Pesquisar

Hérnia de Disco e Musculação

Dicas e cuidados na musculação para pessoas quem sofrem de hérnia de disco.


PUBLICIDADE

A prática de exercícios resistidos vem cada vez mais ganhando adeptos que buscam seus benefícios. Porém, algumas pessoas portadoras de certas síndromes e doenças, ainda veem a musculação com maus olhos e certo preconceito para o treinamento de força. Isto vem aos poucos mudando, mas ainda faltam esclarecimentos de que certas limitações anatômicas e fisiológicas podem ser amenizadas com a prática de musculação.

A coluna vertebral é composta por várias vértebras, além dos discos intervertebrais, nervos, músculos, ligamentos e a medula. Dentro deste complexo conjunto que acontece a maioria das disfunções que causam dores na região das costas. Porém, se simples dores na coluna não são tratadas de maneira adequada, podem vir a se acentuar e evoluir para doenças mais graves, como a hérnia de disco, que tem seu estágio inicial presente em praticamente 65% da população adulta brasileira, entre 25 e 50 anos de idade. As vértebras da coluna são unidas por articulações conhecidas como discos intervertebrais, que são formados por material fibroso e gelatinoso, e que desempenha a função de amortecimento e dissipação do impacto gerado elo corpo. A hérnia de disco ocorre então, quando parte deste disco (que em geral são os das vértebras cervical, dorsal ou lombar) se desloca para trás ou então para um dos lados da coluna, o que acaba comprimindo o nervo e causando dores bastante incômodas. As razões para isso ocorrer nem sempre estão ligadas a esforços, mas sim a uma condição inicial já existente.

Como este problema ocorre numa das partes mais importantes de nosso corpo e responsável pela absorção e dissipação do impacto, além de ter um papel fundamental na estabilização dos movimentos, a musculação deve ser feita com inúmeros cuidados, para que não se agrave o quadro e para que o treinamento correto auxilie no tratamento.

Exercícios a serem evitados para quem tem Hérnia de Disco

O treinamento resistido para este tipo de caso não pode de maneira alguma comprimir a coluna ou obrigá-la a fazer um esforço desnecessário. Como já citei no artigo sobre agachamento, este é um exercício que deve ser abolido da rotina de quem tem hérnia de disco, pois comprime a região da coluna e obriga esta a estabilizar um movimento amplo, que pode vir a causar piora do quadro e bastante dor, assim como movimentos feitos em posições de compressão, como o leg-press, para quem tem hérnia nas vértebras lombares ou dorsais).

O treinamento da parte superior do corpo não fica tão prejudicado pela hérnia de disco, pois a maioria dos movimentos não necessita de tanta força dos músculos das costas e da coluna vertebral para serem estabilizados. Logicamente existem exercícios que também não são indicados, ou que devem ser feitos com todo o cuidado para não serem executados com uma postura incorreta, mas na maioria dos casos, a parte superior tem um treino igual ao de alguém saudável. O real problema da hérnia de disco é a parte posterior, pois além da necessidade de estabilização maior, é a falta de fortalecimento desta região, que também atua como fator de pré disposição para o surgimento e piora do quadro.

Segundo o Dr. Aluisio Gonçalves, que é membro titular da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia

“a pessoa com protusão discal deve fazer exercícios para o fortalecimento muscular paravertebral, do quadríceps femoral e abdominal. Deve evitar realizar atividade física que gere impacto, e preferir atividades de baixo impacto como bicicleta, transport e principalmente atividade aquática como hidroginástica. Sinta-se bem com os exercícios e não esqueça jamais que você tem hérnia de disco. Mantenha atividade física sempre com orientação de um bom profissional”.

Por isso, é sim possível praticar musculação, mesmo que você tenha hérnia de disco, sendo necessário apenas alguns cuidados na prática.

