Página Inicial » Emagrecimento » Termogênicos – O que são, Para que serve, se faz mal e como tomar

Termogênicos – O que são, Para que serve, se faz mal e como tomar

Saiba como funciona a ação dos termogênicos no organismo. Quais seus benefícios e efeitos colaterais. O que os estudos mostram e ainda quais as melhores marcas do mercado.

termogênico - para que serve efeitos colaterais como tomar

Para quem deseja acertar os ponteiros com a balança e eliminar os quilinhos extras há, basicamente, dois caminhos: reduzir a energia ingerida, através de controle alimentar, ou aumentar o gasto calórico com exercícios físicos e outras atividades.

Pode parecer estranho, mas comer queima caloria. Para isso é preciso ingerir alimentos ou substâncias que exerçam essa função no organismo. São os chamados termogênicos.

Para quem quer perder peso, a matemática é simples: você precisa gastar mais do que consome. Isso pode ser feito reduzindo a ingestão de alimentos ou aumentando o gasto calórico. Para muitos é bastante difícil conseguir resistir a algumas tentações como um belo bombom de chocolate ou um churrasco com os amigos. Portanto, fica mais fácil gastar mais calorias e para isso você pode precisar da ajuda dos termogênicos.

Mas não pense que tomar apenas termogênicos e não manter uma alimentação balanceada, vai fazer com você perca gordura e emagrece. Não existe milagre! Uma escapa ou outra, na dieta, como no famoso dia do lixo, tudo bem, no entanto que tudo tenha controle e equilíbrio, ai sim os termogênicos podem dar um grande auxilio no seu objetivo.

O que são e para que serve os termogênicos:

Os Termogênicos, também conhecidos como queimadores de gordura, trabalham transformando em energia as calorias provenientes da gordura corporal e da alimentação. Para isso, eles procuram manter o metabolismo acelerado, promovendo uma queima calórica maior ao longo do dia.

Os termogênicos são substâncias, na maioria alimentos, que ajudam o corpo a consumir energia de forma mais rápida acelerando o metabolismo. É como se você fosse um carro 1.0 sem os termogênicos e 2.0 fazendo uso deles. Você consome mais energia fazendo as mesmas atividades que faz todos os dias. Isso é alcançado através da termogêneses que, nada mais é do que, o aumento da temperatura corporal.

O consumo dos termogênicos não ajuda apenas na perda de peso. Ele consegue oferecer outros benefícios ao organismo que somando-se torna o processo de emagrecimento muito mais eficaz.

Composição

Geralmente, as substâncias encontradas nas fórmulas dos termogênicos são a Cafeína, Garcínia, Sinefrina HLC e Octopamina (obtidas através do Citrus Aurantium) e Yohimbe.

Benefícios

A ação dos termogênicos é muito rápida. O principal benefício é a queima eficaz da gordura e o consequente emagrecimento. Além disso, o consumo traz outros benefícios como:

  • Redução do apetite;
  • Favorecimento do metabolismo;
  • Mais energia para os treinos melhorando assim a performance;
  • Definição da massa muscular.

Como tomar os termogênicos:

A indicação é utilizar num intervalo entre 15 e 60 minutos antes da prática do exercício físico. Mas cada marca disponível no mercado tem sua sugestão quanto ao uso. Confira o que indicam alguns termogênicos:

Lipo 6
A sugestão do fabricante é ingerir três cápsulas, três vezes ao dia, ingeridas com líquido e junto com as principais refeições. Cada porção fornece 120mg de cafeína. Não aumente a dose sem nenhuma orientação profissional. Esse produto pode oferecer diversos efeitos colaterais como irritação, taquicardia, náusea e tonturas.

Existem outras versões do Lipo 6, fórmulas mais fortes para quem já está acostumado com termogênico, fórmulas mais leves para não sofrer tantos efeitos colaterais e até uma versão de termogênico feminino. No link abaixo você poderá conhecer todas as versões: 

Leia também: Lipo 6 – Seus diferentes tipos, efeitos colaterais e como tomar

Therma Pro
É feito à base de extrato de guaraná e possui altas concentrações de cafeína. A sugestão de uso é consumir duas cápsulas 30 minutos antes do treino. Se você não possui uma rotina diária de treinamento, o recomendado é consumir duas cápsulas de Therma Pro 15 minutos antes do café da manhã. Não é indicado consumir as cápsulas no período de cinco horas antes de dormir.

Qual o melhor termogênico?

