Página Inicial » Estética » Manthus – mais uma novidade para a estética e bem-estar

Manthus – mais uma novidade para a estética e bem-estar

Você sabe como funciona o tratamento Manthus? Todas as informações a respeito de como é feito, indicações e contraindicações e quais os resultados.

A estética, hoje em dia, propõe cuidados com a pele e beleza jamais pensada ser possível em um passado muito próximo, e a cada dia traz novidades, novas tecnologias e atuações. A palavra estética não remete mais somente à beleza, mas também é sinônimo de bem-estar, de uma vida mais saudável e feliz, pois mantém a jovialidade e a autoestima o que traz mais energia e satisfação. É muito prazeroso nos olharmos no espelho e gostarmos do que estamos vendo, não é? E é dessa sensação também que eu falo. Não é só a aparência, é o sentimento que ela nos traz. Existem várias maneiras, equipamentos e técnicas para a aquisição e manutenção da beleza, hoje vamos abordar o equipamento manthus.

tratamento manthus funciona precoO Manthus é uma inovação tecnológica que engloba vários princípios em um só. É um equipamento computadorizado que usa a combinação do ultrassom tripolar e correntes estereodinâmicas (correntes elétricas e ondas magnéticas) como também as correntes polarizadas, tem maior área de abrangência tecidual por ter um conjunto de três pontos em seu transdutor, que é o cabeçote que entra em contato com a pele, sendo assim, ele é três vezes mais potente que o ultrassom, que tem apenas um ponto de contato.

Ação do aparelho no corpo

O ultrassom produz ondas que podem ser térmicas ou não térmicas, possui uma penetração tecidual profunda, de até quatro centímetros na camada adiposa, e promove alterações nos tecidos, seu efeito acelera o metabolismo local, melhora a circulação e o edema, promove a orientação das fibras colágenas e remove a gordura de dentro dos adipócitos (células de gordura).

As correntes esterodinâmicas funcionam de modo a facilitar a fluidez do sistema linfático, melhorando a remoção de gordura e toxinas, depositadas no sistema pela ação do ultrassom. As correntes polarizadas atuam na abertura dos poros, dando eficácia ao tratamento em si, e também facilitando a penetração e absorção de princípios ativos específicos, que são alguns tipos de gel produzidos com fármacos usados na estética, para ter um resultado mais satisfatório. Esses géis são usados em conjunto com o manthus e proporcionam a melhor atividade do aparelho sob o local aplicado, melhorando seu efeito.

De acordo com o que vimos acima, podemos concluir que as ondas do ultrassom alteram as células adiposas e proporcionam sua redução, aumentando o aporte sanguíneo local, levando o produto de toxinas para a corrente linfática, ali sendo facilmente eliminada pela urina, e melhores resultados são obtidos através da absorção de géis compostos de princípios ativos especiais.

Indicações para o tratamento Manthus:

– gordura localizada

– celulite em seus diversos graus

– flacidez

O TEXTO CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

– pós-operatório de cirurgias plásticas (melhorando a vascularização, diminuindo edema e aderências).

Obs. Vale lembrar que é um equipamento que auxilia e tem grandes efeitos nesses itens, mas de nada adianta se o cuidado com a alimentação e atividade física não forem regrados e rotineiros.

Como é feito?

Para iniciar o tratamento, é aplicado um gel, que pode ser apenas condutor do cabeçote, ou pode ser composto por fármacos, no local; em seguida, o aparelho é aplicado em movimentos circulares e lentos, em velocidade aproximada de 1 a 2 cm/seg. Dura em média 30 minutos, é indolor e produz uma leve sensação de formigamento, tendo até mesmo um efeito relaxante. Geralmente é feito duas vezes por semana, e de início é solicitado dez sessões, modificando conforme for a evolução da paciente. A percepção dos efeitos varia de pessoa para pessoa, cada metabolismo é único, e cada um tem seu tempo.

É contraindicado: gestantes, diabéticos e hipertensos descompensados, problemas cardíacos, marca-passo ou próteses metálicas, doença renal, adolescentes, doença na pele, processo tumoral.

Para obter ainda melhores resultados, pode ser feito associado ao manthus, uma sessão de drenagem linfática manual, auxiliando a drenagem mecânica feita pelo aparelho, aumentando a fluidez e melhorando a eliminação das toxinas da sessão.

Vantagens: é uma técnica moderna e eficiente, ajuda a eliminar aqueles “pneuzinhos” que não damos jeito em desfazer, ou daquelas celulites indesejadas, e o custo não é tão alto (se for comparar com outros aparelhos usados na estética). Qual é a mulher que não que se livrar desses “fantasmas” da beleza? Então, vamos aproveitar!

Sobre Jeniffer Manfrini

Fisioterapeuta formada pela Uniasselvi Fameblu, apaixonada pela incrível máquina que é o nosso corpo humano, sempre em busca de novos conhecimentos e experiências. Atua como estagiária pela faculdade e é uma futura pós-graduanda em dermato-funcional.

Leia também

Óleo de Rícino – Para que serve, benefícios e onde comprar

Estudos recentes tem mostrado que o óleo de rícino (ou óleo de mamona) pode auxilar …

Óleo de Argan – Para que serve, benefícios e como usar

Rico em vitamina E, o óleo de argan e muito utilizado para o tratamento do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!