Hérnia de Disco e Musculação
2.7 (53.33%) 3 votes

Sobre Sandro Lenzi

Educador físico apaixonado pelo desenvolvimento humano. Atuo como produtor de conteúdo, personal trainer e com consultoria online. CREF: 22643-G/SC

37
Deixe um comentário

avatar
20 Tópicos de comentários
17 Respostas do Tópico
0 Seguidores
 
Comentário mais reagido
Tópico de comentário mais em alta
31 Autores de comentários
shaiane da silva oliveiraJuilianaVigner NunesbrunnoAline Aparecida Araujo de souza Autores de comentários recentes
  Inscrever-se  
Mais recente Mais antigo Mais votado
Notificação de
Pietra
Visitante
Pietra

Oi, Sandro. Achei uma incorreção no seu artigo quando você afirma que “O treinamento da parte superior do corpo não fica tão prejudicado pela hérnia de disco”. Acredito que essa afirmativa se aplique para quem tem hérnia lombar. No meu caso, tenho hérnias cervicais e justamente os exercícios para ombros, costas e braços têm sido os mais complicados para mim.

Carmen
Visitante
Carmen

Eu também tenho protusão e abaulamento discal na cervical e não consigo fazer prancha, abdominal, trapézio etc

ANTONIO C. DIMAMBRO
Visitante
ANTONIO C. DIMAMBRO

Tenho hérnia de disco – C3 e C4, qualquer exercício de braço costa ombro, prancha abdominal, trapézio nem pensar. Também penso que sua afirmação sobre a parte superior está incorreta.

João
Visitante
João

Antônio,

Durante muitos anos eu achei que não conseguiria mais treinar musculação, por ter desenvolvido, enquanto praticava o esporte, hernia na c4-c5.

No entanto, hoje pratico novamente, com objetivo de hipertrofia. É possível, sim, e estou nessa há mais de seis meses e já consegui ganhos consideráveis de massa magra. O que me fez conseguir permanecer no esporte foi contar com a ajuda de um personal que conhece a nossa patologia (no meu caso, o meu treinador tem o mesmo problema). Isso fez toda a diferença, já havia tentado outras vezes e sempre me frustrei; as dores voltavam e eu tinha que parar.

Ou seja, não desanime. Dá sim para treinar todos os grupos musculares, com muita cautela e paciência.

abraço,

Aline Aparecida Araujo de souza
Visitante
Aline Aparecida Araujo de souza

quais exercícios você recomenda pois encontra profissionais competentes é difícil

shaiane da silva oliveira
Visitante
shaiane da silva oliveira

Então continue buscando, pois tem sim, fazer por conta ou querer imitar o exercício de outra pessoa, sem uma avaliação é ainda mais arriscado. O melhor treino para você NÃO ESTÁ NO GOOGLE.

Vigner Nunes
Visitante
Vigner Nunes

Tenho hérnia de disco e o agachamento me livrou das dores. Tenho q fazer agachamentos com barra nas costas pelo menos 3x por semana. Ou minha coluna volta a doer!

shaiane da silva oliveira
Visitante
shaiane da silva oliveira

Quer terminar ou piorar com a qualidade de vida de quem tem hérnia de disco, mande ela fazer somente hidroginástica, a biomecânica é clara, sem exercícios de impacto, impossível não termos uma piora do quadro, a questão é quem vai orientar e prescrever o treino, com o devido controle de carga, volume e intensidade, os execícios com impacto não só vão proporcionar uma melhora do quadro, como dar uma melhor qualidade de vida para o aluno. Tanto que, meus alunos que saíram de um quadro de dor e remédios constantes, nunca mais quiseram ficar sem realizar exercícios de impacto sim, o que não pode acontecer é realizar os exercícios por conta própria sem nenhum controle das variáveis do treinamento, matéria essencial e básica de quem se formou no curso de Educação Física, isso sim, não vai resolver, e ainda pior, pode agravar seriamente o quadro do aluno. A palavra é segurança, treine com um profissional que saiba o que está fazendo.

Juiliana
Visitante
Juiliana

Tenho hernia de disco lombar L5 estágio inicial. Comecei a fazer Muay Thay e travei. Falta fortalecimento ou esta prática deve estar banida pra mim? Fazer somente os movimentos de braço e abdominais são muito prejudiciais? Sinto que os movimentos de pernas me prejudicaram mais.

brunno
Visitante
brunno

E quando se tem extrusão cervical (C6-C7) com compressão medular e de raiz (C7)? Estou em tratamento conservador com fisioterapia, por enquanto. Parei de malhar há duas semanas. As dores melhoraram, mas ainda com sintomas neurológicos (dormência e diminuição da força muscular tríceps direito) que espero que desapareçam com a redução da hérnia, sem precisar de cirurgia. Alguma experiência com extrusão? Abs