Pesquisar
Óleo de Krill
Veja para que serve o suplemento a base de óleo de krill

Óleo de Krill – Para que serve? Quais seus benefícios? Emagrece?

O suplemento de Óleo de Krill é rico em Ômega 3, 6 e 9, além de ser ótimo para o coração, proporciona benefícios para os e articulações, além de diminuir os sintomas da TPM.


PUBLICIDADE

O óleo de Krill é um suplemento totalmente natural que vem fazendo sucesso nos últimos anos por ser altamente saudável e possuir raríssimos efeitos colaterais.

Similar ao óleo de peixe, ele tem vantagens que o superam, tanto no aspecto saúde humana quanto na preservação da natureza – já que o Krill é muito mais abundante.

No artigo de hoje, falaremos tudo sobre o óleo de krill –  O que ele é, seus benefícios ou malefícios, como tomá-lo e outras dicas relevantes. Confira mais abaixo o que separamos!

O que é o Óleo de Krill?

Antes de explicar o que é o óleo de krill, temos que entender de onde ele vem. Para quem não sabe, o Krill (Euphausia superba) é um crustáceo pequeno, que tem a função de alimentar os maiores animais marinhos do oceano, como as baleias e os grandes tubarões.

Embora eles sejam bem parecidos, há uma série de tipos de Krill, que têm como principal característica o agrupamento, formando massas gigantescas de alimentos disponíveis.

O óleo, então, é extraído desses pequenos animais oceânicos. Por serem um crustáceo marinho, eles são ricos no que os médicos chamam de “ácidos graxos essenciais” o DHA e EPA. E por isso são tão benéficos para a nossa saúde.

Para que serve?

Crustaceo Krill Euphausia superba
Crustáceo Krill, muito semelhante ao camarão.

Basicamente, a função do óleo de krill em nosso organismo é fornecer boas doses de ômega 3. Porém, diferente do óleo de peixe, ele não é transformado em triglicérides, tornando sua absorção muito mais segura e eficaz.

Além do ômega 3, o óleo de krill serve para auxiliar também nos processos antioxidantes do organismo, trazendo uma série de benefícios que falaremos mais abaixo.

Benefícios do Óleo de Krill – Quais são eles?

O óleo de krill tem sido cada vez mais usado devido aos seus incríveis benefícios para a saúde. Os principais deles são:

  • Saúde do coração

Por ser rico em ácidos graxos, o óleo de krill é excelente para a saúde cardiovascular e pode até prevenir problemas sérios como infartos ou insuficiência cardíaca. Além disso, ele pode diminuir drasticamente o colesterol ruim e aumentar o colesterol bom, que são fatores essenciais para proteger nosso coração.

  • Saúde dos ossos e das articulações

Além de atuar no coração, os ácidos graxos também diminuem os possíveis problemas de ossos e articulações. Por isso, pessoas com problemas nesse sentido costumam ser indicadas a consumirem mais peixes e frutos do mar em geral.

Porém, esse é um benefício que deve ser sempre estudado pelo seu médico de confiança para que não haja nenhum problema no excesso de suplementação – já que em alguns casos pode haver a necessidade de ingestão de cálcio, por exemplo.

  • Perda de peso – Será que emagrece?

Esse benefício depende muitos fatores, como dieta e exercícios. Afinal, o emagrecimento é um processo gradual e que depende de seus hábitos. Porém, em geral, o óleo de krill pode sim te ajudar a emagrecer, especialmente porque ele te deixará um pouco mais disposto e apto a realizar atividades físicas.

  • Proteção contra doenças diversas

A ação antioxidantes do óleo de krill é uma excelente forma de prevenir inúmeras doenças graves, como o câncer, por exemplo. É válido sempre manter uma alimentação saudável independente de qualquer suplementação, porém, o óleo de krill ajuda bastante nesse sentido a longo prazo.

O TEXTO CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

A nossa dica, porém, é sempre conversar com seu médico em casos de dúvidas sobre problemas mais delicados de saúde e jamais substituir remédios receitados por ele por suplementação, por melhor que ela seja.

  • Diminui os sintomas da tpm

Por sim, é importante citar como um excelente benefício para mulheres, a redução dos sintomas como a TPM e as fortes cólicas. Uma boa dica é fazer a suplementação nesse período ou sempre que sentir desconfortos. Obviamente, consulte seu médico antes.

Leia também => Os 8 Melhores Suplementos para aliviar a TPM e Cólica

Pode causar efeitos colaterais?

Quando pensamos nos malefícios do óleo de krill, automaticamente podemos imaginar que o excesso de ômega 3 seja um problema.

Em geral, é raro haver esse tipo de suplementação em excesso, já que os fabricantes costumam indicar a quantidade correta a ser ingerida por dia.

Mas pode haver pessoas que não possam fazer uso de óleos de peixe e derivados, como grávidas, lactantes e quem tem alergias aos frutos do mar.

Por isso, se sentir qualquer mal-estar durante a sua suplementação, procure um médico e relate o que está ingerindo. Também indicamos que você sempre dê preferência para suplementos reconhecidos pelos órgãos de saúde e evite falsificações.

Leia também => Óleo de linhaça: Aliado do coração ainda ajuda aliviar os sintomas da TPM

Como tomar o suplemento?

Em geral, o seu suplemento já vira com a informação sobre a quantidade correta de cápsulas que devem ser ingeridas diariamente, já que cada fabricante pode variar a dosagem por cápsula.

O mais comum é encontrar o suplemento em dosagens de 500 mg ou 1000 mg por cápsula, vendido em embalagens com 60 ou 120 cápsulas. 

A média é nunca passar de duas por dia, já que o ômega 3 em excesso também pode ser um problema para a saúde do corpo.

Em caso de dúvidas sobre como tomar óleo de krill ou qualquer outro suplemento, não deixe de procurar o seu médico de confiança!

Gostou desse artigo sobre o óleo de Krill? Comente logo abaixo ou compartilhe com seus amigos nas redes sociais!

Óleo de Krill – Para que serve? Quais seus benefícios? Emagrece?
3.3 (65%) 4 votes

Artigo atualizado em

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever-se  
Notificação de