fbpx
Página Inicial » Saúde » Ginseng Siberiano – Para que Serve, 15 Benefícios e Efeitos Colaterais
Ginseng Siberiano

Ginseng Siberiano – Para que Serve, 15 Benefícios e Efeitos Colaterais

São tantos benefícios que o Ginseng Siberiano proporciona para saúde e estética, que muita gente tem utilizado seu suplemento no dia a dia. Veja a dosagem recomendada e onde comprar.

O Ginseng costumava ser mais usado para compor bebidas energéticas. Você já ouviu falar dele? É uma planta de origem chinesa cujo crescimento se dava pelas montanhas da Manchúria.

Ele é usado há 5 mil anos por sua quantidade enorme de benefícios, além de possuir outras espécies com características específicas. Ele também era considerado como símbolo de harmonia divina, para você ter uma ideia de sua importância.

Hoje vamos falar de um ginseng específico, o Ginseng Siberiano, nome científico Eleutherococcus senticosus. Ele pode ser muito importante para sua saúde. Confira a seguir!

O que é Ginseng Siberiano?

Existem 3 tipos de Ginseng: o Ginseng Oriental, o Ginseng Americano e o Ginseng Siberiano.

Vale lembrar que o Siberiano não é biologicamente o mesmo tipo de planta dos outros Ginseng, mas por suas características e propriedades parecidas ele acaba recebendo este nome.

O Ginseng Siberiano vem sendo muito utilizado como uma alternativa natural ao tratamento da fadiga, da falta de concentração e da perda de eficiência.

Ele é tido como um revigorante inovador e é preferível se comparado ao uso de outros remédios com efeitos colaterais muito pesados.

Leia também => Guaraná em pó – Termogênico no emagrecimento e estimulante na musculação

Para que serve?

O Ginseng Siberiano serve para auxiliar o sistema imunológico, já que consegue aumentar a produção de anticorpos. Ele também é utilizado para reduzir o colesterol ruim, melhorar o sistema circulatório e controlar a pressão arterial.

Além disso, ele pode diminuir inflamações e melhorar o bem-estar, além de conseguir equilibrar o humor e tratar a insônia causada pela ansiedade. Para completar, ele é benéfico ao coração.

Podemos ainda citar outras propriedades e funções, como:

  • Tônica e revitalizante;
  • Antioxidante;
  • Afrodisíaca;
  • Fortificante;
  • Estimulante;
  • Depurativa;
  • Diurético;
  • Antidepressiva;
  • Hemostática;
  • Hipotensora.

Leia também => Ginkgo biloba – Para que serve, benefícios e indicações

Quais são os seus componentes?

Dentre os principais componentes do Ginseng Siberiano podemos listar:

Vitaminas do complexo B: tem como função regular a produção de energia no organismo, além de manter a saúde do sistema nervoso, dos cabelos, da pele e do intestino.

Cobalto: é muito importante para a função normal de todas as células, particularmente as da medula óssea e sistemas nervoso e gastrointestinal.

Magnésio: entre seus benefícios, podemos falar do auxílio à contração e relaxamento muscular e da produção e transporte de energia.

Ferro: possui diversos benefícios com relação à corrente sanguínea.

Quais são os benefícios?

Entre os benefícios do Ginseng Siberiano, é importante citar:

Aumento de energia:

O Ginseng Siberiano é conhecido há muito tempo por proporcionar uma maior fonte de energia, melhorar condições atléticas e ainda manter o corpo saudável.

Alívio aos sintomas de resfriado:

As raízes do Ginseng Siberiano possuem propriedades que aliviam os sintomas da gripe, reduzindo a febre e desencadeando o muco.

Ação anti-inflamatória:

Eestudos coreanos mostraram que a planta pode diminuir inchaços, aliviar dores e reduzir outros sintomas de inflamações.

Função anti-bacteriana:

Alguns estudos indicam que o Ginseng Siberiano age na prevenção contra bactérias em nosso organismo. Isso ocorre porque ele estimula o metabolismo ao elevar o nível energético do corpo.

Ajuda o sistema digestivo:

Ele consegue proporcionar um melhor funcionamento ao sistema digestivo, assim como impulsionar uma maior e mais eficaz absorção de nutrientes.

Fortalecimento capilar:

O Ginseng Siberiano deixa o cabelo mais saudável e forte, além de prevenir a queda e impulsionar o crescimento capilar. A Vitamina C e o Ginseng também formam um bom combo para seu cabelo.

