fbpx
Pesquisar

Fruta do Conde: 9 Benefícios, Nomes, Propriedades e se Engorda

Atualizado em
Compartilhe:

A fruta do conde é também conhecida por outros nomes como: ata, fruta pinha ou pelo seu nome científico, Annona Squamosa.

Sua origem no mundo é desconhecida, porém no Brasil é bastante precisa e tem a ver com o seu nome.

É que ela foi introduzida no país pelo Conde de Miranda, o governador da Bahia no período colonial, próximo ao ano de 1825.

Seu cultivo, atualmente, acontece nas Américas, na Ásia e na África. Saiba mais sobre os benefícios da fruta do conde.

fruta do conde

9 benefícios da fruta do conde

São pouco conhecidos pela maior parte da população os benefícios da fruta do conde.

Isto porque, a despeito de seu valor histórico no país, ainda é pouco consumida em algumas regiões.

1. Melhora a imunidade

Estudos científicos demonstram que a fruta do conde possui propriedades as quais são capazes de fortalecer o sistema imunológico.

Desta forma, o corpo fica mais preparado para lidar e combater possíveis infecções.

2. Pode atuar como analgésico

Outra sugestão de estudos é que a fruta do conde pode igualmente funcionar como um analgésico, diminuindo as dores.

Por certo, não substitui os medicamentos tradicionais, mas sim atua como um complementar destes.

3. Combate a diabetes

O TEXTO CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

Uma das vantagens do consumo da fruta do conde é a sua capacidade de regulação dos níveis de glicose e insulina no sangue.

Evitando picos do açúcar (glicose) e do hormônio responsável por carregá-lo às células (insulina), também favorece a saúde dos diabéticos.

4. Boa para o coração

A fruta do conde auxilia na saúde do sistema cardiovascular por dois motivos.

O primeiro deles, é que controla os níveis de colesterol no sangue.

O segundo, diz respeito à regulação da pressão arterial, evitando que fique muito alta.

5. Aliada nas dietas

Por proporcionar a saciedade, a fruta do conde garante que a fome seja suprida por um bom tempo.

Assim, sem necessidade de comer a mais, a pessoa em dieta consegue se manter dentro do seu cardápio sem maiores problemas.

6. Auxilia no tratamento de doenças reumatológicas

Embora não seja capaz de substituir as medicações convencionais, a fruta do conde pode sim ajudar a aliviar os sintomas de doenças reumatológicas como a osteoporose.

Isto porque seus minerais (ferro, cálcio e fósforo) promovem o fortalecimento ósseo.

7. Melhora a memória

A atuação atinge também o sistema nervoso central. A fruta do conde fortalece as sinapses no cérebro, fazendo com que a memória seja reforçada e haja maior estímulo de aumento nos níveis de concentração.

8. É um laxante natural

Dentre os alimentos considerados laxativos e reguladores do intestino, a fruta do conde pode ser um dos mais potentes.

Isto em função dos níveis de fibras, principalmente, aliado a outras vitaminas e minerais.

9. Um antioxidante natural

Os antioxidantes são responsáveis por combater os radicais livres no organismo.

Sendo assim, auxiliam as células de diversas formas nos seus processos regenerativos.

Por conseguinte,  ajuda a evitar o envelhecimento precoce e diminui a chance de doenças como as neurodegenerativas.

Veja também:
Graviola: Para que serve, 11 Benefícios, se emagrece e como comer

Fruta do conde engorda?

A fruta do conde, característica por seu formato de coração, possui calorias assim como qualquer outro alimento.

No entanto, ela pode ser aliada das dietas por uma série de fatores.

Em primeiro lugar, vemos que ela fornece uma sensação de saciedade, conforme já salientado anteriormente.

Isto significa que apenas aos poucos o corpo vai liberando a energia para as células.

A consequência mais básica é a de que, com isto, o organismo demora mais a requisitar energia.

Ou seja, demora mais a sentir fome. Sendo assim, fica mais fácil prosseguir com o plano da dieta.

Adicionalmente, esta fruta fornece uma série de nutrientes responsáveis por gerar benefícios diversos ao organismo.

Como vimos, eles vão desde o combate a dores até a doenças neurológicas.

Leia também:

Graviola: Para que serve, 11 Benefícios, se emagrece e como comer

Propriedades da fruta do conde

arvore plantar fruta do conde

A fruta do conde é detentora de uma série de componentes que garantem o bem-estar ao organismo.

Além disso, ela é uma boa fonte de fibras, uma das responsáveis, por exemplo, por garantir a saciedade e regular o intestino.

Além disso, ela é indicada igualmente no combate à desnutrição.

Isto porque as suas vitaminas (A, complexo B e C, principalmente) atuam diretamente no fortalecimento do corpo.

Ela tem também minerais que contribuem nisto: potássio, magnésio, ferro e cálcio.

Seu uso na medicina natural demonstra uma boa parte de seus benefícios.

Neste caso, ela é considerada diurética (diminuindo a retenção de líquidos), laxante, facilitadora da digestão, cicatrizante e anti-reumática.

Como preparar

Na medicina natural, considera-se toda a planta como terapêutica. Deste modo, o modo de preparo depende do que se usará.

O mais comum é comer a fruta do conde em si e não o restante da planta.

Ainda assim, suas folhas são usadas, por exemplo, com vistas a combater vermes.

De modo geral, toda a planta é utilizada contra a anemia, como laxante natural e para melhorar o trânsito no sistema digestivo.

Veja também:
Fruta physalis - Seus 14 grandes benefícios para saúde

Dicas de como plantar a fruta do conde em vídeo

Sobre Equipe Treino Mestre

Artigos assinados pelo Treino Mestre são escritos pela nossa equipe de profissionais de Educação Física, Nutricionistas, Fisioterapeutas, Atletas e demais colaboradores ligados a saúde e ao esporte. Conheça a equipe principal do Treino Mestre clicando aqui.

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever-se  
Notificação de