Página Inicial » Suplementos » Melatonina: Para que serve, benefícios, como tomar, contraindicações e efeitos colaterais

Melatonina: Para que serve, benefícios, como tomar, contraindicações e efeitos colaterais

Artigo completo para tirar todas as dúvidas sobre a melatonina e a suplementação desse hormônio. Veja suas contraindicações, melhores marcas, preço e onde comprar. Não deixe de ler também as 10 perguntas mais comuns e os relatos ao final do artigo.

melatonina efeitos colaterais como tomar preço comprar

Dormir é algo básico, inerente a vida humana. Durante o sono, regeneramos nossas células e garantimos uma melhor saúde.

A privação de sono é um dos fatores que mais comprometem a qualidade de vida e saúde de qualquer indivíduo. Neste sentido, a melatonina, que é um hormônio produzido naturalmente por nosso organismo, tem uma importante função.

A melatonina, que no último ano passou a ser legalmente vendida no Brasil, é um hormônio muito importante para que o sono esteja de fato, regulado. Baseado nisso, há alguns pontos que devem ser entendidos, para que a melatonina seja usada corretamente e traga apenas benefícios para sua saúde!

O que é melatonina?

Todos nós possuímos o que chamamos de ciclo circadiano. Este ciclo, nada mais é do que a ação natural que temos de sentir mais sono a noite, com menos luminosidade. Mesmo que algumas pessoas tenham reações diferentes, o natural em termos de ciclo circadiano, é dormir no horário em que temos menos claridade.

Neste sentido, é muito importante entender que a melatonina tem uma importante função para garantir que isso aconteça de fato.

A melatonina é um hormônio produzido por nosso corpo. Ela é produzida pela glândula pineal e tem um aumento na sua secreção, conforme o dia começa a escurecer. Ela  ajuda na “preparação” para o sono.

A melatonina não é necessariamente o “hormônio do sono”, mas sim, um hormônio ligado ao aumento da escuridão e da preparação para o sono. A luminosidade, mesmo que artificial, pode reduzir a ação da melatonina. Porém, a escuridão, por si só, não estimula diretamente a produção de melatonina por parte do organismo.

Em termos práticos, a melatonina é o produto originado por uma série de reações, que envolvem a ação de aminoácidos como o triptofano e hormônios como a serotonina.

Para que serve a melatonina?

Engana-se quem pensa que a melatonina serve apenas para estimular o sono. Ela é um hormônio de grande importância para todo o bom funcionamento fisiológico do organismo. Estimular o sono, é apenas uma destas funções.

Maganhim (2008) nos mostra que a melatonina tem funções como regulação das funções do sistema imunológico, melhora e regulação da função cardiovascular, mais fortemente impactando a questão da pressão arterial. Porém, é inegável que entre as principais funções da adaptação do indivíduo e de sua espécie às questões ambientais, como mudança das estações, através da regulação endócrina e metabólica, bem como do ciclo sono-vigília.

Em termos fisiológicos, a melatonina pode ser considerada como um hormônio de proteção. Por regular as funções fisiológicas diretamente com o ciclo circadiano, ela faz com que o organismo se mantenha em segurança e adaptado as mudanças de ambiente.

Por isso, é natural que no inverno, quando as noites são mais longas, nossa produção de melatonina tenha uma tendência a ser maior. Da mesma forma, com o passar dos anos, vamos perdendo, gradativamente, a capacidade de secreção de melatonina.

Porém, há um ponto muito importante. Tudo o que fora citado aqui, está relacionado a produção de melatonina de forma natural, pelo corpo.  Mas e no caso dos suplementos, que se baseiam na utilização de melatonina sintética? Qual a sua ação e benefícios para o organismo?

Suplementos de melatonina, como eles funcionam? Existe riscos? O que os estudos dizem?

É importante entender que a melatonina sintética, pode ser administrada de diferentes formas. De modo geral, na medicina, há a possibilidade de utilização por via venosa, oral e por inaladores (segundo a revista pan-americana de saúde).

Mas falando especificamente dos suplementos, que são a utilização mais comum, temos alguns pontos importantes.

