Página Inicial » Emagrecimento » Linhaça dourada – Para que serve, benefícios e como consumir

Linhaça dourada – Para que serve, benefícios e como consumir

A farinha de linhaça dourada além de trazer benefícios para coração, previne alguns tipos de câncer e ainda ajuda no emagrecimento.

Linhaça dourada

A linhaça se caracteriza semente do linho, Linum usitatissimum, e tem uso em culinária. A própria planta é popular desde 5 mil a.C., na área da Mesopotâmia. E tem determinação como alimento funcional, gerando benefícios ao intestino, coração, e ainda com prevenção de certos tipos de câncer.

Porém, o benefício de destaque da linhaça se resume à perda de peso, já que suas fibras agem em liberar glicose no sangue e diminuem ainda a acumulação da gordura no organismo. E também é opção de cereal não apresentando glúten.

Nutrientes da Linhaça Dourada

Em relação à semente da linhaça, para 10 gramas há 49,5 kcal. E há 2 tipos de linhaça, a linhaça marrom e a linhaça dourada, porém as mesmas não possuem enormes diferenças em relação ao aspecto nutricional.

Com exceção de um pouco mais dos ácidos-graxos Ômega 3 e 6 em linhaça marrom, porém se caracterizam condições que podem mudar segundo área de plantio, como exemplo.

A linhaça ainda é muito rica em lignanas, substâncias bem parecidas com estrógeno e por esta condição, denominadas de fitoestrógenos, que estão associadas com proteção em relação ao câncer de mama, e ossos saudáveis femininos.

As fibras se resumem mais um nutriente relevante em linhaça. A porção de recomendação desta semente se define em 10 gramas diárias, em torno de uma colher de sopa. Tal quantidade apresenta 3,35 gramas das fibras. Sendo necessário ingerir até 25 gramas pelo dia, a mesma possui 13% da quantidade diária indicada.

A porcentagem do valor diário de determinados nutrientes da linhaça na seqüência.

  • 1% de carboidratos;
  • 3% do ferro;
  • 2% do cálcio;
  • 2% das gorduras saturadas;
  • 13% das fibras;
  • 12% do manganês;
  • 13% do magnésio;
  • 3% das proteínas;
  • 9% do fósforo;
  • 6% das gorduras totais;
  • 6% do zinco.

Os valores diários de referência aos adultos baseando na dieta de 2.000 kcal

Conheça os Benefícios da Linhaça dourada

– Auxilia o emagrecimento
Por se resumir rica nas fibras, a ingestão da linhaça dourada com mais alimentos gera barreira em bolo alimentar, que transforma a liberação de glicose em corrente de sangue bem mais devagar.

Assim, não existem picos glicêmicos e é necessário uso menor da insulina, hormônio com responsabilidade de armazenar gordura. Na situação de possuir bastante insulina em circulação no corpo, de modo rápido é sentida necessidade de ingerir mais itens que oferecerão glicose ao corpo velozmente, na situação itens como bolos, biscoitos, pães e doces, que fazem engordar.

Como se não fosse suficiente, simplesmente a insulina estar em quantidades enormes no organismo, induz depositar gordura em tecido adiposo, portanto, torna maior a “massa gorda”.

– Benéfica ao coração
Há algumas controvérsias a este respeito. Trata-se de realidade que o ômega 3 se resume gordura poliinsaturada que age diminuindo taxas do colesterol LDL, ruim, e elevando os de HDL, o bom.

No entanto, as frações com responsabilidade por isto se caracterizam ácido eicosapentaenóico, EPA, e ácido docosahexaenóico, DHA, 2 partes deste ácido graxo de maior notoriedade em peixes, sendo exemplo salmão.

As fontes vegetais do ômega 3 se caracterizam ricas no ácido alfalinoléico, ALA, que de acordo com determinadas pesquisas, não possui tal efeito. No entanto, há evidências que o organismo seja capaz de conversão de ALA em DHA e EPA, assim, o mesmo pode gerar tal benefício.

