Página Inicial » Emagrecimento » Melhores tratamentos para combater a celulite

Melhores tratamentos para combater a celulite

8 em cada 10 mulheres sofrem com a celulite, ainda bem que existem vários tipos de tratamentos, profissionais e caseiros. Conheça os melhores e os principais.

Toda mulher, estando em forma ou não, sofre ou já sofreu com celulite. É raro encontrar uma que não sofra com esses furinhos em pelo menos uma parte do corpo. Mas você sabe o que é celulite e o que fazer para evitar, amenizar ou até mesmo eliminar esse efeito casca de laranja da sua pele?

O nome correto e utilizado por profissionais de estética é Fibro Edema Gelóide, mas vamos chamar apenas de celulite aqui, ok? O termo celulite nada mais é do que a junção da termo francês cellule (célula) e o sufixo ite, que serve para designar uma inflamação. Embora, a celulite não seja bem uma inflamação da pele, pois engloba outros fatores.

O que é celulite e como ela se forma?

Para saber como combater, precisamos entender o que é e como se forma a celulite, os fatores são diversos e para cada caso existe um tratamento mais indicado.

A celulite é uma alteração da pele, e afeta áreas como coxas e bumbum, principalmente, deixando aquele aspecto de casca de laranja, que tanto incomoda as mulheres. A celulite é um espessamento não-inflamatório na camada subdérmica, abaixo da pele, provocado pelo grande aumento de células de gordura, que formam nódulos ou placas, que podem ou não ser dolorosos, com isso a circulação sanguínea e a drenagem linfática do local ficam reduzidas.

As celulites começam a aparecer principalmente na adolescência, quando as mulheres entram na puberdade e tem alterações hormonais. O estrógeno é o principal hormônio responsável por essas alterações, o que explica o motivo dos homens não sofrerem com esse mal. Outros fatores que contribuem para o aparecimento da celulite são: sexo, etnia, biotipo e hereditariedade. E ainda tem os fatores agravantes como: má alimentação, fumo, sedentarismo, gravidez, estresse e medicamentos.

A definição e as classificações dos graus da celulite é um pouco mais extenso e complicado. Mas agora que já sabemos as principais razões para o aparecimento desses incômodos furinhos, vamos ver alguns tratamentos para combater a celulite?

Os melhores tratamentos para combater a celulite:

– Dieta e atividade física: Como vimos, a celulite é formada pelo excesso de gordura, e a má alimentação e sedentarismo agravam esse quadro. Então, o primeiro passo é começar a praticar atividade física e dieta.
Leia também nossas dicas de alimentos e exercícios que ajudam a combater a celulite.

Não vai adiantar fazer o tratamento mais moderno que existe, e continuar comendo fast food ou passando o dia em frente da TV ou do computador. Nem vou comentar sobre o cigarro, pois tenho certeza que você, uma pessoa consciente, não fuma. Certo?

– Drenagem linfática manual: A drenagem linfática é uma massagem realizada através de pressões suas, lentas e rítmicas no local, estimulando a circulação nos vasos linfáticos, diminuindo a retenção de líquido e melhorando a circulação. Uma ótima opção para quem prefere um tratamento menos invasivo.

O objetivo da drenagem linfática é drenar todo excesso de líquido, diminuindo a probabilidade de fibrose, que esta diretamente ligada a celulite.

Se o grau da celulite é leve (grau 1 ou 2) somente com a drenagem linfática consegue atingir bons resultados. Se for um grau mais grave, é recomendado apenas como auxiliar a outro tratamento. E só pode ser realizado por fisioterapeuta ou esteticista qualificados.

Carboxiterapia

– Carboxiterapia: Utilizado no tratamento de celulite, estrias e gordura localizada, é realizado com a aplicação de gás carbônico no tecido subcutâneo, através de agulhas.