O primeiro dele, é sobre os riscos. Como a suplementação e venda de melatonina foi proibida durante muito tempo no Brasil, muitas pessoas ficam em dúvida sobre a segurança em sua utilização. Um dos principais argumentos, é em relação aos efeitos dela, sobre todo o sistema cardíaco.

Para contradizer isso, um estudo de Morris (2012), pode ser citado. Neste estudo, foram usados 16 voluntários, que apresentavam um quadro de hipertensão essencial não complicada. Todos, faziam o uso de medicação específica.

Todos os pacientes, receberam por 3 semanas, 2,5 mg de suplementação de melatonina.

Após o período de realização do estudo, os voluntários foram submetidos a exames para verificar sua condição, bem como aconteceu no início do processo.

Foi possível verificar que houve um aumento no tempo total de sono, bem como em sua eficiência. Houve também, redução das latências para o estágio N1 e N2 do sono, com a utilização do suplemento de melatonina. Além disso, foi possível verificar a melhora no quadro de hipertensão arterial, que em médio prazo, poderá significar a redução ou pausa total, na utilização de medicamentos de controle.

A sociedade brasileira de endocrinologia e metabologia, tem um posicionamento bem claro. Eles preconizam que se acumulou, nas últimas décadas, evidências relevantes e sólidas, sobre a função fundamental da melatonina em todos os processos regulatórios do metabolismo energético.

Desta maneira, em situações de redução na secreção e produção de melatonina, é muito comum observar quadros de resistência insulínica e distúrbios em sua secreção, intolerância à glicose, dislipidemia e distúrbios energéticos, que acabam gerando a obesidade.

A utilização adequada de suplementos de melatonina, em quadros em que isso se mostra necessário, é algo muito importante para a saúde e funcionalidade. Devido as inúmeras funções que ela desempenha em todo nosso organismo. Em termos de suplementação, versus a produção natural, é óbvio que a produção natural é mais eficiente.

Porém, é muito comum que a produção natural de melatonina não seja suficiente para suprir as demandas do organismo. Por isso, a suplementação, bem como a utilização medicamentosa em determinados casos, é uma saída não apenas importante, mas sim, obrigatória.

Nestes casos, é fundamental que a utilização do suplemento de melatonina, seja feita com o acompanhamento de um bom profissional, que saberá a forma mais adequada de utilizá-la.

Benefícios da melatonina para o sono

É inegável que a melatonina ajuda diretamente na melhora da qualidade do sono. Por vias naturais, ela é um hormônio que age como um “preparatório” para o sono. Além disso, a melatonina não ajuda apenas a adormecer, mas também, a melhorar a qualidade do sono.

Ela tem sua secreção aumentada no meio da noite, por volta das 3 a 4 da manhã. Com isso, ela ajuda diretamente na transição das fases do sono. Com isso, a regeneração celular é potencializada, já que os níveis mais altos de recuperação, acontecem nas fases de sono mais profundo. Porém, estas fases, acontecem em uma sequência. Por isso, a transição entre elas, é fundamental!

Neste sentido, a melatonina, de forma suplementada, é fundamental para quem apresenta algum distúrbio do sono ou então, não consegue uma recuperação total. Para isso, deve-se usar dosagens específicas para cada caso, que deve ser receitada por um profissional.

Preços e melhores marcas do suplemento

Das principais marcas do suplemento de melatonina importada encontradas aqui no Brasil, destacamos a da Optimum Nutrition. seu preço pode variar de R$89,00 até R$148,00 a embalagem vendida com 100 cápsulas de 3mg cada cápsula.
Para obter mais informações e onde comprar pelo melhor preço, clique aqui.

Das nacionais o destaque vai para a melatonina da Oficial Farma, que vende embalagens com 100 cápsulas de 3mg ou 5mg. O preço fica entre R$70,00 e R$76,00.
Para ter informações mais destalhar e comprar pelo melhor preço, clique aqui.

Melatonina, as 10 perguntas mais comuns:

Ainda há muitas perguntas a serem respondidas, sobre a utilização da melatonina, não é? Selecionamos as principais, com as suas respectivas respostas!

1- Melatonina emagrece?