E é possível se indagar o que tudo isto diz respeito ao coração saudável. Quando há taxas a mais de LDL em circulação pelo corpo, há maior facilidade que placas da gordura tenham depósito nas veias e artérias, um fator denominado aterosclerose. Isto prejudica a passagem do sangue, ocasionando em elevação da pressão arterial e gerando infarto e ainda AVC.

– Controle de diabetes
E ainda o previne. Isto acontece por causa do idêntico mecanismo que diminui picos da glicose, pois, quanto mais insulina é produzida pelo corpo, mais órgãos iniciam a ter resistência à mesma, portanto, fazem solicitação que mais de tal hormônio tenha uso para determinar glicose no interior das suas células.

Tal quadro tem denominação de resistência contra insulina, e ao se agravar, ocasiona diabetes tipo 2, na situação do hormônio produzido pelo organismo não se resumir mais suficiente para absorção do açúcar todo em sangue.

E determinados estudos apontam que ácido alfalinoléico, ALA, um subtipo de ômega 3, parece conseguir diminuir riscos de indivíduos possuírem diabetes, não se entende muito a razão.

– Controle das inflamações
ALA é novamente o bem feitor. Estudos indicam que tal nutriente consegue criar reações anti-inflamatórias, com combate às inflamações que podem ser geradas pelas condições, sendo exemplo hiperglicemia, sedentarismo, tabagismo, dislipidemias e obesidade.

– Funcionamento do intestino melhorado. As fibras, quando ingeridas com porções corretas de água, são capazes de melhorar o trânsito intestinal, e a constipação é impedida.

E, a digestão de fibras ocasiona ácidos graxos de cadeia curta, que fazem incentivos para proliferação de bifidobactérias, a fatia “do bem” de microbiota intestinal, a flora intestinal. Este fator, além de otimizar funcionamento do órgão, ainda auxilia a tornar maior a própria imunidade.

– Proteção do organismo
Além de auxiliar bifidobactérias, ácidos graxos de cadeia curta com proveniência de digestão de fibras, que bloqueiam bactérias ruins intestinais em relação ao transporte à corrente sanguínea, infectando desta maneira o corpo inteiro.

– Prevenção de determinados tipos de câncer
Alguns estudos apontam ação antitumoral deste alimento. No caso das mulheres, isto acontece por causa da presença de lignanas, substâncias bastante parecidas com estrógeno e assim denominadas de fitoestrógenos.  

Várias evidências mostram associação destes hormônios e câncer de mama, e já que lignanas terminam se ligando com receptores de estrógeno, possui função de proteger desta enfermidade.

Já que cada colher de sopa da linhaça apresenta em torno de 15 mg de lignanas, a mesma é determinada o item mais rico em tal nutriente. Há possibilidade que o nutriente ainda se associe com prevenção do câncer de próstata, porém isto ainda está sob investigação.

– Proteção da saúde óssea
A similaridade de lignana com estrógeno faz com que os mesmos compensem a inferior produção de tal hormônio que acontece em menopausa.

Não se entende certamente se o mesmo na realidade se resume de importância em diminuir sintomas do climatério e das mudanças de humor, até por motivo de isto oscilar com a maneira de cada organismo metabolizar tal nutriente.

No entanto, a mesma pode possuir efeito interessante em saúde dos ossos, pois as mulheres pós-menopausa apresentam chances superiores de terem osteoporose, e em saúde cardiovascular feminina.

Leia também: Chia, Quinoa ou Linhaça, qual a diferença? Qual o melhor para emagrecer?

Quantidade adequada da Linhaça

A maior indicação por especialistas é consumo em torno de uma colher de sopa da linhaça, o mesmo que 10 gramas, já que se caracteriza suficiente para ter boa porção de ácido alfalinolênico necessária por dia. No entanto, é possível ingerir um pouco mais, a não ser que se passe da porção de 20 gramas diária.

