Página Inicial » Esteroides Anabolizantes » Treino natural X Treino com esteroides anabolizantes

Treino natural X Treino com esteroides anabolizantes

Veja o resultado de um estudo de Mackenzie que analisou grupos de homens que treinaram com e sem o uso de esteroides anabolizantes.

Se existe um assunto que é polêmico no mundo da musculação, este assunto diz respeito aos anabolizantes. Isso por causa das complicações que eles podem trazer para o corpo de quem os utiliza e principalmente pela grande exposição midiática, muitas vezes sem as informações corretas. É muito importante ressaltar que nem eu, nem o restante da equipe do Treino Mestre somos favoráveis ao uso de esteroides anabólicos, por isso este artigo tem o único intuito de informar.

Os esteroides são uma classe de hormônios esteroides que podem ser naturais ou sintéticos, que tem como objetivo promover o crescimento celular e a sua divisão, o que vai resultar no desenvolvimento de diversos tipos de tecidos, em especial o muscular e ósseo. São substâncias que geralmente são derivadas do hormônio sexual masculino, a testosterona, e podem ser administradas principalmente por via injetável ou oral. Ou seja, temos de tomar cuidado ao falar de anabolizantes de maneira discriminada. Como mencionamos neste artigo (Prós e contras da reposição de testosterona para homens) a reposição hormonal de testosterona para homens, também pode ser considerada como anabolizante. Por isso, o primeiro passo é perder um pouco dos preconceitos sobre este assunto que é muito amplo.

Treino com e sem esteroides anabolizantes

treino natural x esteroides anabolizantes resultadosVir aqui falar que uma pessoa que faz a administração de esteroides anabólicos tem seu treino e principalmente os resultados iguais aos de pessoas que não o fazem, seria tolice. É lógico que com a utilização de esteroides temos uma maior síntese proteica, uma maior capacidade de contração muscular e uma capacidade regenerativa superior. Porém, é bom ressaltar que tudo isto muitas vezes tem um preço, que na grande maioria das vezes pode ser bem alto.

Em um estudo de Mackenzie (2009), temos uma boa noção de como funciona a questão do uso de anabólicos. O pesquisador levou cerca de 40 homens, que tinham um peso em parâmetros normais, com idade que variava de 19 até 40 anos e que tinham experiências anteriores com o treinamento resistido. Estes voluntários foram divididos em 4 grupos:

Grupo 1: neste os voluntários não fizeram qualquer tipo de exercício, e não receberam nenhum tipo de esteroides ou drogas. Eram os indivíduos naturais não fazendo musculação, ou ainda conhecido como grupo controle.

Grupo 2: Estes não fizeram qualquer tipo de exercício, porém eles receberam injeções semanais de 600 mg de enantato de testosterona. Este era o grupo dos usuários de drogas que não fizeram o treinamento resistido.

Grupo 3: estes fizeram exercícios resistidos, mas não receberam qualquer forma de esteroides ou drogas. Eram o grupo de indivíduos naturais fazendo musculação.

Grupo 4: estes fizeram exercício, além de receberam injeções semanais de 600 mg de enantato de testosterona. Era o grupo de usuários de drogas que fizeram musculação.

O TEXTO CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

A questão da alimentação, que diz respeito a ingestão de calorias, ingestão de proteína, ingestão de nutrientes, foram padronizados de acordo com o peso corporal individual, sendo que todas foram registradas, verificadas e ajustadas, conforme a necessidade. Os dois grupos que estavam realizando o treinamento resistido, (grupos 3 e 4), seguiram os mesmos exercícios supervisionados, separados por semana.

Desta forma, com exceção do fato de que alguns grupos fizeram ou não o treinamento resistido, e alguns usaram ou não esteroides, todo o resto (dieta e treino) foi padronizado de maneira uniforme.

Resultados do estudo

De certa maneira, os resultados se apresentaram dentro do que já era esperado, sendo que o grupo 1, que não se exercitou e não usou anabolizantes, não apresentaram mudanças significativas em sua composição corporal. Já o grupo 4, que se exercitou e utilizaram anabolizantes, foram capazes de adquirir cerca de 3,1 quilos de músculos. Na verdade este foi um dos resultados que mais surpreenderam, pelo fato da falta de exercício. Já o grupo 3, que executaram exercícios físicos, mas sem esteroides, tiveram um aumento de cerca de 1,8 quilos de músculos. O grupo 4, que fez treino resistido e usou drogas anabólicas, foi capaz de construir cerca de 5,9 quilos de músculo.

É muito importante que algumas ressalvas sobre este estudo sejam feitas, já que os indivíduos eram jovens, com alta produção de testosterona e principalmente pelo fato de que não foi feito um acompanhamento dos efeitos colaterais a longo prazo. Por isso, este estudo é esclarecedor em alguns pontos, mas mostra falhas no longo prazo.

Que o treino natural obviamente é muito mais demorado e trabalhoso, não restam dúvidas. Afinal, você vai precisar de estímulos naturais para melhorar sua síntese proteica e para a produção de testosterona.

Do outro lado, as questões que envolvem os efeitos colaterais do uso de anabólicos, também foram estudadas e comprovadas. Como estes hormônios fazem com que se aumente a produção de células, o aparecimento de doenças como o câncer são bastante comuns em pessoas que fazem uso destas técnicas. Além disso, a diminuição da libido e casos de ginecomastia (crescimento das mamas em homens). Todos estes resultados foram encontrados em estudos de um grupo da Universidade UNIFESP.

O que fica claro é que o uso de esteroides traz sim resultado em curto prazo, porém são prejudiciais para a saúde no longo prazo. É lógico que faltam alguns estudos para se mensurar alguns efeitos, mas na dúvida, opte sempre pelo treinamento natural, pois os resultados são mais demorados, mas sem por em risco sua saúde. Bons treinos!

Leia também

Stanozolol (Winstrol): Para que serve, seu ciclo, efeitos colaterais e o antes de depois

Tire todas as dúvidas a respeito do esteroide Stanozolon (Winstrol), como funciona seus ciclos (Homens …

Qual o melhor produto para TPC (Terapia Pós Ciclo)? – Melhores marcas do mercado

Nessa lista atualizada agora em 2017, você irá encontrar os melhores produtos para TPC, segundo o …

  1. Gente eu gostaria de mais informações !! Pois estou pensando em usar anabolizantes so para ganhar um pouco de massa será que se eu usar um pouco vai fazer mal ! Ou isso de prejudicar a saude é so para quem usa freqüentemente

  2. Eu to querendo tomar oxandrolona pra perder a barriguinha, ja fiz dieta e vi que resolve, porem não consigo manter devido a faculdade e o trabalho. mais eu querria tomar somente uma cartelinha, que dizem ser o suficiente pra mim secar o que desejo e ainda vou ganhar massa magra. será que uma cartela só, comm o ciclo de 25 dias, traria esses problemas serios?

  3. Se eu tomar 2 MLs de dura faz mal?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!