Página Inicial » Emagrecimento » Treinamento funcional para o emagrecimento, será que funciona?

Treinamento funcional para o emagrecimento, será que funciona?

O treinamento funcional vem sendo amplamente utilizado como alternativa para outros métodos de treinamento tradicionais. Veja neste artigo, se para o emagrecimento, ele é de fato efetivo!

O treinamento funcional é uma modalidade de exercícios que vem conquistando cada vez mais adeptos e que tem um crescimento exponencial no Brasil. Isso se deve ao fato de ser uma modalidade bastante dinâmica, com imensas possibilidades de variações de exercícios e que pode ser aplicado de acordo com a individualidade de cada pessoa. Por ser uma modalidade com o foco na funcionalidade de cada um, neste tipo de treinamento temos grande ênfase nas questões relacionadas a coordenação motora e equilíbrio, bem como de aumento de força e resistência aeróbica e anaeróbica. Mas para o emagrecimento, o treinamento funcional é eficiente? É o que veremos!

treino funcional para emagrecer

Emagrecer com o treinamento funcional, é possível?

Antes de responder a pergunta acima, precisamos entender alguns conceitos. Para que o processo de emagrecimento aconteça, diversas situações precisam ser levadas em conta, sendo que os principais são estes:

– Intensidade do treinamento;

– Balanço calórico;

– Nível de aptidão física;

– Dieta

– Genética;

– Fatores sócio-ambientais;

Desta maneira, dizer que isso ou aquilo é eficiente para todos, é deixar de levar em conta todos estes itens citados. Mas focando no treinamento funcional, aplicado da maneira correta e com as devidas progressões de intensidade e dificuldade nos exercícios, podemos considerar sim, que ele é bastante eficiente para o emagrecimento.

Sabe por quê? Primeiramente por que ele tem uma grande alternância entre os exercícios aeróbicos e os de força e intervalados. Com isso, seu corpo recebe uma sobrecarga de trabalho considerável, que vai resultar em um aumento do metabolismo basal e no aumento da massa muscular.

Em um estudo de Caires e colaboradores (2014), onde o objetivo foi estudar especificamente a questão da diminuição da gordura corporal através do treinamento funcional, foram avaliados os resultados desta modalidade concorrente (treinamento funcional + aeróbios). O estudo mostrou uma diminuição da gordura corporal em cerca de 4,97%, diminuição da gordura intra-abdominal em 19,90% e aumento da massa muscular em 4,18%. A população do estudo era composta por jovens obesos.

É lógico que para isso, será preciso um trabalho dentro desta especificidade, pois apesar do treinamento funcional utilizar diversos recursos, seu planejamento precisa ser focado em objetivos e metas a serem atingidas.

Para te ajudar, vou mostrar algumas coisas que devem ser feitas no treinamento funcional para que ele seja eficiente para o emagrecimento.

Leia também:
+ Como emagrecer fazendo musculação
+ Cardápios e receitas light para quem quer emagrecer

Treinamento funcional, como ele deve ser para o emagrecimento

Para que o treinamento funcional seja eficiente para o emagrecimento, ele precisa elencar algumas circunstâncias dentro desta especificidade. Veja algumas situações:

– Alternância de estímulos: já é natural do treinamento funcional alternar os diversos tipos de estímulos, mas quando o objetivo é o emagrecimento, precisamos que isso seja focado neste objetivo. Desta forma, dentro das individualidades de cada um, a alternância entre os exercícios resistidos e os aeróbicos, bem como a utilização de exercícios intervalados, é fator fundamental para o emagrecimento.

– Execução correta dos exercícios: muita gente acha que somente quem busca a hipertrofia e faz musculação é que precisa se preocupar com a correta execução dos exercícios. Mas no treinamento funcional, isso é de vital importância também. Desta maneira, principalmente os exercícios resistidos, precisam ser feitos com total cuidado na execução, pois isso vai gerar uma maior sobrecarga nos músculos e será mais eficiente para o emagrecimento.

– Aeróbicos de alta intensidade: dentro da individualidade de cada pessoa, os momentos do treinamento funcional em que serão feitos os exercícios aeróbicos, precisam ter uma intensidade mais elevada, para que o metabolismo fique acelerado por mais tempo e com isso, auxilie no processo de queima de gordura. É lógico que um iniciante precisa antes disso, construir uma base, mas depois disso, a intensidade precisa ser mais elevada.

Com estes itens e com um controle alimentar, é muito provável que você consiga de fato emagrecer. Mas lembre-se que o treinamento funcional tem que ser orientado por um profissional de educação física habilitado! Bons treinos!

Sobre Sandro Lenzi

Educador físico apaixonado pelo desenvolvimento humano. Atuo como produtor de conteúdo, personal trainer e com consultoria online.
CREF: 22643-G/SC

Leia também

Morosil emagrece? Veja sua composição, relatos e onde comprar

Veja uma resenha completa sobre o emagrecedor Morosil. Como ele atua no corpo, como tomar …

Termogênicos – O que são, Para que serve, se faz mal e como tomar

Saiba como funciona a ação dos termogênicos no organismo. Quais seus benefícios e efeitos colaterais. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!