Sim, a melatonina está diretamente ligada aos processos que geram o emagrecimento. Em uma pesquisa de Galano (2001) foram analisados os efeitos da melatonina sobre o emagrecimento. Para isso, foram utilizadas doses diárias em ratos obesos e magros. Foram usadas doses com base no parâmetro de 10 mg/Kg corporal.

Ao final do estudo de 3 semanas, foi possível verificar que a suplementação de melatonina provocou reações como a de aumentar a conversão da gordura branca em gordura marrom nos ratos.

Lógico que isso não significa que você deva sair tomando suplementos de melatonina para emagrecer. Isso deve ser feito da forma correta. Porém, como ela atua diretamente na regulação de uma série de reações fisiológicas, é natural que ela impacte positivamente o emagrecimento.

Além disso, a síntese de diversas proteínas e hormônios, que auxiliam no emagrecimento, é aumentada consideravelmente durante o sono. Com isso, a melatonina influencia diretamente no emagrecimento.

2- Melatonina engorda?

Se ela ajuda emagrecer, obviamente a melatonina não engorda. Como foi falado, essa substância funciona como reguladora do peso corporal. Experimentos mostram que a melatonina atua de forma a regular todas as fases do balanço energético, ou seja, desde o consumo alimentar até o uso da energia proveniente dos alimentos, além de regular a produção e secreção da insulina, ajudando não só a controlar o peso com também a diabetes.

3- Quando é Indicado?

  • A principal indicação de uso da melatonina é para tratamento de distúrbios do sono como insônia, despertamentos durante o sono, ciclos do sono em períodos diferentes, correção do sono em situações como no idoso e trabalhadores noturnos onde há redução da produção da melatonina, entre outros distúrbios.
  • Também é indicada para reduzir o efeito do jet lag. O jet lag é uma condição fisiológica caracterizada por cansaço e distúrbios do sono decorrente de longas viagens onde há alteração ritmo biológico de 24 horas com a mudança de fuso horário.

Nessa situação, ocorre diminuição da produção desse hormônio por causa da mudança de funcionamento do organismo e do ciclo do sono alterado não só pelo fuso horário, mas pela claridade ou escuridão, pois a pessoa geralmente dorme no horário em que está acostumada e não no horário em que se encontra à noite.

  • É indicada, ainda, para portadores de Alzheimer, pois esses pacientes não produzem a melatonina. O uso desse hormônio por esses pacientes vai ajudar na normalização do sono e no combate às inflamações.
  • A melatonina é indicada também para pacientes que são portadores de algum tipo de câncer, especialmente os que estão fazendo quimioterapia. Além desses também temos as pessoas que viajam muito e que sofrem com o fuso horário e trabalhadores noturnos como seguranças e profissionais de saúde que trabalham em sistema de plantão. 

4- Há contraindicações na utilização de suplementação de melatonina?

Como qualquer estimulo a produção hormonal, de forma sintética, devemos tomar cuidado com a ingestão de melatonina. Crianças, devem evitar a utilização de suplementos de melatonina, por exemplo. Nesta fase, uma utilização inadequada, pode gerar casos de desregulação da função hormonal.

Além disso, grávidas e lactantes também devem evitar a utilização de suplementos à base de melatonina. Isso, pelas mesmas razões do caso das crianças, por causa do equilíbrio hormonal. Além disso, trabalhadores que irão operar máquinas, devem evitar a ingestão de melatonina antes do trabalho.

Abaixo mais algumas situações onde é contraindicado a melatonina:

  • Pessoas que não possuem deficiência de melatonina, mesmo em situações de doenças;
  • Pessoas que sofrem com as elevadas taxas de colesterol e que consomem estatina;
  • Quem faz uso de medicamentos para controlar a pressão arterial;
  • Portadores de doença cardiovascular ou que estejam em tratamento;
  • Gestante ou que estejam tentando engravidar.

5- Como tomar melatonina?

A dose máxima diária, deve ser de no máximo 5 mg por dia. Mais do que isso, pode causar uma desregulação hormonal e colocar em risco a saúde de quem ingere. Além disso, há a possibilidade de ingerir melatonina de outras fontes, que não sejam suplementos. Mas nestes casos, o acompanhamento médico deve ser constante.

