Pesquisar

Páprica – Os 6 principais benefícios para saúde e como usar

A páprica é uma especiaria muito usada em nossa culinária como condimento. Aqui no Brasil é confundida com o colorau e nesse artigo explicamos também quais as diferenças.


PUBLICIDADE

Usado desde muito antes do descobrimento do Brasil, como tempero, a páprica tem propriedades que podem melhorar muito sua saúde.

Não só no combate de inflamações em geral, esse pó apimentando pode fazer muito mais por você!

O tempero, feito a base de pimentões e pimentas, é muitas vezes comparado com um pimentão em pó.

Nesse presente artigo falaremos sobre as características principais da páprica e suas maiores funções no corpo. Confira!

Páprica

A origem do tempero

O nome desse tempero foi dado devido à palavra húngara para pimenta. Em algumas línguas europeias, como o alemão, o fruto e o pó derivado são chamados de páprica.

A Hungria é o maior produtor do pó de fruto apimentado do mundo, mas hoje em dia muitos usam o tempero em casa. E você pode fazer isso também!

O sabor desse tempero vem devido aos óleos essências em seu composto.

Esses óleos são provenientes de hidrocarbonetos, ácidos gordos e ésteres.

Também há na composição a vitamina C, muito importante para a saúde do corpo humano.

Como usar a páprica

Para usar esse tempero não é muito difícil. Basta comprar em algum mercado o produto e adicioná-lo em suas refeições como tempero. Não use excessivamente, pois a mesma tem um sabor bastante apimentado.

Por ser um pó carregado de nutrientes essenciais, muitos pensam em usa-la muitas vezes. Só que não é assim que as coisas devem acontecer; mesmo sendo um composto muito benéfico, deve ser usado com cuidado.

Existem diversos tipos do tempero, então é necessário entender o melhor para o que deseja.

O TEXTO CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

Os tipos de páprica existentes são muitos, mas no Brasil há apenas dois. A primeira é a apimentada, a mais comum.

Usada em carnes, batatas, ovos e muitos outros pratos que requerem um gosto forte.

Leia também => Cominho – Seus benefícios, se emagrece e como usar

Páprica doce

Existe também a páprica doce, um tempero mais leve, mas também proveniente de pimentões e pimentas.

Esse deve ser usado em pratos como peixes, sopas e canapés.

Uma dica importante quando se for comprar esse produto em algum empório, é procurar o tempero com grãos mais finos.

Esses mesmos têm mais qualidade e dão maior sabor à comida.

Quando se é iniciante na cozinha e não sabe por onde começar, é importante adicionar o tempero aos pouquinhos.

Comece adicionando o tempero ao arroz, por exemplo. Pratos com queijos e páprica também são uma ótima pedida.

Páprica é o mesmo que colorau?

Em Portugal a páprica e o colorau são as mesmas coisas, mas no Brasil não.

Aqui o colorau que também é conhecido comercialmente como colorífico, é bem diferente da páprica, por começar que o colorau não é um tempero para nós.

Proveniente da semente de urucum, ele pouco ou quase nada interfere no sabor da comida, é mais um colorante, ou seja, apenas da cor a comida. Nesse artigo aqui falamos muito mais sobre o colorau.

Benefícios da páprica

Existe uma longa lista de benefícios que esse tempero traz ao corpo humano. Muito mais que encantar o paladar, o pó de pimentão também pode manter uma consulta médica bem distante!

1° Uma ótima fonte de antioxidantes

Um dos maiores trunfos da páprica é sua grande quantidade de antioxidantes. Esses por exemplo fazem com que o tempero seja ótimo para o combate ao estresse oxidativo.

O tempero possui carotenoides. Estes mesmos são pigmentos encontrados em plantas que servem como antioxidantes naturais, por isso são muito cobiçados.

O estresse oxidativo, causado pelo grande número de radicais livres presentes no corpo, é um dos maiores problemas que encontramos. Por sorte, ele pode ser combatido facilmente pelo poder do tempero.

Os carotenoides presentes na páprica são: betacaroteno, beta-criptoxantina e luteína. Esses mesmos são muito importantes por diversos motivos.

Entre eles, está: o poder de prevenção de doenças cardíacas e cânceres. Já a beta-criptoxantina é importante para diminuir inflamações em geral.

A luteína, o último carotenoide tem poderes de combate à degeneração macular.

