Pesquisar
Tamoxifeno

Tamoxifeno: Para que serve, se engorda e efeitos colaterais

O Citrato de Tamoxifeno é indicado no tratamento e prevenção do câncer de mama. Secundariamente, para homens que utilizam esteroides, esse medicamento é usado na prevenção de ginecomastia. Saiba mais!


PUBLICIDADE

O seu uso pode curar o câncer de mama e prevenir que mulheres que já tenham sofrido com essa doença voltem a desenvolver esse problema. O medicamento também é utilizado para prevenir a ginecomastia. Ele não cura, mas ajuda a prevenir.

O medicamento funciona como um receptor de estrógeno, sendo que em alguns órgãos ele funciona como um antagonista e em outros como agonista, como, por exemplo, nas mamas e no endométrio, respectivamente.

Ele pode ser utilizado tanto no tratamento do câncer de mama quanto no tratamento de tumores menos graves. Ele é aprovado no Brasil pela ANVISA e em outros países por seus respectivos órgãos de saúde.

Tamoxifeno é utilizado por quem usa esteroides

A ginecomastia é um problema bastante comum entre homens que utilizam esteroides.

Ela se trata do aumento exagerado das mamas. O uso do Tamoxifeno ajuda a controlar esse problema.

Seu uso está mais associado à prevenção do que a cura em si para o problema.

O esteróide é capaz de converter a testosterona em estrogênio, e a isso se dá o nome de aromatização.

Quimicamente, o medicamento não bloqueia nenhuma via de formação da ginecomastia e nem faz com que não haja a aromatização. O Tamoxifeno simplesmente se liga aos receptores da mama onde o estrogênio é acoplado, e isso faz com que não haja essa ligação entre hormônios femininos e as mamas.

O Tamoxifeno pode engordar?

O uso do medicamento não é recomendado para quem quer emagrecer, já que o remédio ajuda a pessoa a ganhar peso.

Isso ocorre principalmente porque ele aumenta a retenção de líquido no corpo, causando uma espécie de inchaço.

Muitas pessoas acreditam que o uso do remédio pode fazer com que elas ganhem peso, mas não é desse modo que o remédio age.

Além disso, é possível encontrar na posologia do Tamoxifeno algumas especificações sobre o inchaço no corpo. O inchaço não ocorre necessariamente na região abdominal. Ele pode acontecer em outras regiões do corpo, como nos tornozelos, por exemplo.

E a incidência de pessoas que aumentam de peso não é baixa. A cada 100, 10 pessoas sofrem com esse inchaço.

O remédio pode causar um aumento do peso, mas não necessariamente há uma retenção maior de líquido. Portanto, durante o uso, você pode ganhar mais peso, mas não necessariamente oriundo do consumo do remédio. Por isso é recomendado que você consulte um médico para se certificar disso.

O TEXTO CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

Leia também: => Silimarina – Para que serve, como tomar, efeitos, contraindicações e preço

Posologia do Tamoxifeno

Tamoxifeno bula 10mg

A quantidade ideal de Tamoxifeno fica entre 10 e 40mg por dia. Geralmente ele é consumido a uma quantidade de 20mg por dia, mas isso pode variar de acordo com as necessidades de cada um. Não faça uso de automedicação, procure sempre um médico antes de começar a usar qualquer remédio.

A embalagem contém 30 cápsulas e o remédio deve ser ministrado durante um mês. É muito comum que pessoas que praticam exercícios e usam esteroides comecem a tomar o Tamoxifeno após um ciclo de uso de esteroides como forma de prevenir a formação da ginecomastia.

Os comprimidos de 10mg possuem 15,2mg de citrato de Tamoxifeno, enquanto que os comprimidos de 20mg possuem 30mg de citrato de Tamoxifeno.

Alguns estudos sobre o Tamoxifeno

Alguns estudos sobre o medicamento sugeriram que o seu uso estava associado a alterações do endométrio, indicando um aumento na formação de câncer e pólipos, bem como hiperplasia.

Mesmo pacientes que já utilizaram o Tamoxifeno anteriormente e não apresentaram qualquer problema podem passar a desenvolver com o tempo alguns efeitos colaterais muito graves. Um deles, no caso das mulheres, é o sangramento vaginal.

Os estudos sugeriram que esse efeito bem como as mudanças no endométrio estejam associados ao estrogênio do citrato de Tamoxifeno e como ele trabalha no organismo.

Alguns estudos também apontaram o Tamoxifeno como um tipo de abortivo, apesar de a amostragem ser pequena. Um grupo de mulheres sofreu aborto espontâneo, ou mesmo tiveram filhos com algumas deficiências devido ao tratamento com o medicamento.

Não houve, porém, qualquer ligação com o remédio. Ele não é cientificamente comprovado como um abortivo ou como uma ameaça às gestantes, embora seu uso não seja recomendado para mulheres nessas condições.