Redução da pressão sanguínea:

Se usada moderadamente, a planta é capaz de diminuir a pressão arterial. Mas não exagere na dosagem ou pode acabar tendo prejuízos.

Tratamento contra diabetes:

Alguns estudos apontam que o Ginseng Siberiano consegue agir na redução e na regulação dos níveis de açúcares na corrente sanguínea.

Por isso ele pode ser utilizado como suporte no tratamento contra a diabetes.

Alívio aos sintomas da artrite:

Além de auxiliar na prevenção do reumatismo,  o Ginseng também ajuda a curar a artrite reumática, assim como diminuir as dores e aliviar outros sintomas.

Perda de peso:

Por agilizar e acelerar o metabolismo, ele permite que a perda de peso seja mais eficiente.

Tratamento contra disfunção erétil:

Alguns homens relataram que consumir regularmente o Ginseng Siberiano ajuda a curar a sua disfunção erétil.

A substância ajuda a regular o fluxo sanguíneo e aumentar a energia, o que é positivo para o sistema reprodutor.

Tratamento contra insônia:

Ao reduzir o estresse e a ansiedade, o Ginseng Siberiano automaticamente também reduz a insônia, que é um de seus sintomas.

Função antidepressiva:

A planta pode ser um bom complemento natural no tratamento contra a depressão, pois eleva a energia e ajuda na formação de pensamentos e atividades positivas.

Manutenção dos pulmões:

além de manter os pulmões saudáveis, porque ajuda a liberar muco, o Ginseng também auxilia na eliminação de bactérias no sistema respiratório.

Saúde renal:

O Ginseng Siberiano age na eliminação de toxinas, o que auxilia na prevenção de doenças e no bom funcionamento dos rins.

Leia também => Ginseng, alivia o estresse e faz bem para o coração

Como usar?

O Ginseng Siberiano pode ser consumido por meio de chá ou de cápsulas. As cápsulas costumam ser mais populares pela sua praticidade.

A parte importante na hora de escolher os produtos é prestar atenção na concentração da substância de cada distribuidor para que o consumo seja seguro.

Se optar pelo suplemento, a dosagem recomendada é de 300mg por dia. Existem cápsulas com essa dosagem, então tome 1 cápsula ao dia.

Procure fazer isso durante as refeições, para melhor aproveitamento da substância. Se tiver dúvidas com relação à dosagem, procure esclarecê-las com um médico ou nutricionista.

Nunca consuma mais do que a quantidade indicada.

Onde comprar o suplemento?

onde comprar o suplemento

Você pode comprar o suplemento de Ginseng Siberiano em uma farmácia de manipulação de confiança e nossa parceira há muitos anos e que vende o produto pela internet. Clicando no banner abaixo você poderá ter mais informações do produto e consultar o preço:

O Ginseng Siberiano possui efeitos colaterais?

Mesmo que o Ginseng Siberiano seja um suplemento natural, é importante consumi-lo corretamente, pois apenas dessa forma as chances de efeitos colaterais são quase nulas.

No entanto, é bom lembrar que, como qualquer substância, efeitos secundários negativos são possíveis. No Ginseng, os mais notados foram:

  • Náuseas e mal-estar;
  • Dores de cabeça;
  • Hiperatividade;
  • Nas mulheres, seios inchados ou sangramentos vaginais;
  • Frequência cardíaca acelerada;
  • Insônia ou distúrbios do sono.

Quais são as contraindicações?

Alguns médicos não indicam o Ginseng Siberiano para pessoas que já estão fazendo tratamento com remédios antidepressivos, pois ele pode causar alguma interferência química e prejudicar os resultados previstos.

Além disso, o suplemento não é recomendado caso você esteja fazendo tratamento utilizando medicamentos específicos para o coração. O Ginseng pode influenciar a pressão arterial e causar problemas sérios.

Se estiver consumindo remédios relacionados à coagulação do sangue, também evite tomar o suplemento ou pode correr o risco de sofrer hemorragias.

Gostou do artigo e todas as informações sobre o Ginseng Siberiano? Então deixe seu comentário logo abaixo e compartilhe com seus amigos nas redes sociais.

CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!
Ginseng Siberiano – Para que Serve, 15 Benefícios e Efeitos Colaterais
5 (100%) 1 vote

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever-se  
Notificação de