Juntas, esses três carotenoides são responsáveis por diversos pontos importantes da saúde humana.

2° Auxiliadora no tratamento de doenças autoimunes

Um estudo realizado em 2016 descobriu algo incrível sobre a páprica. A capsaicina tem um grande poder contra doenças autoimunes.

A melhor notícia é que ela está presente no tempero em boas quantidades.

Doenças autoimunes geralmente são derivantes do sistema imunológico e atacam o hospedeiro.

Entre as áreas afetadas do corpo se encontram a pele, a boca, o seio e os pulmões. É importante ter muito cuidado ao lidar com esse tipo de doença.

Embora as doenças autoimunes não tenham curas, foi descoberto através deste estudo que o tempero pode ajudar no tratamento.

3° Páprica na prevenção do câncer

Outro ponto que pode ser ajudado pela capsaicina é a prevenção ao câncer.

Ela opera em vários mecanismos diferentes e é responsável por alterar as vias de sinalização.

Essas vias limitam o crescimento do câncer e podem até mesmo suprimir os genes que aumentam o tamanho de alguns tumores.

Um dos maiores benefícios do tempero se dá a sua capacidade de proteger contra câncer gástrico.

Um estudo mostrou que a capsaicina, presente no tempero, tem efeitos anti-inflamatórios.

E isso pode ajudar a diminuir a incidência de câncer gástrico.

O consumo consciente deste produto pode acabar por ser uma alternativa ótima ao tratamento do câncer gástrico.

Mesmo existindo muitos tratamentos naturais e não naturais esse é o mais prático e saudável.

4° No tratamento contra diabetes

Sendo um alimento rico em muitos nutrientes, esse pó tem o potencial para regular os níveis de açúcar no sangue.

Isso pode ajudar no tratamento para diabetes e melhorar a saúde de quem sofre dessa doença.

A capsaicina melhora o processo de digestão do corpo e o processamento de açúcares no sangue.

Por esse motivo a páprica deve ser consumida por quem sofre de doenças como diabetes.

5° Melhora a saúde do olho

A vitamina A, a luteína e zeaxantina são substâncias muito presentes na páprica.

E devido à presença desses três nutrientes, a saúde do olho pode ficar garantida. Além destes há também a vitamina B6 que ajuda a manter os olhos saudáveis.

Estudos feitos mostram que quem consome essas substâncias diariamente tem retardamento da degeneração macular.

6° Para a saúde do coração

A páprica também pode ajudar a manter o coração e o sistema cardiovascular em boa forma.

A vitamina B6 (também boa para os olhos) ajuda a baixar a pressão arterial e tratar os vasos sanguíneos danificados.

Ela ainda trata a anemia, já que cria hemoglobina no sangue. E sabemos que hemoglobina é responsável pelo transporte do oxigênio em todo nosso corpo.

Uma pesquisa recente descobriu que a capsantina, essa presente no tempero, causa o aumento do colesterol bom.

Além disso, mantém o sistema cardiovascular em funcionamento.  

Leia também => Pimenta – Conheça todos os seus benefícios e os tipos mais populares

Contraindicações

Há muito poucas reações alérgicas notadas com o uso da páprica.

Isso não é motivo para exagerar no consumo dessa substância.

Caso sentir algum sintoma alérgico, como irritações na pele, procure imediatamente seu médico.

Não se esqueça de que a páprica contém diversos itens, e caso seja alérgico a algum deles, não ingira o tempero.

Tabela nutricional da páprica:

  • Proteína;
  • Fibra;
  • Vitamina A;
  • Vitamina B6;
  • Gordura;
  • Ferro;
  • Vitamina C;
  • Vitamina K;
  • Riboflavina;
  • Potássio.

Caso seja alérgico a qualquer um desses ingredientes, não consumir o tempero.

O que achou deste artigo? Foi-lhe útil? Conta aí para gente nos comentários! Você imaginava tantos benefícios da páprica assim?

Não se esqueça de compartilhar com as pessoas das suas redes sociais e mais!

Páprica – Os 6 principais benefícios para saúde e como usar
5 (100%) 4 votes

Sobre Equipe Treino Mestre

Artigos assinados pelo Treino Mestre são escritos pela nossa equipe de profissionais de Educação Física, Nutricionistas, Fisioterapeutas, Atletas e demais colaboradores ligados a saúde e ao esporte. Conheça a equipe principal do Treino Mestre clicando aqui.

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever-se  
Notificação de