morosil. Como ele atua no corpo, como tomar …

  1. Vou começar a usa farinha der arroz obrigado pela dica?

  2. Olá!
    Faz muita diferença usar farinha de arroz flocada? A receita pede farinha de arroz, mas só acho flocada. Muda muito ou tudo bem utilizar a flocada mesmo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!