fbpx
Pesquisar

Niacina (Vitamina B3): Para que Serve, Benefícios e Alimentos

Atualizado em
Compartilhe:

Uma importante vitamina do complexo B, a Niacina ou Vitamina B3 tem papel fundamental para nossa saúde e ajuda a prevenir o AVC e doenças cardiovasculares.

suplemento niacina vitamina B3


PUBLICIDADE

A vitamina B3 é outro daqueles nutrientes que é bastante importantes para o correto funcionamento do corpo.

Ela é encontrada em alimentos, tais como a carne ou cereais, mas também pode ser indicada a suplementação em caso de sua deficiência no organismo.

À vitamina B3 também denomina-se a designação de niacina, sendo que ela é obtida a partir da conversão do triptofano.

Este micronutriente, porém, também é formado a partir de outras duas células orgânicas: a nicotinamida e o ácido nicotínico.

O que é

São muitos os alimentos, tanto de fontes animais como de vegetais, que contêm a vitamina B3. Em geral, aliás, este nutriente é bastante comum na natureza, sendo a sua ingestão facilitada por ser tão encontrada na natureza.

Assim como outros nutrientes, existem níveis adequados da niacina no organismo.

Aqueles que sofrem com a falta dela, diz-se que são deficientes na vitamina, o que gera boa parte dos problemas relacionados a ela. Aos que tem a mais, diz-se que têm hipervitaminose.

Isto porque, como veremos, a vitamina B3 é importante no funcionamento de alguns mecanismos do corpo humano.

Níveis muito baixos, podem causar um tipo de problema; a hipervitaminose, de modo geral, gera efeitos colaterais opostos aos da deficiência, igualmente nocivos.

Apenas um profissional da medicina poderá indicar a necessidade ou não de suplementação de vitamina B3, assim como de outras.

Isto será possível a partir de uma avaliação clínica, bem como da prática de exames.

Para que serve

O TEXTO CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

De modo geral, a vitamina B3 tem funções bem específicas no corpo humano. A correta dosagem dela na corrente sanguínea, é importante para normalizar o funcionamento de mecanismos como:

  • A energia que chega às células
  • Os níveis de colesterol no sangue
  • Controlar a diabetes
  • Melhorar a saúde de partes do corpo como a boca e os olhos
  • Evitar sintomas neurológicos, em função do seu funcionamento no sistema nervoso central
  • Manter a saúde da pele

Leia também:

Vitaminas do complexo B – Funções, fontes, benefícios e engordar

Biotina – 20 Benefícios, para que serve e como tomar

15 benefícios da Niacina (Vitamina B3)

Uma alimentação balanceada garante o consumo adequado de vitamina B3. Quando isto não é possível e a deficiência nela é uma realidade, é indicada a suplementação. Em doses adequadas, a niacina traz os seguintes benefícios à saúde:

1. Regula o nível de colesterol no sangue

Na corrente sanguínea, há dois tipos de colesterol: o bom (HDL) e o ruim (LDL). A niacina auxilia no controle deles, reduzindo o LDL e aumentando os níveis de HDL.

2. Previne doenças neurológicas

A ação da vitamina B3 no sistema nervoso estimula as células desta região do corpo. Por conseguinte, doenças neurológicas, tais como o mal de Alzheimer, possuem mais chances de serem prevenidos.

3. Produz o bem-estar e evita a irritabilidade

O motivo é o mesmo do anterior: a niacina estimula as células do sistema nervoso. Isto traz outro benefício. É que deste modo, os neurotransmissores são ativados com maior facilidade, acabando com sintomas como a irritabilidade e proporcionando o bem-estar.

4. Tem função anti-inflamatória

Os estudos científicos mais recentes têm demonstrado um grande potencial anti-inflamatório da vitamina B3. De acordo com eles, isto pode ser usado em diversos sistemas do corpo, embora o tratamento de doenças neurológicas seja onde o efeito é potencializado.

5. Mantém a saúde da pele

A deficiência deste nutriente pode provocar uma série de efeitos adversos na pele. Dermatites e vermelhidões são comuns em quem sofre com isto. No caso da hipervitaminose, pode haver rubor na pele.

6. Promove a saúde oftalmológica

Para pacientes que tem maior propensão a desenvolverem doenças como a catarata, a niacina é muito importante. A sua presença no corpo mantém a saúde dos olhos, fortalecendo toda a região ocular.

7. Previne alguns tipos de câncer

Estudos também indicam que a vitamina B3, quando consumida adequadamente, pode diminuir a chance do paciente desenvolver alguns tipos de câncer. Entre eles, o de garganta e o de boca.

8. Fornece energia

A atuação da vitamina B3 é igualmente relevante no transporte de energia para as células. Deste modo, ela é capaz de facilitar o equilíbrio energético do corpo.

9. Auxilia no combate à diabetes

Muito relacionado à atuação no equilíbrio energético, também está relacionado o combate ao diabetes. Ao impedir picos de glicose e de insulina na corrente sanguínea, a vitamina favorece o bem-estar de quem tem a doença.