Em termos de suplementos, deve-se ingerir de 1 a 2 gramas (no contexto mais comum, estes valores podem ser diferentes), cerca de 30 minutos antes de dormir. Além disso, indica-se, para que haja uma melhor utilização da melatonina, que ela seja ingerida apenas no período da noite.

As quantidades ingeridas podem variar, de pessoa para pessoa. Afinal, uma pessoa que quer apenas melhorar a qualidade do sono, não precisa das mesmas doses do que alguém que tem problemas crônicos de sono.

6- Idosos podem tomar melatonina?

É natural que haja uma redução na secreção de melatonina com o passar da idade. Com isso, em muitos casos, idosos devem fazer a ingestão de suplementos de melatonina. Não que isso seja via de regra. A ingestão de melatonina deve acontecer apenas em casos em que ela seja realmente necessária. Caso contrário, ela poderá até mesmo se tornar prejudicial.

Além disso, a melatonina também auxilia no retardo do aparecimento de doenças, como é o caso do mal de Alzheimer, risco de AVC e outras, que acometem muito mais idosos.

7- Melatonina pode ser usada como pré-treino?

Em muitos casos sim. Principalmente nos treinos mais volumosos. Neste caso, há vários estudos que mostram que a melatonina, quando ingerida como um pré-treino, melhora a ação de mecanismos antioxidantes, estimula a maior queima de gordura e acelera os processos de recuperação muscular e endócrina, após o exercício.

8- Melatonina ajuda a prevenir doenças?

Sim. Há vários indícios científicos que relacionam a utilização adequada de melatonina, com a redução de doenças. Entre as mais relevantes, podemos falar da obesidade (já citada neste artigo), o mal de Alzheimer, o AVC e no tratamento da esclerose lateral amiotrófica (ELA). Além disso, se há uma adequada secreção ou ingestão de melatonina, todo o sistema imunológico se torna mais forte e eficiente.

9- Posso tomar melatonina quando estou usando medicamentos?

Este é um ponto fundamental. A melatonina pode interagir de forma negativa e até perigosa com determinados medicamentos.

É fundamental que você não faça a utilização de melatonina quando estiver usando, de maneira concomitante, sedativos, como Clonazepam e outros.

Além disso, não se deve usar suplementos à base de melatonina com a utilização conjunta de imunossupressores, como acontece com pessoas transplantadas, por exemplo. Isso, pelo fato de que a melatonina é altamente estimuladora da ação do sistema imunológico. O uso combinado de melatonina e anticoagulantes também deve ser evitado, pois a melatonina pode afetar os processos de coagulação sanguínea neste caso.

Alguns anticoncepcionais fazem, por si só, um aumento na estimulação da melatonina. Desta forma, nestes casos específicos, não há necessidade de suplementação.

Outro ponto, é que suplementos à base de cafeína, podem agir de forma antagonista a utilização de melatonina.

10- Principais cuidados na utilização de melatonina

Basicamente, não devemos usar suplementação de melatonina, caso não haja necessidade. Somente em casos onde a utilização da suplementação é realmente necessária e trará consigo, uma melhora no quadro fisiológico geral, é que devemos usá-la.

Fora isso, os casos citados acima, de crianças, gravidas e pessoas que estejam ingerindo determinados medicamentos ou tenham alguns quadros clínicos, que devem evitar sua utilização. Além disso, jamais deve-se ingerir doses elevadas de melatonina, sendo que 5 gramas é considerado o máximo aceitável.

A melatonina é um hormônio fundamental para o bom funcionamento de nosso corpo. Por isso, sua ingestão, quando não há produção natural suficiente, é muito importante para que tenhamos uma melhora no quadro geral de saúde.

Leia também => Melatonina Optimum – Um suplemento que pode te ajudar a ter uma boa qualidade de sono

Efeitos colaterais da melatonina:

Ingerir suplementos à base de melatonina quando não há necessidade ou em quantidades excessivas pode trazer alguns efeitos colaterais para o organismo.  Alguns desses efeitos colaterais são:

  • Toxicidade;
  • Cansaço;
  • Falta de concentração;
  • Dores de cabeça;
  • Agravamento de distúrbios depressivos;
  • Aumento do hormônio estrogênio;
  • Distúrbios cardiovasculares;
  • Sonolência excessiva.

