Página Inicial » Dietas e Nutrição » Troque o sal por ervas e deixe sua dieta mais saúdavel

Troque o sal por ervas e deixe sua dieta mais saúdavel

Nos dias atuais já reconhecemos um novo inimigo na alimentação e ele se chama sal. Seu uso excessivo na comida causa, entre outros problemas, a hipertensão. Por isso, trocar sal por ervas em todas as receitas onde isso for possível é a melhor escolha que temos. O sódio acrescentado a esse mineral, atualmente é encontrado em diversos outros alimentos consumidos no dia a dia, inclusive em doces.
Conheça todos os problemas que o sal em excesso por causar a saúde.

Além do mais, o sódio em excesso acaba contribuindo para a retenção de líquidos, por exemplo, já que esta é uma das principais causas do aumento da pressão arterial. Por isso separamos aqui as principais e melhores ervas para substituir o sal na maior parte das suas refeições. Se não for substituir totalmente, ao menos poderá diminuir em muito, pois nisso as ervas ajudam de verdade.

Ervas e temperos que substituem o sal

Açafrão

Além do seu excelente aroma e sabor, o açafrão deixa as receitas mais coloridas, concedendo um tom amarelado. Com propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, essa erva poderá ser usada praticamente em qualquer receita. A dica é inserir o açafrão quando o prato estiver quase pronto, já que, se colocado logo no início da preparação, poderá acabar sem o aroma e os gostos típicos.

Alecrim

O alecrim é outra erva capaz de dar aquele aroma apetitoso aos alimentos. Se faz interessante tê-lo na cozinha pois pode funcionar como substituto total do sal, ou na diminuição do mesmo, exatamente naquelas receitas onde se costuma usar muito sal.

Quando se prepara couve-flor, por exemplo, é bastante comum as pessoas passarem um pouco do ponto na adição de sal. Mas com o uso do alecrim é possível firmar melhor o gosto do tempero no alimento. Além disso, esta erva cai muito bem em receitas onde envolve carne vermelha ou branca, além do arroz, sopas e feijão.

Coentro

As folhas de coentro são bastante interessantes, sendo ótimo tempero para se usar em peixes, aves, frutos do mar e carne branca em geral. Além do mais, é usado também na fabricação de pães, substituindo o sal e dando um gosto singular. O coentro é rico em vitamina C e ferro. E por ter propriedades calmantes é excelente para se usar na janta.

Curry (Caril)

O curry na verdade não é uma erva apenas, e sim uma mistura de temperos onde encontramos açafrão, coentro, cardamomo, gengibre, caminho, canela, pimenta e casca de noz moscada como ingredientes básicos. Logo, se você não tiver muita paciência de ficar selecionando ervas a fim de temperar bem os alimentos, resultando assim ótimos substitutos do sal, o curry poderá ser sua salvação. Este tempero vai muito bem, inclusive naquelas receitas onde envolve carnes em geral.

Estragão

Conte com o estragão para diminuir a quantidade de sal ou trocá-lo totalmente nas receitas que envolverem carnes vermelhas, principalmente em assados. Isso porque o seu gosto é um pouco adocicado, porém levemente picante. O estragão também é encontrado em conservas de pepino. Logo, se você for preparar uma receita onde utilizará pepinos em conserva, poderá usar as suas próprias folhas na decoração ou até mesmo incluídas em algum prato para o acompanhamento.

Hortelã

O TEXTO CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

Além de ser uma planta rica em vitaminas A, B e C, a hortelã também é fonte de ferro, fósforo, cálcio e potássio. Popularmente a hortelã costuma ser usada de uma maneira razoavelmente restrita, como em sucos, chás e alguns remédios caseiros. Entretanto, quando adicionada como tempero em comidas, ajuda a diminuir drasticamente o uso do sal, pois tem gosto marcante e é um pouco ardida, sem contar o ótimo aroma que deixa. As melhores receitas para se usar hortelã são as saladas dos mais variados tipos.

Louro

Também chamado de loureiro, o louro é uma erva já bastante famosa no Brasil. É excelente para se usar em ensopados e feijão, por fortalecer o seu aroma em altas temperaturas. Além do mais, as folhas de louro aliviam os gases. Usá-las é muito fácil. Só precisa pegar de duas a três folhas inteiras e colocá-las mergulhadas na comida enquanto prepara. É claro que isso não quer dizer que a pessoa não possa invetar outras maneiras de inserir o louro nas receitas. Use e abuse da criatividade.

Orégano

É comum pensarmos logo em pizza quando se fala sobre orégano, no entanto as suas possibilidades de temperar diversas outras receitas, substituindo o sal, são bem amplas. Mas por se tratar de um tempero muito forte, deve ser usado em pitadas e de preferência junto com algum outro tempero. Alias, é exatamente por ser forte que o orégano poderá substituir totalmente o uso do sal em muitas receitas.

 

Manjericão

O manjericão é mesmo uma erva poderosa. Além de ser um ótimo tempero, possui capacidade de diminuir o estresse, cansaço, indigestão, dor de cabeça e ainda ajuda na concentração e memória. Na cozinha pode entrar em diversas receitas como saladas e molhos, acrescentando sabor e assim diminuindo boa parte da quantidade de sal nos alimentos. Só não deve ser aquecido porque perde o gosto e o aroma em altas temperaturas. O ideal é que se acrescente na comida somente na hora de servir.

Salsinha

A salsinha é um ótimo tempero, fácil de ser encontrado, barato e combina com uma infinidade de pratos distintos. Então, quem quer começar a diminuir ou cortar o sal da alimentação, pode passar a contar com o auxílio da salsa.
A salsinha desidratada é mais aconselhada para pratos cozidos ou assados, assim como pode ser facilmente misturada com outros temperos. Já as folhas frescas vão muito bem em saladas.

Sálvia

A sálvia é outra potente erva benéfica à saúde corporal e funciona até mesmo como um auxiliar para o controle glicêmico. Na comida se torna um ótimo complemento na diminuição do sal, ou até mesmo como total substituta dele. Esta erva possui aroma natural marcante que dá notoriedade e ajuda na percepção de sabor dos alimentos. O gosto é levemente apimentado. Muito usada nas cozinhas italiana e germânica, além de ir muito bem em vegetais e carne branca, pode ser usada em pratos mais fortes que geralmente possuem muito sal, como as linguiças.

Tomilho

O tomilho é realmente um condimento muito versátil, podendo ser incluído das mais diferentes formas e em diversos tipos de receitas. Isso sem contar que medicinalmente é tratado como forte antídoto contra infecções respiratórias, vermes e tem propriedades anti-sépticas. E nas receitas pode entrar em praticamente qualquer prato. Alguns exemplos são: peixe assado ou frito, churrasco, molhos, ensopados, frango assado, risoto, cremes, saladas de todo tipo, entre outras tantas.

Agora é só você escolher a erva certa para a sua receita e substituir o sal por um tempero que lhe concederá muitas vitaminas e ajudará a combater os radicais livres.

Sobre Bruno Vargas

Leia também

O que avaliar ao procurar um nutricionista esportivo?

O nutricionista esportivo é um profissional fundamental para que você tenha melhores resultados em seu …

Recuperação muscular, 10 dicas para otimizá-la e ter melhores resultados!

A recuperação muscular é fundamental para que a hipertrofia aconteça e você tenha os resultados …

  1. Áurea Cristina Colaco

    Posso fazer um mix de todas as ervas acima, associando-as por sua utilização? Qual a quantidade que posso utilizar de cada uma ou uso tipo “quanto baste”?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!