Pesquisar

15 Remédios para emagrecer e cuidados importantes

Conheça 15 remédios (medicamentos controlados) e emagrecedores (termogênicos) para emagrecer rápido, que se não tomados com orientação de um profissional, podem mais causar malefícios do que benefícios à saúde.


PUBLICIDADE

Difícil é encontrar uma pessoa que não queira perder uma gordurinha aqui e outra ali.

Grande parte delas quer perder peso de forma rápida como um verdadeiro milagre.

É nesse ponto que aparecem as dietas milagrosas que prometem perder 10 kg em apenas uma semana o que convence rapidamente os mais desesperados.

Mas, ninguém gosta de passar por privações alimentares.

O que as pessoas querem realmente é continuar comendo de tudo e ainda assim conseguir perder peso.

Por isso, elas acabam recomendo aos remédios para emagrecer, os famosos termogênicos, que prometem acelerar o metabolismo e reduzir a absorção de gordura pelo organismo.

Vejamos agora os mais utilizados e comuns de serem encontrados.

Índice – Principais informações sobre remédios para emagrecer nesse artigo:

Os “melhores” e mais usados remédios para emagrecer

melhores remédios para emagrecer

1 – Fluoxetina

Neste caso, o consumo exagerado de alimentos deve estar intimamente relacionado ao emocional.

Muitas vezes comemos muito por que estamos ansiosos por algo que está para acontecer ou queremos muito que aconteça.

O medicamento visa reduzir o apetite e aumentar o gasto calórico através da aceleração do metabolismo.

Porém, deve estar acompanhada de uma dieta hipocalórica e exercícios físicos para que os resultados realmente apareçam.

2 – Xenical

Também muito utilizado e costuma ser bastante eficaz para perder peso de maneira rápida.

O TEXTO CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

Ele consegue evitar que parte da gordura seja absorvida pelo organismo, que vai direto para o intestino sendo eliminada junto com as fezes.

Esse remédio pode trazer certo constrangimento para que faz seu uso, pois a pessoa passa a eliminar gases com odor forte e você pode eliminar pequenas quantidades de fezes juntamente, pois não consegue controlar já que a presença de gordura deixa o bolo fecal em consistência mais líquida.

Leia também: Os melhores suplementos para queimar gordura e emagrecer

3 – Bupropiona ou Zyban

Esse medicamento é tomado por pessoas que sofrem com a depressão ou com o vício do cigarro, pois bloqueiam os canais de dopamina e norepinefrina. Ele também age como um ansiolítico, ou seja, um medicamento que combate a ansiedade.

Boa parte das pessoas que comem muito e não conseguem emagrecer é porque ficam muito ansiosas e acabam comendo lanches o dia todo, principalmente aquelas que trabalham na rua, próximas de lanchonetes e padarias.

4 – Trimspa, também conhecido como Efedrina

Ele pode ser classificado como um inibidor de apetite. Ele afeta o sistema nervoso liberando neurotransmissores que enviam a informação de saciedade e assim a pessoa pode passar longas horas sem comer absolutamente nada e não sofre por isso.

É preciso ficar atento a isso, pois pessoas que sofrem de problemas gástricos como úlceras e gastrites não devem fazer uso desse medicamento.

Esses indivíduos produzem mais suco gástrico do que a maioria da população e por isso não podem passar longos períodos sem se alimentar.

Foi proibida a sua venda por provocar complicações em pacientes depressivos e com problemas cardíacos.

A efedrina é um dos mais potente remédios para emagrecer e tem sua venda proibida no Brasil.

5 – Sibutramina

É um medicamento usado há alguns anos para o tratamento de pessoas obesas. Sempre é receitado conjuntamente com dieta hipocalórica e exercícios.

Ele se encaixa como um inibidor de apetite prolongando a sensação de saciedade e evita que haja uma redução de gasto energético, muito comum de acontecer quando começamos a perder peso.

Ela pode ser encontrada de duas formas: sal anidro e cloridrato monoidratado de sibutramina.

