fbpx
Pesquisar

HCG e emagrecimento, vale a pena usar?

Sandro Lenzi - Educação Física
Atualizado em
Compartilhe:

O HCG é muito mais do que um hormônio, pois se transformou em uma dieta, quase um estilo de vida. Mas será que vale a pena utilizá-lo? É o que iremos mostrar neste artigo!
Dieta HCG

Chega a ser engraçado como as pessoas tem a necessidade de terem heróis, humanos ou não, para idolatrarem.

Basta algum produto ou método começar a dar resultados melhores em determinados contextos, que temos uma legião de fãs incondicionais defendendo seu uso de qualquer forma. Com o HCG não é muito diferente.

A utilização deste hormônio, que é liberado em quantias enormes durante a gravidez, vem sendo indicado para o emagrecimento. Mas será que ele é de fato efetivo?

Muita coisa precisa ser analisada. Apontar um ou outro estudo, sem levar em conta o contexto, público alvo e objetivos, não nos dará uma resposta contundente. Mas é lógico que podemos sim, traçar um cenário mais completo com a utilização de estudos devidamente interpretados.

Mas antes de falarmos disso, é importante entender o que é HCG!

Leia também:

Dieta HCG – O que é, Como funciona, Benefícios, Emagrece?

HCG, entenda o que é esse hormônio!

HCG (gonadotrofina coriônica humana) é um hormônio que nosso corpo produz durante a gravidez pelas células que formam a placenta. Exames de sangue podem detectar a presença desse hormônio em torno de 11 dias após a concepção, ou em exames de urina em torno de 12-14 dias após a concepção.

Fora esta questão importante da placenta, o HCG sinaliza ao hipotálamo (região do cérebro que afeta diretamente o metabolismo) para mobilizar a utilização das reservas de gordura. Na gravidez, o efeito desse hormônio ajuda a trazer nutrientes para a placenta e consequentemente, facilitando o crescimento do feto.

Até aí tudo bem, pois esse é um hormônio que nosso corpo produz naturalmente. O problema é que criaram uma dieta baseada em sua utilização!

Para que você entenda do que estou falando, veja uma análise sobre a dieta HCG!

Dieta HCG, como ela funciona?

Esta dieta não tem nada de novidade. O médico britânico Albert Simeons já utilizava algo parecido na década de 50!

No geral, as pessoas utilizam a dieta HCG por cerca de três semanas. A dieta deve ser iniciada após a 3ª injeção, você deve aderir à dieta de 500 Kcal por até 72 h após a aplicação da última injeção.

Nem um tipo de açúcar, frutas com elevado índice glicêmico, alimentos processados e amidos não são permitidos.

A dieta de HCG combina injeções diárias deste hormônio com uma dieta altamente restritiva de apenas 500 calorias. Os idealizadores da dieta preconizam que você pode perder de 450g a 1,3kg por dia!

Além disso, as pessoas envolvidas nesta dieta são induzidas a realizar atividades físicas. Mas será que vale a pena utilizar esta dieta? É o que vou tentar te explicar!

HCG, vale a pena seguir esta dieta?

Na década de 80, mais precisamente em 1983, os pesquisadores Birmingham & Smith lançaram uma revisão de literatura com um título no mínimo sugestivo “Gonadotrofina coriônico humana não tem nenhum valor ou efeito no controle da obesidade”.

Veja a conclusão do estudo: “Como a ‘terapia’ utilizando o HCG para tratamento da obesidade vem sendo altamente desacreditada e consequentemente rejeitada por grande parte da comunidade médica, qualquer profissional cujos pacientes venham a possuir quaisquer efeitos colaterais indesejados, em decorrência da utilização desta terapia, precisa ser responsabilizado civil e até mesmo criminalmente”.

Estudos sobre o HCG

Em 1995, Lijesen realizou um estudo em larga escala, na Holanda, para verificar se as pessoas que realizavam a utilização de HCG realmente tinham algum resultado palpável em termos de emagrecimento.

Concluíram, após o final do estudo, que não há quaisquer evidências sustentáveis que o hormônio promova perda de peso, maior utilização ou redistribuição de gordura, redução no apetite ou ainda, aumento no bem-estar. Desta forma, o uso do HCG não pode ser considerado uma terapia apropriada para perda de peso em geral.

Acredito que estes dois estudos já sejam bastante conclusivos, somando-se ao fato que não existe na literatura um estudo feito em populações consideráveis, que mostre benefícios na utilização do HCG para o emagrecimento.

Parecer de associações especializadas

Mas se isso ainda não for o bastante, a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, em documento oficial, deu o seguinte parecer:

Considerando que existem diversos médicos administrando HCG para pacientes que buscam emagrecer, alegando eficácia para tal objetivo;

Considerando que não foi encontrada até hoje, nenhuma evidência cientifica de que o HCG seja útil no tratamento da obesidade (sabendo que há evidências de que não há nenhuma eficácia);

Considerando que o tratamento com HCG pode trazer efeitos colaterais consideráveis  para os pacientes, podendo levar a graves consequências clínicas, já citadas na literatura médica;

A SBEM e a ABESO (Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e Síndrome Metabólica) posicionam-se frontalmente contra a utilização de terapias com base no HCG, visando o emagrecimento, levando em conta que conduta não apresenta evidências científicas de eficácia e apresentar riscos para a saúde.