Sempre consulte seu médico e seu nutricionista antes de usar qualquer tipo de suplementação.

No vídeo abaixo o Dr. Vinícius Graton fala dos estudos recentes sobre os benefícios da melatonina:

Relatos

Está tomando ou já tomou o suplemento de melatonina e quer deixar seu relato sobre os resultados obtidos? Por favor utilize a área de comentários logo abaixo e leia também os depoimentos de quem já tomou.

Referências:
MAGANHIM, C. Efeitos da melatonina no sistema genital feminino: breve revisão. Rev. Assoc. Med. Bras. São Paulo, 2008.
MORRIS, C.J. Repeated melatonin supplementation improves sleep in hypertensive patients treated with Beta-blockers: a randomized controlled trial. SLEEP, Vol. 35, No. 10, 2012.
La melatonina como hormona reguladora del sueño. Rev Panam Salud Publica [online]. 1997.
SBEM. Posicionamento da SBEM sobre a utilização de melatonina. Disponível em (www.endocrino.org.br/media/uploads/PDFs/posicionamento_sobre_melatonina_sbem.pdf). 2010.
Galano, A. “Melatonin as a natural ally against oxidative stress: a physicochemical examination.” Journal of pineal research (2011).

Sobre Treino Mestre

Artigos assinados pelo Treino Mestre são escritos pela nossa equipe de profissionais de Educação Física, Nutricionistas, Fisioterapeutas, Atletas e demais colaboradores ligados a saúde e ao esporte.

Leia também

SomaPro Woman (Somatodrol Feminino) – Para que serve e como tomar

O suplemento Soma Pro Woman funciona? É bom mesmo? Veja agora uma resenha completa, além …

Somatodrol – Para que serve, como tomar, preço e onde comprar

O suplemento Somatodrol é bom mesmo? Faz mal? Essas e outras perguntas como: seus benefícios, …

  1. Onde consigo encontrar a melatonina,de forma segura

    • Eu estou tomando a melatonina já a 2 meses e estou gostando bastante, já estou dormindo muito melhor. Obrigado por essas dicas. Vou continuar tomando, é um bom suplemento.

  2. Iria de Fátima Rocha Silva

    Boa noite, lendo essa informação sobre a melatonina, gostaria de saber se existe a produção em excesso, pois não a glândula tireoide e tomo hormônio e tenho muito sono, é o contrário, é sono demais mesmo, estou tomando polivitamínico, para esgotamento físico e mental, que minha endocrinologista recomendou, gostaria de obter um resposta. Obrigado

    • Prezada Iria,

      Eu tive o mesmo problema seu, muito sono. Sono de mais.

      De repente li um site japonês (traduzido) que resolveu o meu problema.

      Para eliminar o sono faça o seguinte:
      Tome uma média de 2 litros de água por dia em todos os dias da tua vida.
      Para não haver erros utilize uma garrafa de 500 ml e tome pela primeira vez ao acordar, encha a garrafa de água e tome novamente ao meio-dia, encha novamente e tome as 16 horas e finalmente encha pela última vez e tome as 20 horas. No total você tomou 2 litros no primeiro dia.

      É só repetir todos os dias.

      O sono vai embora. Ele estava só para lembrar você da importância de beber 2 litros de água por dia.

      Abraços,

      Pietro

  3. Estava passando por problemas de insonia e passei pelo médico que me indicou um especialista e me receitou a suplementação com a melatonina, tenho tomado e conseguido dormir, mas foi tudo feito com controle e orientação.

  4. Marcelo Paiva Toledo

    Posso tomar a melatonina de 3mg para dormir.

  5. jose roberto pacheco franco

    Bela explanação sobre a Melatonina pq todas as pessoas acham que ela so serve para melhorar o sono mas que na verdade ela traz um montão de benefícios para os fisioculturistas.

  6. Tenho tomado melatonina 3mg mais divido no meio tenho sentido muita tontura e dor de cabeça…ñ sei que fazer tenho muita insonia!!!

  7. Vi a reportagem no globo reporter e estou pensando em tomar, sofro muito de enxaqueca…alguém que já tomou, teve algum efeito colateral severo? Sabe se a melatonina engorda? Onde comprou e qua a média de preço? Quem puder ajudar eu agradeço!!

