Página Inicial » Estética » Óleo de Rosa Mosqueta – Para que serve, benefícios, como usar, preço e onde comprar

Óleo de Rosa Mosqueta – Para que serve, benefícios, como usar, preço e onde comprar

Além de prevenir e tratar de rugas, celulite e estrias, o óleo de Rosa Mosqueta é um hidratante natural, cicatrizante e anti-inflamatório. 

Óleo de Rosa Mosqueta

O óleo de rosa mosqueta é feito a partir das sementes da planta Rosa Mosqueta de nome científico Rosa rubiginosa, pertencente do gênero Rosa e da família Rosaceae. É originaria da região do Mediterrâneo, na Europa Central.

Para que serve

O óleo de rosa mosqueta serve para beneficiar a pele dando a ela mais saúde e hidratação. As propriedades desse óleo ajudam a prevenir e a combater problemas muito frequentes que acometem a pele, principalmente das mulheres, que são as estrias, celulites, rugas, marcas de acne e o envelhecimento precoce.

Além disso, esse óleo é bastante indicado para o tratamento de afecções cutâneas e de cicatrização de queloides por causa do seu alto poder anti-inflamatório e de cicatrização.

Propriedades nutricionais

O óleo de rosa mosqueta é rico em:

  • Vitaminas A, C e E
  • Minerais: cálcio, potássio, ferro, magnésio, sódio e fósforo
  • Aminoácidos
  • Ácidos graxos essenciais: ômegas 3, 6 e 9
  • Ácidos graxos saturados: ácido palmítico, ácido palmitoléico e ácido esteárico entre outros.

Outros ácidos:

  • Antioxidantes: licopenos, carotenoides e catequinas

Leia também: Óleo de copaíba: Veja para que serve e todos os seus benefícios

Benefícios

O óleo de rosa mosqueta oferece vários benefícios à saúde, especialmente para a saúde da pele, devido aos nutrientes importantes presentes nesse óleo como as substâncias antioxidantes, as vitaminas e os ácidos graxos.

O TEXTO CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

Por isso, os benefícios oferecidos por esse óleo são:

1. Previne e trata estrias, celulite e rugas

O óleo de rosa mosqueta ajuda a tratar cicatrizes e marcas de pele como as estrias, rugas, macas de acne, queloides, celulites, entre outras. Esse benefício ocorre por causa da vitamina C. Essa vitamina é um nutriente com ação antioxidante que exerce vários benefícios para a pele. Estudos mostram que ela estimula a síntese de colágeno e elastina, proteínas que dão firmeza e elasticidade para a pele.

As substâncias antioxidantes presentes nesse óleo também contribuem para diminuir a proliferação e migração das células inflamatórias, reduzindo, assim, as cicatrizes, principalmente as queloides.

O seu uso é indicado também durante a gravidez para evitar o aparecimento de estrias muito comum nesse período.

Para o tratamento de estrias, o óleo de rosa mosqueta possui propriedade cicatrizante devido à ação da vitamina C que estimula a regeneração e proliferação de novas células, além de estimular a síntese de colágeno, fatores importantes para o processo de cicatrização e renovação da pele.

Leia também: Colágeno Hidrolisado – Saiba para que serve e quais seus benefícios

O tratamento das estrias é indicado para ser realizado logo que elas aparecem, quando possuem a aparência avermelhada. Esse estágio inicial é o mais fácil de ser tratado, pois as estrias desaparecem quase completamente.

O uso da vitamina C para o tratamento de estrias, celulite e marcas de pele é indicado para ser aliado a outros tratamentos estéticos indicados por um dermatologista, pois garantirão resultados mais satisfatórios.

2. Previne o envelhecimento da pele

Os nutrientes do óleo de rosa mosqueta que ajudam a prevenir o envelhecimento da pele são os antioxidantes compostos pelas vitaminas A, C e E, além dos licopenos, carotenoides e catequinas. Esses nutrientes ajudam a combater compostos presentes no organismo conhecidos como radicais livres.

Os radicais livres são substâncias que surgem por causa de processos metabólicos oxidativos que acontecem normalmente no nosso organismo como a respiração, por exemplo. Podem surgir, também, por meios externos como alimentação rica em gordura, frituras e aditivos químicos, além de poluição, radiação natural e artificial, substâncias químicas como agrotóxicos, fumo, álcool, entre outras.

Esses radicais livres atacam as células sadias danificando-as, inclusive as células da pele. Isso pode causar problemas para a saúde como doenças e envelhecimento precoce. As substâncias antioxidantes, então, previnem, neutralizam ou minimizam a ação desses radicais livres prevenindo o aparecimento de doenças e do envelhecimento.

3. É hidratante

O óleo de rosa mosqueta não só combate as cicatrizes de pele e o envelhecimento, como também promove a hidratação, principalmente de regiões mais ressecadas.