Leia também: Sibutramina: O que é, como tomar, efeitos, preços e onde comprar

Remédios naturais para emagrecer

6 – Quitosana

Pense em uma esponja absorvendo toda a água e agora faça na sua cabeça o paralelo pensando na quitosana como a esponja e na água como a gordura que não será absorvida pelo organismo formando um tipo de gel que não consegue ser metabolizado e acaba indo embora do corpo juntamente com as fezes.

Neste caso, como o gel formado pela gordura se transforma em uma substância um pouco mais sólida não ocorre o mesmo aqui como no xenical.

É possível perder até 250 calorias por dia com a quitosana aliando-a a uma alimentação balanceada e exercícios físicos.

Leia mais sobre a Quitosana: Quitosana emagrece mesmo? Saiba como funciona e quais seus efeitos

7 – Propolene

Um remédio natural feito à base de glucomanan, uma substância que é extraída da raiz da Amophorphallus konjac.

Por isso, ainda não foram identificados efeitos adversos devido ao seu uso. Em sua composição podemos encontrar o Estearato, Silicato de Magnésio, Maltodextrina e o ácido esteárico.

Quando chega ao estômago, o medicamento começa a absorver água. Assim, ele traz a sensação de estômago cheio e saciedade fazendo com que a pessoa coma menos que o de costume.

Na categoria de termogênicos para emagrecer

8 – Lida daidaihua

O Lida daidaihua é um excelente composto orgânico natural que emagrece de forma rápida e definitiva.

Na sua composição contém o extrato da erva Daidaihua, extrato da semente Cássia, extrato de coicis (Jó lágrimas), Amylum Medicinal, extrato da semente Cássia e o extrato da folha de amora.

Apesar de toda a composição do produto original ser natural, esse mix de substâncias se não tomados com cautela e com orientação, pode sim causar malefícios a saúde.

O Lida Daidaihua é considerado um remédio para emagrecer natural, mas que precisa cuidados para poder ter apenas benefícios e queimar gordura de forma eficiente.

Lembrando que não vai adiantar muito você tomar esse remédio natural para emagrecer se não estiver fazendo exercícios físicos.

Ao contrário dos medicamento controlados, onde você emagrece mesmo se não fizer atividades, apenas com uma alimentação saudável, os naturais já não possuem essa eficacia.

9 – Hydroxycut

Essa substância é ideal para os atletas e fisiculturistas, pois ela oferece energia para os treinos e ainda queima de gordura.

Contém cafeína, extrato de chá verde, potássio, extrato de raiz, extrato da casaca de salgueiro, leticina de soja, entre outras.

Ele é classificado como um termogênico, ou seja, um medicamento que aumenta a temperatura do corpo consumindo muita gordura e gerando energia ao mesmo tempo para continuar nos treinos.

Ele não pode ser comprado sem receita médica porque pode causar inúmeros efeitos colaterais em órgãos vitais como fígado, rins e coração.

Também pode desenvolver outros problemas como mialgia, vômitos, náuseas e cansaço em excesso.

Ainda nessa categoria de suplementos para emagrecer, conhecidos como os famosos termogênicos, temos ainda entre os mais conhecidos:

10 – o Lipo 6 da Nutrex,

11 – OxyElite Pro 

12 – EpiBurn Pro da USP Labs,

Considerados os melhores emagrecedores importados.

Dos termogênicos nacionais, destaques para:

13  – Sineflex da Power Supplements,

14 – Therma Pro Hardcore da IntegralMedica 

15 – Ripped Extreme Red Caps da Atlhetica Evolution.

Leia também: Termogênicos – o que são, benefícios, efeitos colaterais e como tomar

Nota importante – cuidados com os remédios para emagrecer

Esse artigo tem apenas caráter informativo e não substitui a orientação de um profissional.

Antes de utilizar qualquer remédio para emagrecer ou termogênicos, consulte um profissional de saúde.

Como destacado no artigo, esses emagrecedores possuem alguns efeitos colaterais e se tomados indiscriminadamente, podem prejudicar seriamente a saúde.


Sobre Calila Galvao

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever-se  
Notificação de