    • Há dois anos comecei a ter enxaquecas contínuas fortíssimas. Fui hospitalizado e depois de fazer um monte de exames, os médicos constataram que não havia nada de mais grave comigo, como algum tumor, por exemplo. Me disseram que na década de 70 haviam descoberto que anti-depressivos tinham o efeito de cortar dores de cabeça, e me receitaram um comprimido de um anti-depressivo duas vezes ao dia. As dores de cabeça sumiram, mas não posso parar de tomar os comprimidos. Outro dia vi a reportagem no globo repórter e fiquei curioso. Não conheço nada sobre a melatonina, mas sei que o uso de anti-depressivo resolveu o meu problema que era gravíssimo. Caso suas dores de cabeça sejam do tipo que inviabilizam a vida (como eram as minhas) sugiro que procure um médico neurologista e verifique se a melatonina ou o uso de um ati-depressivo pode te ajudar. Não sei se você lembra, mas a moça da reportagem do globo repórter disse que um médico havia receitado para ela um anti-depressivo, mas que ela resolveu o problema com a melatonina.

    • Comecei ontem para insonia. Dormi bem e acordei otima. Pelo que li nao engorda. Comprei no paraguai e paguei 60,00. 3 mg o que estou tomando. e tomado 1 hora antes de dormir e o frasco contem 60 comprimidos

    • Eu tomo não engorda durmo bem só me trouxe benefícios. Este remédio é um hormônio do sono depois que tomar apagar a luz do quarto não ver TV. Pq a luz da TV e do celular não deixam o medicamento agir.

  8. Djanira Luciano Luizi

    Quem sofre diabete e toma insulina pode tomar melatonina?

  9. Comecei a tomar melatonina a uns 4 dias, pois não consigo ter 3 horas de sono a mais de 3 anos.
    Só que nesses primeiros dias tomando melatonina, tenho me sentido pior. Alguém que tome, sabe me informar se é assim mesmo.
    Obrigado

    • Leila sugiro que procure um especialista no sono ou um pisiquiatra pois em casos depressivos a melatonina piora os efeitos e insônia pode ser um sintoma de uma possível depressão ou transtorno de ansiedade att Rafael

    • Provavelmente vc terá de tomar 10mg sua insonia é severa boa sorte

    • Eu tomo 10mg é as poucos acordava sempre as 02:00 da manhã tive um progresso em uma semana melhorou estou acordando as 05:30, tem que ter paciência

  10. Estou tomando a 2 semanas , indicado pelo médico . Estou dormindo perfeitamente ainda mais quando o quarto esra todo escuro eu apago mesmo . Muito bom , durmo super bem .

  11. Excelente artigo e o vídeo também foi muito esclarecedor. Pretendo tomar a melatonina agora pois estou tendo insônia constantemente e não quero utilizar remédios controlados…Alguém que já utilizou o suplemento da optimum ou outra empresa, já teve algum efeito colateral?

  12. PLIS!!!!!!!!!
    SE A MELATONINA PODE SER USADO COMO PRÉ-TREINO ,POREM INGERIDA 1HORA ANTES DE DORMIR, DURANTE A NOITE,
    NO MEU CASO TREINO PELA MANHÂ AS 6 DA MANHA FARIA UM EFEITO BENÉFICO

  13. Muito bom. Pelo que eu li nos comentários e assisti ao vídeo, o medicamento funciona perfeitamente!
    Porem, tenho uma dúvida: quais reações, de fato, a melatonina pode me causar, pois utilizo anticoagulante há mais de 10 anos?

  14. Tenho insônia crônica, já tomei diversos remédios para dormir (tarja Preta), no momento estou tomando Roypnol (diazepina), tenho um sono muito superficial, com pesadelos, porem, parece que causam efeito ao contrário (bate e volta). durante o dia tenho uma ressaca incrivel, estou sem saber mais o que fazer, será que a melatonina resolveria meu problema? por favor me ajudem estou em situação critica.

  15. Boa noite,

    Vi que melatonina não é indicado no caso de colesterol e estatina. Não identifiquei no Google qual o motivo, por que ocorre?

    O remédio Zetia não é impactado por isso, certo?

    Obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!