Como não se sabe se o remédio pode ser eliminado junto do leite durante a amamentação, não é recomendado que lactantes utilizem o medicamento. Dependendo da gravidade da doença, é preciso conversar com um médico para saber se a amamentação deve ser interrompida ou se o uso do medicamento deve ser suspenso.

Outro estudo apontou que um grupo de pacientes sofreu com a hipercalemia (condição em que há aumento excessivo de potássio no sangue, que pode causar diversos efeitos colaterais, como desmaios e falta de ar).

Assim como a formação de hipercalemia, outro estudo apontou que pode ocorrer certa diminuição das plaquetas sanguíneas, o que pode ocasionar dificuldade para o corpo estancar um sangramento.

De forma antagônica, o medicamento é usado na prevenção e tratamento do câncer de mama, mas ao mesmo tempo aumentar o risco de formação de um câncer no endométrio. Isso foi constatado em 2009 pela AHRQ, Agency for Healthcare Research and Quality, nos Estados Unidos. Estudos sugeriram que o uso do remédio também está associado ao tromboembolismo venoso, podendo ocorrer até embolia pulmonar.

Leia também: => TPC – Guia completo sobre a Terapia Pós-ciclo

Efeitos colaterais

De acordo com a ANVISA, o Tamoxifeno pode causar diversos efeitos colaterais separados de acordo com a porcentagem de incidência em pacientes. Alguns efeitos são muito comuns, e outros extremamente raros. Listaremos abaixo alguns dos principais efeitos colaterais do medicamento:

Mais de 10% dos pacientes que usam o medicamento sofrem com:

  • Enjôos;
  • Fraqueza;
  • Fadiga;
  • Sangramento vaginal;
  • Alterações na temperatura corporal;
  • Até 10% dos pacientes que usam o medicamento sofrem com:
  • Dores no corpo;
  • Anemia;
  • Catarata;
  • Enxaquecas;
  • Problemas intestinais;
  • Diarréia;
  • Derrame;
  • Alergias;
  • Alteração dos triglicerídeos;
  • Formigamento de membros superiores e inferiores;
  • Fraqueza capilar;
  • Até 1% dos pacientes que usam o medicamento sofrem com:
  • Redução do número de plaquetas sanguíneas, o que leva a maior dificuldade para parar um sangramento;
  • Diminuição da imunidade, já que o número de glóbulos brancos também é reduzido;
  • Doenças relacionadas ao pâncreas;
  • Hipercalemia, que causa efeitos como falta de ar e desmaios;
  • Formação de câncer no endométrio;
  • Cirrose;
  • E em casos graves, 0,01% até 1% dos pacientes sofrem com:
  • Diminuição de glóbulos brancos de diferentes tipos;
  • Problemas de visão devido a alterações da córnea;
  • Doenças que atacam o sistema nervoso;
  • Câncer no útero;
  • Hepatite;
  • Formação de tumores;
  • Falência renal;
  • Leva alguns órgãos à morte, como o fígado, além de causar a cirrose;
  • Inchaço do cérebro;
  • Alterações drásticas e irreversíveis da pele;
  • Leva a um processo inflamatório de vasos sanguíneos.

E em casos extremamente raros, o paciente pode desenvolver Porfiria, que são distúrbios que podem alterar a produção de hemácias e causar problemas neurológicos. O problema também pode se manifestar na pele.

Quando os efeitos colaterais começam a surgir, eles podem ser paralisados simplesmente interrompendo o uso do medicamento (no caso de efeitos menos graves). Caso os efeitos persistam, é necessário suspender imediatamente o uso do Tamoxifeno por tempo indeterminado e procurar a orientação de um profissional da saúde.

Leia também: => Qual o melhor produto para TPC (Terapia Pós Ciclo)? – Melhores marcas do mercado

Contraindicações

O Tamoxifeno é contra indicado para crianças, idosos, lactantes, gestantes, portadores de enfermidades e alérgicos.

É importante conferir com um médico a composição do medicamento para saber se o seu organismo não irá criar qualquer resistência a alguma substância, como o desenvolvimento de um processo alérgico.

Mulheres que estejam perto de entrar na menopausa ou que façam uso de anticoncepcionais devem ter um cuidado redobrado na hora de usar o Tamoxifeno e só devem fazer através de recomendação médica.

O Tamoxifeno pode interagir com outros medicamentos, cortando seu efeito ou causando efeitos adversos. Se você já faz uso de algum remédio, procure saber com um médico se você pode fazer uso do Tamoxifeno sem colocar seu organismo em risco.

E caso você faça uso do remédio e comece a sentir cansaço ou sono, interrompa a atividade, principalmente as que possam colocar você em risco, como dirigir um automóvel, por exemplo.

Uma vez que você iniciar o tratamento, é importante seguir até o final, a não ser que você comece a desenvolver efeitos colaterais mais graves. Caso contrário, interromper o processo sem motivos pode causar efeitos adversos.

Tamoxifeno: Para que serve, se engorda e efeitos colaterais
4 (80%) 5 votes

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever-se  
Notificação de