Página Inicial » Saúde » Salsa (salsinha) – Os seus principais benefícios, se ela ajuda emagrecer e propriedades

Salsa (salsinha) – Os seus principais benefícios, se ela ajuda emagrecer e propriedades

A salsa é um excelente diurético natural que pode auxiliar no emagrecimento. Possui ação antioxidante e anti-inflamatória. Veja agora todos os seus benefícios para saúde e forma de preparo.

salsa (salsinha)

A salsa, também conhecida como salsinha, é usada tanto como alimento como erva medicinal, podendo ser usada para diferentes tratamentos que abordaremos mais para frente.

Além de temperar os alimentos, a salsa é rica em substâncias naturais como antioxidantes (que reduzem o envelhecimento celular precoce) e diferentes vitaminas como a C e A.

Origem da salsa

A salsa é cultivada há pelo menos três séculos, tendo sua origem no Mediterrâneo. Ela começou a ser cultivada e consumida primeiramente na Itália e na Tunísia, sendo posteriormente comercializada em todos os países da Europa, e algumas décadas depois em todo o mundo.

Hoje, a salsa é uma das ervas mais consumidas em todos os países. É usada desde pratos sofisticados até receitas médicas ou farmácias de manipulação. Além disso, possui uma grande importância ambiental para outras espécies de animais.

Leia também => Salsão: Todos os seus benefícios e melhor forma de consumir

Para que serve a salsinha?

A salsa serve para temperar alimentos e para curar/tratar algumas doenças. Serve também para ajudar a emagrecer. Outro destaque da salsa é seu uso como diurético natural.

O chá de salsa ajuda o organismo a liberar os líquidos retidos, diminuindo o inchaço que causa sensação de gordura em excesso no corpo. A salsa também serve para controlar de forma natural a quantidade de glicose no sangue, sendo uma alternativa natural de consumo para diabéticos.

Benefícios da salsa

O TEXTO CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

Dentre os vários benefícios da salsa, podemos citar:

  • Propriedade antioxidante e anti-inflamatória;
  • Propriedade diurética;
  • Reguladora de glicose no sangue;
  • Ajuda a diminuir quadros de anemia (o ideal é que seja consumida junto a alimentos ricos em ferro);
  • Ajuda a diminuir a quantidade de formação de cálculos renais;
  • Melhora o sistema respiratório, causando sensação de alívio maior em pessoas asmáticas;
  • Ajuda a manter órgãos como os rins e fígados saudáveis, além de evitar a formação de doenças em ambos os órgãos;
  • Ajuda até a diminuir a formação de artrite;
  • Pode funcionar bem também como um repelente de mosquitos natural, assim como a aloe vera.

Leia também => Coentro – Conheça todos os seus benefícios, propriedades e como usar

Salsa ajuda a emagrecer?

Sim, a salsa ajuda a emagrecer porque funciona como um bom diurético natural. O chá de salsa pode fazer o líquido em excesso ser expelido com consequente emagrecimento.

É difícil dizer com precisão quantos quilos uma pessoa pode emagrecer por mês, pois isso vai depender da quantidade de chá que ela está consumindo, do metabolismo, da dieta, enfim, de vários fatores já conhecidos. No entanto, é possível, de modo geral, que uma pessoa emagreça até cinco quilos em apenas um mês tomando o chá de salsa.

Propriedades da salsa

Dentre algumas propriedades naturais da salsa, podemos citar seu poder rejuvenescedor, que fortalece as unhas, cabelo e dentes, além de limpar a pele de gorduras, acne e outras impurezas.

Ela também pode ser utilizada como chá para diminuir a febre e melhorar o funcionamento do sistema imunológico. Além disso, possui uma grande quantidade de vitamina C. Isso é excelente para a produção de L-Carnitina, que ajuda a emagrecer, além de prevenir a formação de outras doenças e fortalecer o coração.

Formas de preparo

A salsa pode ser usada como tempero em pratos como massas, arroz, outros tipos de grãos e pães. Depois de lavada, basta picar as folhas e misturar à receita.

Já para bebidas, como o chá de salsa, ela deve ser lavada e colocada em água fervente por não mais que 10 minutos. Se ela ferver por mais tempo, pode perder todas as suas propriedades naturais.

Depois de ferver, deixe a água esfriar por 10 ou 15 minutos e então coe tudo. Evite adoçar o chá para aproveitar ao máximo suas propriedades naturais. Sem contar que não é o tipo de chá que agrada muito ao paladar quando adoçado.

Contraindicações da salsa

Apesar de natural e de ajudar a prevenir doenças hepáticas, a salsa deve ser evitada por quem já possui alguma doença nos rins. Ela também deve ser evitada por pessoas que apresentam algum quadro de hemorragia, já que ela estimula um fluxo mais intenso de sangue no organismo.

Ela também deve ser evitada por gestantes e lactantes. Como a salsa pode diminuir a quantidade de glicose no sangue, fique atento caso esteja planejando fazer algum exame de sangue. Evite consumir a erva nos alimentos ou seu chá com pelo menos quinze dias de antecedência aos exames para não causar nenhum desequilíbrio.

Se a salsa for consumida em grandes quantidades, a pressão também pode diminuir. Portanto, siga as recomendações de doses diárias recomendadas da erva para não causar nenhum problema de saúde.

Leia também => Manjericão – Para que serve, seus benefícios, propriedades e como usar

Caso você faça uso crônico de algum medicamento, é importante também conversar com o seu médico para saber se a erva não irá interferir nos medicamentos, pois a salsa pode inibir a função de algumas drogas que servem de base para a produção de remédios, como a aspirina, por exemplo.

Leia também

Triptofano: Saiba para que serve, seus benefícios e efeitos colaterais

Além de melhorar a qualidade do sono o triptofano ajuda a reduzir o estresse e …

Leite de Magnésia faz bem para pele? ajuda emagrecer? Veja todos os seus benefícios!

O leite de magnésia ou hidróxido de magnésio é indicado principalmente para tratar da prisão …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!