A partir deste ponto, a quantidade enorme de fibras pode gerar incômodos. A linhaça tem comercialização em grande parte de supermercados e lojas de produtos naturais.

Dicas para consumir a Linhaça dourada

A linhaça é disponível em 4 maneiras para ingestão, sendo em grão, óleo de linhaça, farinha de linhaça, e suplementos.

– Farinha de linhaça dourada
Esta pode ser adicionada aos sucos, frutas, iogurtes e saladas, e por se encontrar triturada, possibilita ideal absorção dos nutrientes todos, sem contar conservação das fibras.

– Grão
Ao ingerir linhaça em grãos, a recomendação é fazer boa mastigação para quebra da própria casca. Como a mesma é produzida da celulose, não tem digestão em intestino e termina se transformando em barreira aos nutrientes.

Mais uma maneira de garantia da ingestão dos seus nutrientes é fazer trituração, porém apenas é possível fazer conservação do item pela geladeira durante 4 dias, e passando disto são perdidos seus nutrientes essenciais.

Ainda é possível adquirir a linhaça moída de modo industrial, que possui validade correspondendo um mês ao abrir. Ou pode-se bater a mesma de forma direta com iogurtes, vitaminas e sucos.

– Óleo de linhaça dourada
Ao ser prensado a frio, o mesmo se transforma opção interessante e pode ser usado nas preparações prontas, sendo exemplo o tempero da salada.

No entanto, tal óleo não pode ter aquecimento, e não ser prensado em calor, já que as temperaturas elevadas fazem anulação das propriedades. Assim, é necessária bastante cautela na compra. E, tal tipo perde fibras.

– Suplementos
A ingestão do 
óleo de linhaça é possível de ter manipulação nas cápsulas. Geralmente, devido à manipulação e processo inteiro em relação à cápsula, as mesmas terminam se resumindo menos eficazes em comparação com alimento in natura, mas sua ingestão desta maneira deve apresentar receita pelo especialista.

Uma combinação interessante da linhaça é com a soja. Os dois alimentos possuem fitoestrógenos, porém os mesmos possuem ações não semelhantes. A linhaça apresenta lignanas, e a soja oferece isoflavonas.

Ambas agem de maneira benéfica em sintomas da menopausa, e a maior parte de especialistas faz incentivo da junção da ingestão dos 2 alimentos na rotina, para então potencializar tal espécie de efeito.

E a soja excessivamente pode gerar problemas em tireoide, o que transforma sua relação com linhaça ainda mais interessante para vida saudável, tendo em consideração que existirá diminuição da ingestão da soja se for ingerida com linhaça.

Leia também: Semente de chia – Benefícios para saúde e emagrecimento

Contraindicações da Linhaça

Por causa do alto teor das fibras, este alimento tem contra indicação às crianças com idade inferior aos 6 meses, que ainda não possuem aparelho digestório que é capaz de fazer digestão eficientemente de tais substâncias. Os indivíduos com intestino que tem funcionamento velozmente podem sofrer incômodos.

Por causa do alto teor de fibras, ingerir mais que 2 colheres de sopa da linhaça pode gerar situações inconvenientes, sendo exemplo produção em excesso dos gases, competição pela absorção, alcançando até obstrução do intestino. E, mesmo que se resuma fonte das gorduras determinadas saudáveis, as mesmas se caracterizam calóricas e podem gerar ganho em excesso do peso.

Sobre Fernanda Mayumi

Leia também

Morosil emagrece? Veja sua composição, relatos e onde comprar

Veja uma resenha completa sobre o emagrecedor Morosil. Como ele atua no corpo, como tomar …

Termogênicos – O que são, Para que serve, se faz mal e como tomar

Saiba como funciona a ação dos termogênicos no organismo. Quais seus benefícios e efeitos colaterais. …

  1. Sou diabético e acredito seja bom pra mim. Vou comprar ainda essa semana na zona cerealista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!