fbpx
Página Inicial » Estética » Pycnogenol – O que é, para que serve e benefícios

Pycnogenol – O que é, para que serve e benefícios

Além de proporcionar benefícios estéticos para cabelo e pele, o Pycnogenol ainda pode dar aquela mãozinha na hora emagrecer. Veja o porquê!

Pycnogenol benefícios emagrece efeitos colaterais

Quem está atento às novidades do mundo dos cosméticos e da beleza em geral, já deve ter ouvido falar da nova sensação entre os dermatologistas e médicos: o Pycnogenol.

Diferente de tudo que há no mercado para combater o envelhecimento precoce, essa substância tem feito sucesso por onde passa e hoje iremos explicar tudo sobre ela.

Você entenderá do que se trata, se o seu uso constante é realmente seguro e qual a quantidade ideal para consumir por dia. Confira o que separamos logo abaixo!

Pycnogenol – O que é?

Pycnogenol é uma substância encontrada na casca de uma planta chamada “pinheiro marítimo”. Como podemos imaginar, ele foi descoberto através de pesquisas relacionadas às viagens mar afora, mais especificamente pelo explorador Jacques Cartier.

Há alguns registros históricos de que, durante esses períodos de exploração marítima, os navegantes utilizam o Pycnogenol para manter a saúde em dia e combater os efeitos dos dias longe da terra firme.

Seus efeitos antioxidantes hoje são comparados aos da vitamina E e da vitamina C e podem ser inclusive bem maiores do que nelas.

Para se ter uma ideia do seu poder, o Pycnogenol foi utilizado por anos como um tratamento alternativo à insuficiência cardíaca.

E hoje a substância foi redescoberta e seus efeitos para a beleza vem chamando atenção por onde passa – tanto como cosmético, como até mesmo para ajudar no emagrecimento.

pinheiro marítimo
Pinheiro marítimo da onde é extraído o Pycnogenol

Consumo do Pycnogenol 

O Pycnogenol é encontrado quase que 100% em cápsulas manipuladas, que são vendidas pela internet ou mesmo em algumas farmácias.

O ideal é sempre ler a composição dessas cápsulas e garantir que se trata mesmo da substância, já que há outras derivadas de plantas diferentes que são vendidas com nomes similares. É importante saber diferenciar para ter os efeitos esperados.

Efeitos colaterais

Não há relatos de efeitos colaterais no uso do Pycnogenol e a quantidade recomendada por dia é de duas a quatro cápsulas, dependendo muito da indicação do fabricante ou até mesmo da recomendação médica.

Em geral, não há nenhum risco em consumir a substância, que é natural e bastante segura. Mas, se houver algum desconforto, procure um médico para descobrir se há ou não relação com o suplemento.

Benefícios do Pycnogenol

Vamos entender um pouco melhor como o Pycnogenol pode ajudar no quesito beleza e até mesmo na saúde de quem o consome. Os benefícios esperados são:

1- Pele muito mais jovem e saudável

O principal uso do Pycnogenol hoje em dia está relacionado com a saúde da pele e é por isso que muitos dermatologistas têm recomendado a substância para combater o envelhecimento precoce e até mesmo a formação de rugas.

O Pycnogenol tem uma ação antioxidante incrível, capaz de diminuir marcas de expressão, proteger contra os efeitos dos raios UV e ainda diminuir possíveis manchas de sol e afins.

Ainda em relação aos benefícios para pele, há inúmeros estudos que relacionam o Pycnogenol com o aumento da elasticidade da pele e hidratação em geral, devido à sua função antioxidante.

Leia também:

10 alimentos que fazem bem para os cabelos

2- Emagrecimento

Muitas pessoas se perguntam se o Pycnogenol emagrece. Na realidade, isso irá depender de uma série de fatores, inclusive a alimentação geral da pessoa que pretende perder peso. Porém, é um fato comprovado que a substância melhora a circulação sanguínea e ajuda na distribuição de oxigênio nas células.

Para quem pretende iniciar uma atividade física mais intensa, esse benefício é incrível e pode mudar completamente o resultado dela. O mesmo vale para quem pratica musculação e pretende otimizar os treinos. Por isso, é possível afirmar que o Pycnogenol pode sim emagrecer.

Além disso, a substância pode aumentar consideravelmente o metabolismo e a energia como um todo, fazendo com que o corpo perca mais gordura e os treinos sejam mais intensos. Porém, esse efeito em si não foi comprovado cientificamente e apenas relatos mais pontuais mostraram esse resultado.

3- Cabelos e unhas mais fortes

Algumas pessoas relacionaram o uso do Pycnogenol com cabelos mais saudáveis e sedosos, especialmente devido ao efeito antioxidante da substância. Porém, esse efeito ainda não é tão comprovado quanto os resultados que vem sendo observados na pele e na saúde em geral.

Leia também:

Alimentos que fazem bem para as unhas

4- Mais saúde no geral

A substância também é conhecida por estimular o corpo a se imunizar melhor, ou seja, a proteção é redobrada com a sua ajuda. Gripes, resfriados e ataques de bactérias podem ser minimizados com a ajuda do Pycnogenol. Ele também diminui as inflamações gerais causadas por exercícios e diminuem as dores nos treinos e nos músculos.

E, como falamos mais acima, a substância foi utilizada por muitos anos como forma de prevenir doenças cardíacas. Isso porque ela tem um efeito vasodilatador e ajuda na otimização da circulação sanguínea.

Com isso, podemos balancear o colesterol, fazendo com que o “bom colesterol” aumente e o “mal colesterol” diminua, o que reflete diretamente na saúde do coração.

Por fim, ele também tem sido associado com um equilíbrio da insulina no corpo, se tornando um ótimo aliado de quem sofre com diabetes e doenças relacionadas. Porém, converse com o seu médico antes de utilizar suplementos nesse sentido.

Cuidados gerais com o Pycnogenol

Embora seja um produto natural, a recomendação geral é que haja uma consulta médica, especialmente se o uso for focado em melhora de doenças, como diabetes ou colesterol elevado. Nesse caso, o conselho é jamais abandonar os tratamentos convencionais e utilizar as cápsulas como um complemento, autorizado pelo médico.

Já se o intuito for o uso como cosmético ou mesmo para os treinos e emagrecimento, não há contraindicações relatadas pela ciência, como falamos logo acima. Porém, o indicado é fazer o uso por 6 meses e realizar pausas de um mês para verificar as mudanças.

Em geral, as cápsulas são ministradas em quantidades já especificadas pelo fabricante. Normalmente, são duas ao dia ou no máximo quatro em casos onde os ml são menores em cada uma delas.

Caso sinta algum desconforto ou tenha alergia à substância, o recomendado é suspender o uso. Porém, até hoje não houve nenhum relato deste tipo de problema.

Pycnogenol – O que é, para que serve e benefícios
Avalie este artigo

Sobre Treino Mestre

Artigos assinados pelo Treino Mestre são escritos pela nossa equipe de profissionais de Educação Física, Nutricionistas, Fisioterapeutas, Atletas e demais colaboradores ligados a saúde e ao esporte.

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever-se  
Notificação de