Página Inicial » Saúde » Resveratrol: Para que serve, benefícios e dosagem

Resveratrol: Para que serve, benefícios e dosagem

Um polifenol do tipo antioxidante, o Resveratrol é encontrado em grande quantidade no vinho e promete aumentar a longevidade, prevenindo o câncer, AVC e colesterol.

resveratrol para que serve  benefícios e dosagem

Todos nós sabemos o quento é importante manter uma alimentação equilibrada. Nós somos o que comemos. Uma substância muito importante e que deve fazer parte das nossas refeições são os antioxidantes. Elas conseguem combater a ação danosa dos radicais livres que consumimos numa alimentação ruim. Os antioxidantes retardam o envelhecimento celular e ainda ajudam na prevenção de diversas doenças, inclusive o câncer. O resveratrol é um polifenol do tipo antioxidante.

Descoberta

Os grandes responsáveis por descobrir essa molécula foram os professores André Souto e Gilson da Cunha da PUC do Rio Grande do Sul. Eles pesquisam a substância desde 1999 e vários testes sobre os benefícios do resveratrol estão sendo realizados em grandes universidades como Havard. Entre os benefícios, além da ação antioxidante, estão a ação anti-inflamatória, cardioprotetora, antiviral e na prevenção do câncer.

Os benefícios dessa molécula vão além: os benefícios oferecidos prometem aumentar a longevidade tanto quanto ou até mais que os exercícios físicos e a restrição alimentar. Ela é encontrada em grande quantidade nas uvas, tanto na semente quanto na casca da fruta. Quanto mais escura for a cor do vinho ou do suco de uva, mais resveratrol a bebida tem.

Os benefícios do resveratrol

A substância ainda está em pesquisa e são necessários mais testes para saber quais são, de fato, os seus reais benefícios. Porém, é possível citar alguns que já estão comprovados pela ciência:

  • reduz a produção de LDL (o colesterol ruim ou de baixa densidade) pelo fígado. Um LDL em alta quantidade na corrente sanguínea leva à formação de placas de ateroma causando a elevação da pressão arterial e podendo desencadear obstrução dos vasos sanguíneos;
  • aumenta a produção de HDL (o bom colesterol ou de alta densidade) pelo fígado;
  • o resveratrol também consegue impedir que ocorra a oxidação do LDL, impedindo que essa substância seja absorvida pelo nosso organismo. Acredita-se que isso leve a uma redução das chances do indivíduo em desenvolver doenças cardiovasculares como o infarto do miocárdio ou até mesmo o AVC;
  • atua na prevenção do câncer. Foi identificado que o resveratrol consegue inibir uma proteína que está diretamente ligada à proliferação de células tumorais: a NF Kappa B;
  • também consegue inibir a produção da proteína beta amiloide que está ligada ao desenvolvimento do Alzheimer.

resveratrol

Pesquisas e estudos relacionados ao resveratrol

No mundo inteiro o resveratrol vem se tornando a fonte da juventude tão procurada por muitos. É uma chance de envelhecer livre dos males da idade como doenças crônicas, entre vários outros inconvenientes. Uma pesquisa realizada pela nutricionista Simone Dal Bosco, na cidade de Porto Alegre, teve como ponto principal a investigação da variação dos níveis de pressão arterial sistêmicas em pacientes idosos.

O TEXTO CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

Para tanto, participaram da pesquisa 32 indivíduos que consumiram 200 ml de suco de uva pela manhã e mais 200 ml à noite pelo período de 2 meses. A média da pressão arterial desse grupo de idosos, antes da pesquisa, era de 13 por 8,5. Após a ingestão do suco, a média da pressão passou a ser de 12,2 por 7,8. No suco utilizado na pesquisa havia apenas 0,5 mg de resveratrol para cada litro do líquido. Um ponto negativo encontrado foi o aumento de peso. A média era de 64,25 kg e, após a pesquisa, passou a ser de 65,52 kg. Assim sendo, o indicado é tomar o suco diet, ou seja, sem açúcar ou o integral.

Leia também: A importância dos antioxidantes, inclusive na musculação

Como consumir o resveratrol

Ainda não se sabe ao certo qual a quantidade ideal de resveratrol deve ser consumida por dia para garantir os seus efeitos benéficos. Os pesquisadores norte-americanos indicam que, uma dose entre 50 a 10 mg por dia de resveratrol seria segura. Quanto aos suplementos alimentares ainda são necessárias mais pesquisas sobre o assunto. Os profissionais de saúde, como os cardiologias, ainda se sentem inseguros em prescrever suplementação de resveratrol para os seus pacientes.

O resveratrol ajuda na musculação?

A resposta é sim, mas não é de forma significativa. O resveratrol consegue aumentar os níveis de testosterona, tanto em homens quanto em mulheres. Dessa forma, há um aumento na produção de tecido muscular, mas é preciso ter atenção a isso já que outros diversos fatores, mais importantes, interferem diretamente na hipertrofia muscular.

Concluindo

Apesar de todo esse alvoroço em volta do resveratrol ele não faz milagre. Ingerir doses e mais doses de suco de uva ou vinho tinto por dia não vai trazer muitos efeitos se você continuar colocando comida ruim para dentro do seu corpo como os alimentos em conserva, embutidos, carboidratos em excesso, comida congelada, entre tantos outros. A longevidade deve vir com qualidade de vida em todos os aspectos e a prática de exercícios físicos também faz parte desse pacote.

Sobre Calila Galvao

Leia também

Triptofano: Saiba para que serve, seus benefícios e efeitos colaterais

Além de melhorar a qualidade do sono o triptofano ajuda a reduzir o estresse e …

Leite de Magnésia faz bem para pele? ajuda emagrecer? Veja todos os seus benefícios!

O leite de magnésia ou hidróxido de magnésio é indicado principalmente para tratar da prisão …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!