No parecer do CRM (conselho regional de medicina) do Mato Grosso do Sul, temos este texto:

Não há provas científicas sustentáveis de que a Gonadotrofina Coriônica (HCG) aja sobre o metabolismo dos lipídios ou ainda, que tenha qualquer atuação sobre a distribuição dos tecidos adiposos. Consequentemente, a Gonadotrofina Coriônica (HCG) não apresenta qualquer tipo de indicação relativa ao controle de peso.

Pareceres como estes podem ser encontrados aos montes. Porém, quero te mostrar onde esta a grande sacada dos “profissionais” que fazem a utilização desta terapia!

Por que a dieta HCG “funciona”?

Talvez você esteja pensando: mas aquela pessoa que eu conheço disse que emagreceu com a dieta HCG! E vou te falar, se seguir o que eles falam, perde peso mesmo! Como assim? Primeiro, perder peso não é emagrecer, conforme mostramos neste artigo (5 maneiras de potencializar o processo de emagrecimento).

Além disso, cortar calorias de maneira desalinhada, também não é uma estratégia inteligente (Por que comer pouco não é eficiente para emagrecer?).

Desta forma, esta dieta traz malefícios para o corpo e traz apenas uma perda de peso (e não emagrecimento) momentânea. Ninguém precisa de ingestão de HCG para perder peso em uma dieta de 500 calorias! A conta é simples.

Então, se você me disser que conhece alguém que emagreceu com esta dieta, será que ela apenas perdeu peso? Em caso afirmativo, esta pessoa não emagreceu e muito provavelmente, apenas perdeu massa muscular.

Enfim, eu e milhares de outros profissionais estamos alertando. Esta não é uma dieta que traga resultados de verdade ou que seja segura.

Existem milhares de outras formas, saudáveis e sustentáveis de perder peso, sem terapias malucas, muito mais baratas e que farão sua saúde melhorar exponencialmente. Mas para isso, você precisa estar disposto (a) a ser disciplinado (a) e focado (a). A escolha é sua! Bons treinos!

Referências:
Birmingham CL, Smith KC. Human chorionic gonadotropin is of no value in the management of obesity. Can Med Assoc J. 1983.
Lijesen GK The effect of human chorionic gonadotropin (HCG) in the treatment of obesity by means of the Simeons therapy: a criteria-based meta-analysis. Br J Clin Pharmacol. 1995.
Posicionamento oficial da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM) e da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (ABESO) em relação à utilização da Gonadotrofina Coriônica Humana (hCG) para tratamento da obesidade. 2012

CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

26
Deixe um comentário

avatar
12 Tópicos de comentários
14 Respostas do Tópico
0 Seguidores
 
Comentário mais reagido
Tópico de comentário mais em alta
22 Autores de comentários
MariabetaniaMárcio ribeiroJean SoaresCLAUDIAVanilla Morais Autores de comentários recentes
  Inscrever-se  
Mais recente Mais antigo Mais votado
Notificação de
Mariabetania
Visitante
Mariabetania

Vou fazer barulho mesmo não acho meu dinheiro em árvore dor muito valor cada centavo que tenho não sou uma pessoa leiga estudei conheço meus direitos

Mariabetania
Visitante
Mariabetania

Eu vou meter um processo na farmaceutica ou indroquino que me orientou a tomar está maldita solução fui at uma farmácia me recrutaram hcg +o lugol é uma dieta sei que não tenho facilidade de perder peso já fiz cirurgia da tireoide e histerctomia comecei fazer a dieta claro só com a dieta eu com certeza ia perder peso sem medicação nenhuma passou 3,4,5,6,7,no décimo dia fui parar no pronto socorro e não perdir nenhum grama continuei com a dieta fiz o tempo que me foi determinado perdir 3kg é fiquei com anemia prensao alta uma gastrite que está me… Leia mais »

Márcio ribeiro
Visitante
Márcio ribeiro

Kkk engraçado , está matéria diz que induz ao exercício físico, onde é isso pq o protocolo jamais pede isso mesmo pq com exercício físico tem retenção de líquidos não é aconselhável perdi 58 kilos graças ao protocolo e várias pessoas ao meu redor fizeram e perderam n mínimo 15 kilos então não estou entendo este estudo o mais engraçado pq é ao simples que o medo dos médicos tem medo, particularmente com meu sucesso muitos amigos e conhecidos fizeram todos com sucesso , já tenho dois anos não subi nem um grama a mais do peso que cheguei com… Leia mais »

Vanilla Morais
Visitante
Vanilla Morais

o hcg funciona e é real eu perdi 11 kg em um mês fiz a dieta com acompanhamento de um nutrólogo, e o emagrecimento é de gordura, não há perca de massa muscular, pois fiz a bioimpedância durante o acompanhamento e mostrou claramente a perca de gordura, a questão das 500 klc é que o hormônio só funciona com a baixa ingestão calórica, e ninguém sente fome não, pois a gordura passa a ser utilizada como fonte de energia!

Max
Visitante
Max

Esperar o Belviq ser liberado no Brasil vai ajudar muito a conseguir segurar a dieta do HCG. To no aguardo. Não consigo fazer dieta mas com ele vai ser fácil…