Após a aplicação na pele, o gás carbônico atua principalmente na microcirculação, aumentando a drenagem linfática e venosa do local. Além disso, o gás carbônico age diretamente na quebra da célula de gordura e melhora a oxigenação do local, diminuindo o processo de fibrose. É considerado um método de tratamento seguro, não tendo muitas contraindicações, entretanto, só pode ser realizado por profissionais especializados.

Os resultados são eficazes, e já pode se notar uma melhora após a 3º sessão. Geralmente não causa dor, isso vai depender do grau da celulite e de quanto consegue aguentar o incomodo da agulha.

– Ultra-som: Esse tratamento é mais eficaz quando combinado com a drenagem linfática, dieta e atividade física. Entretanto, um dos efeitos é a quebra das células duras de gordura (diminuição da fibrose), amenizando os aspectos dos furinhos na pele. Além de melhorar a circulação e reorganizar as fibras.

O terapeuta precisa avaliar o seu caso para saber qual a intensidade, frequência, a dose e o intervalo do tratamento. E se irá utilizar algum cosmético ou cosmecêutico, para obter melhores resultados.

Os resultados são visíveis a partir da 20º sessão, em celulites de grau 1 e 2, em casos mais graves são necessários tratamentos mais fortes.

– Vacuoterapia: A vacuoterapia é um método de massagem através de um equipamento motorizado, que promove uma sucção, melhorando a circulação sanguínea e linfática, através da mobilização profunda dos tecidos.

Essa técnica precisa obedecer o trajeto do sistema venoso e linfático, por isso deve ser realizado por um profissional altamente qualificado, que conheça bem a anatomia e fisiologia do corpo humano. Lembrando que essa técnica, se executada de forma inadequada, pode causar flacidez.

gettyimages

– Tratamento em casa: Hoje existem no mercado uma enorme variedade de dermocosméticos que prometem amenizar, e até eliminar, a celulite. Mas na verdade, não existem estudos que comprovam a eficácia desses produtos sozinhos. Sendo recomendado o uso acompanhado de algum outro tratamento, como: a drenagem linfática ou o ultra-som.

O que sabemos, é que alguns princípios naturais, utilizados nos cosméticos para o tratamento do problema, no caso, a celulite. Alguns desses princípios são:

* Cafeína: promove a quebra e a queima de gordura da pele, lipólise. Também colabora na produção de colágeno e elastina promovendo mais firmeza para a pele;

* Centella asiática: reorganiza as células;

* Extrato de gengibre: ajuda no processo da queima de gordura localizada (termogênico);

* Nicotinato de metila: melhora a circulação local. Essa substância é aquela que deixa a pele vermelha, após a aplicação desse tipo de produto;

* Extrato de castanha da índia: também colabora na melhora da circulação sanguínea.

Para escolher o melhor tratamento, é aconselhável procurar um profissional para que ele indique o mais adequado para o seu grau de celulite. Lembrando que os tratamentos devem ser feitos sempre com acompanhamento.

Mas, a melhor forma de combater a celulite é a junção de vários tratamentos, que se complementam entre si, além de manter a prática de atividade física e alimentação saudável.

Confira no vídeo abaixo algumas dicas para prevenir e eliminar a celulite:

Leia também

Morosil emagrece? Veja sua composição, relatos e onde comprar

Veja uma resenha completa sobre o emagrecedor Morosil. Como ele atua no corpo, como tomar …

Termogênicos – O que são, Para que serve, se faz mal e como tomar

Saiba como funciona a ação dos termogênicos no organismo. Quais seus benefícios e efeitos colaterais. …

  1. Ótima postagem, muito esclarecedora!
    Tinha bastante celulite, mas diminuiu uns 80% só com dieta e exercícios.
    Me interessei muito por essa carboxiterapia, e pesquisando um pouco também descobri que ajuda a diminuir aquela pele indesejável que fica pendurada com o emagrecimento.

    Obrigada!

  2. Poderia falar sobre exercícios para combater a celulite no bumbum…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!