Isso ocorre por causa dos ácidos graxos essenciais, nutrientes que promovem uma hidratação mais profunda da pele e formam uma barreira de proteção evitando o ressecamento.

4. É cicatrizante e anti-inflamatório

O óleo de rosa mosqueta também é utilizado para o tratamento e cicatrização de lesões cutâneas como úlceras, eczemas, queimaduras, assaduras e pós-cirúrgico. Um estudo comprovou a rápida cicatrização de feridas abertas sem reações de sensibilização. Por isso, esse óleo é recomendado para lesões cutâneas abertas e também para a preparação pré-operatória de cirurgias.

A cicatrização da pele ocorre por causa da ação dos ácidos graxos que formam os fosfolipídeos, compostos que participam de processos como fosforilação, mitose e organização celular, conferindo a esse óleo uma poderosa ação no tratamento de feridas e de cicatrização dos tecidos cutâneos.    

O poder de cicatrização e a redução da atividade inflamatória causados por esse óleo também ocorrem pelas propriedades antioxidantes, fator observado em estudos com ratos.                    

Com isso, os processos anti-inflamatório e de cicatrização que esse óleo promove estão interligados, pois a atividade anti-inflamatória é importante para o processo de cicatrização porque não só inibe a proliferação das células inflamatórias como também diminui o tempo da cicatrização.

5. Ajuda a manter a estrutura da pele

O óleo de rosa mosqueta ajuda a manter a estrutura da pele através dos ácidos graxos essenciais. Esses nutrientes formam parte dos fosfolipídeos, compostos que fazem parte da estrutura das membranas celulares.

Efeitos colaterais

Não há registros de efeitos colaterais sérios causados pelo uso desse óleo. O que pode acontecer é somente hipersensibilidade às propriedades da planta Rosa Mosqueta. Se isso ocorrer, o ideal é suspender o uso desse óleo.

Contraindicações

Esse óleo não é indicado para ser usado em peles oleosas e com acne, pois pode haver agravamento dessas condições através da proliferação de microorganismos. Além disso, pessoas hipersensíveis a essa planta também devem evitar o uso desse óleo.

Preços e onde comprar

O preço do óleo de rosa mosqueta vendido em farmácias em embalagens de 30ml custa em média de R$30,00 até R$40,00. Já os cremes e outros produtos que possuem o óleo de rosa mosqueta em sua composição junto com outros componentes, pode ter uma variação grande de preço dependendo da quantidade da embalagem, marca do produto e outras circunstâncias. Esses produtos você pode comprar pela internet mesmo em loja de produtos naturais e de beleza.

Leia também: Óleo de Rícino – Para que serve, benefícios e onde comprar

Como preparar e armazenar o óleo

Para preparar o óleo de rosa mosqueta, você vai precisar de:

  • Um punhado de sementes do fruto da Rosa Mosqueta
  • Um óleo vegetal
  • Um frasco de vidro com tampa

As sementes podem ser adquiridas prontas para fazer o óleo ou retiradas direto do fruto. Caso você adquira as sementes diretas do fruto, retire todas as beiradas e fiapos deixando somente a semente. Deixe secar ao sol por alguns dias ou seque diretamente no forno.

Com as sementes secas, corte-as em pedaços ou triture-as. Adicione as sementes cortadas ou trituradas em um frasco de vidro e cubra-as com um pouco de um óleo vegetal de sua preferência, pode ser, por exemplo, de amêndoas, girassol ou outro. Tampe o vidro e deixe essa mistura descansar entre 15 a 20 dias em um local fresco.

Após esse período, coe essa mistura e coloque o óleo em outro recipiente de vidro. A partir daí, está pronto para ser usado.

Guarde o óleo sempre em local fresco, longe da umidade, calor e luz solar direta.

Como usar

Sobre a pele limpa, aplique algumas gotas desse óleo e massageie a pele por alguns minutos até que ele seja completamente absorvido. Também pode ser aplicado após o banho.

O óleo de rosa mosqueta pode ser usado de 1 a 2 vezes durante o dia ou de acordo com a necessidade ou recomendação médica. Como já dito, evite usar em peles oleosas ou muito acneicas, pois, nesses casos, o óleo pode causar o efeito contrário, ou seja, pode prejudicar ainda mais a pele.

Sobre Treino Mestre

Artigos assinados pelo Treino Mestre são escritos pela nossa equipe de profissionais de Educação Física, Nutricionistas, Fisioterapeutas, Atletas e demais colaboradores ligados a saúde e ao esporte.

Leia também

Óleo de Argan – Para que serve, benefícios e como usar

Rico em vitamina E, o óleo de argan e muito utilizado para o tratamento do …

Carboxiterapia – prós e contras

Tudo sobre a Carboxiterapia: o que é, seus benefícios, prós e contraindicações, o que os …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!