10. Promove boas noites de sono

Outro sintoma relacionado à falta da vitamina B3 é a insônia ou noites com sono de baixa qualidade. Isto significa que ela é igualmente importante para quem deseja descansar adequadamente.

11. Ajuda na saúde cardiovascular

Em níveis adequados, a vitamina B3 auxilia no funcionamento do sistema cardiovascular. Tanto em relação ao coração, quanto nas artérias e veias, que trabalham tendo de fazer menos esforço. A hipervitaminose, no entanto, pode ter efeito contrário, bem como a deficiência deste nutriente.

12. Estimula o funcionamento do fígado

O fígado é o responsável por desintoxicar o corpo e por sintetizar uma série de substâncias indispensáveis para o corpo, como o HDL. Neste caso, a vitamina B3 atua como estimulante à saúde deste órgão, facilitando o seu funcionamento.

13. Atua no DNA

A vitamina B3 participa e protege o DNA. Isto porque participa de processos como o aumento de genes de fator neurotrófico ligado à função cerebral, bem como do seu receptor, que é o receptor kinase de tropomiosina B.

14. Facilita a digestão

Devido à sua participação na produção de ácido clorídrico, a vitamina B3 tem papel na digestão. Além disso, auxilia na produção de enzimas no estômago, que ajudam igualmente a digerir.

15. Promove a saúde sexual

A vitamina B3 incita a produção de hormônios no corpo humano. Sobretudo aqueles ligados à atividade sexual em ambos os sexos.

Leia também:

Vitamina B12: Para que serve, 15 Benefícios e fontes nos alimentos

Vitamina B1 (tiamina): Para que serve, 16 Benefícios e fontes nos alimentos

20 fontes de alimentos da Niacina

fontes alimentos niacina vitamina b3

Como foi dito, a vitamina B3 está presente em abundância em alimentos. Por isso, separamos as 20 principais fontes:

  1. Levedo de cerveja (38,1 mg para cada 100 gr);
  2. Bife de fígado;
  3. Carnes magras;
  4. Carnes de aves como o peito de frango cozido (13 mg para cada 100 gr);
  5. Leites;
  6. Ovos;
  7. Cereais;
  8. Bacalhau;
  9. Atum;
  10. Sardinha;
  11. Gergelim;
  12. Amendoim (14,6 mg para cada 100 gr);
  13. Pêssego;
  14. Nectarina;
  15. Goiaba;
  16. Farinha de milho;
  17. Salmão;
  18. Tomate;
  19. Batata-doce;
  20. Aspargo.

Consumo recomendado

Como temos salientado, consumir a vitamina B3 na dose adequada é fundamental.

Em crianças de 0 a 2 anos, o indicado é 2mg; para as maiores, pode variar em função do consumo calórico, mas vai de 4mg a 12mg.

A partir dos 14 anos, homens devem consumir 16mg e mulheres 18mg.

Grávidas e lactantes, respectivamente 18mg e 17mg de vitamina B3.

Deficiência

Assim como acontece com outras vitaminas, a deficiência em niacina pode trazer efeitos catastróficos para o nosso corpo.

Os sinais e sintomas mais brandos são:

  • irritabilidade,
  • dificuldade para dormir,
  • depressão
  • e manchas na pele.

Essa falta de vitamina B3 também pode causar uma doença conhecida como Pelagra que tem como principais sintomas e sinais e a diarreia, confusão mental e inflamações na pele.

Gestantes precisam fazer uso da suplementação porque muito da niacina pode ser perdida pela urina se fazendo assim necessária uma dose extra.

Leia também:

Ácido Pantotênico (Vitamina B5) – Para que serve, benefícios e fontes

Vitamina B2 (Riboflavina) – Sua importância para o funcionamento do corpo

Excesso

O excesso também não faz bem pois pode acarretar o fígado prejudicando outras de suas funções.

Referências
SANTOS, Raul. D. Farmacologia da niacina ou ácido nicotínico. Arquivos Brasileiros de Cardiologia. Vol. 85. Suplemento V. Out. 2005.

Sobre Equipe Treino Mestre

Artigos assinados pelo Treino Mestre são escritos pela nossa equipe de profissionais de Educação Física, Nutricionistas, Fisioterapeutas, Atletas e demais colaboradores ligados a saúde e ao esporte. Conheça a equipe principal do Treino Mestre clicando aqui.

1
Deixe um comentário

avatar
1 Tópicos de comentários
0 Respostas do Tópico
0 Seguidores
 
Comentário mais reagido
Tópico de comentário mais em alta
1 Autores de comentários
jaci Autores de comentários recentes
  Inscrever-se  
Mais recente Mais antigo Mais votado
Notificação de
jaci
Visitante
jaci

Minha filha tem esquisofrenia por isso estou pesquiasando vitaminas que podem ser boas para ela