Em outro artigo realizamos uma enquete com nossos leitores para escolher qual ou quais as melhores termogênicos na opinião deles. Listamos os melhores nacionais e importados, além de no espaço dos comentários desse artigo, você ler os relatos sobre os resultados. Veja esse artigo aqui: Qual o melhor termogênico? Conheça os melhores termogênicos do mundo!

Termogênico faz mal? Quais os efeitos colaterais?

Qualquer produto, por mais natural que seja, apresenta seus efeitos colaterais, recomendações e cuidados.


Os efeitos colaterais que os termogênicos podem causar são similares aos dos estimulantes e, geralmente, aumentam quanto maior for a quantidade consumida. Se tomar sem orientação e descontroladamente, sim, o termogênico faz mal!

 

Abaixo alguns efeitos colaterais comuns e outros mais raros, mas que podem ocorrer:

  • Insônia;
  • falta de concentração;
  • dor de cabeça;
  • agitação; 
  • enjoo;
  • ansiedade;
  • tonturas e vertigens;
  • aumento da pressão arterial;
  • confusão mental;
  • arritmia cardíaca;
  • risco de AVC.

Existe remédio ou termogênico natural?

Sim, existem no mercado outras versões de termogênicos, sem a cafeína na composição e outras substâncias mais agressivas ao organismos. São produtos elaborados a partir de ervas, chás termogênicos, frutos e plantas.

Substâncias ainda mais naturais e que também ajudam a “secar a gordura” sem comprometer sua saúde. Listamos em outro artigo esses termogênicos ou remédios naturais e você pode ver aqui: 18 Remédios para emagrecer que são naturais e não prejudicam a saúde.

Contraindicações

  • Pessoas que estejam passando por algum tipo de enfermidade;
  • Gestantes e crianças;
  • hipo ou hipertireoidismo (alguns termogênicos possuem estimulantes da tireoide);
  • problemas cardíacos;
  • tiveram derrame cerebral;
  • diabéticos;
  • dificuldades para dormir;
  • entre outros, não devem ingerir substâncias termogênicas.

O melhor sempre é pedir a orientação de um profissional e fazer exames antes de tomar qualquer tipo de termogênico.

Através de exames é possível saber se os termogênicos realmente são o melhor caminho para que você possa emagrecer.

Estudos a respeito do uso de termogênico

Segundo uma revisão de literatura publicada na Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento, a ingestão de chá verde é capaz de aumentar 4% a mais do gasto energético em relação à cafeína na sua forma pura como, por exemplo, em forma de cápsulas.

Também, nesse mesmo estudo, houve uma redução no uso de carboidratos e uma elevação no consumo de lipídeos como fonte de energia. Acredita-se que esse melhor desempenho deva-se a presença das catequinas (substâncias que dão aquele sabor amargo ao chá) que atuariam em conjunto com a cafeína.

Em um estudo de caso realizado por Liberali, uma mulher de 40 anos, com 63 kg e praticante de Power Jump 3 vezes por semana ingeriu 3 mg/kg de cafeína durante 30 dias, uma hora antes dos exercícios.

Foi constatada uma redução do peso corporal (de 63,1 kg para 62,1 kg) e da circunferência abdominal (85 cm para 84 cm). A participante também relatou ter maior disposição durante os exercícios, mas teve como efeito colateral a insônia.

Em uma revisão de literatura sobre os efeitos ergogênicos da cafeína chegou-se a conclusão de que esse termogênico tem a sua eficiência comprovada, porém com menor eficácia nos de curta duração e alta intensidade. O melhor efeito foi observado quando a dosagem encontrou-se entre 3 a 6 mg/kg.

Referências:
ALTERIO, Andreia de Almeida; FAVA, Daniela de Almeida Freitas e NAVARRO, Francisco. Interação da Ingestão Diária de Chá Verde (Camellia Sinensis) no Metabolismo Celular e na Célula Adiposa Promovendo Emagrecimento. Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento. São Paulo. v. 1, n. 3, p. 27-37, Mai/Jun, 2007.
LIBERALI, Anna Paula. Redução da gordura corporal em uma mulher praticante de Power Jump suplementada com cafeína: um estudo de caso. Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento. São Paulo. v. 5, n. 26, p. 153 –158. Março/Abril. 2011.
RIBAS, Sabrina Ferreira. Cafeína no retardo da fadiga e melhora da performance. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. v. 5, n. 28, p. 285 – 297. Julho/Agosto. 2010.

Sobre Treino Mestre

Artigos assinados pelo Treino Mestre são escritos pela nossa equipe de profissionais de Educação Física, Nutricionistas, Fisioterapeutas, Atletas e demais colaboradores ligados a saúde e ao esporte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Send this to a friend