Pesquisar
Fosfatidilcolina fontes
Lecitina de soja, uma das principais fontes de Fosfatidilcolina

Fosfatidilcolina: Para que serve, Funções, 9 Benefícios e Dosagem

Será que a fosfatidilcolina emagrece? Quais seus reais benefícios para saúde? Tire todas as dúvidas agora e conheça quais as melhores fontes nos alimentos e como tomar o suplemento.


PUBLICIDADE

Índice – Principais itens sobre a fosfatidilcolina nesse artigo:

O que é fosfatidilcolina?

A fosfatidilcolina é um fosfolipídio sintetizado pelo corpo humano a partir da Colina, os fosfolipideos são moléculas formadas a partir da junção de fósforo com duas moléculas de ácido graxo e uma de glicerol.

A colina e seus subprodutos, como fosfatidilcolina e a acetilcolina são responsáveis por manter a integridade celular e suas atividades sinalizadoras, além de controlar a entrada de substâncias para o interior celular.

A fosfatidilcolina é sintetizada pelo fígado  naturalmente mas também pode ser encontrada em alimentos e na forma de suplemento.

Para que serve:

A fosfatidilcolina faz parte do grupo de fosfolipídios que formam a membrana celular e assim atuam na proteção de cada célula. Uma de suas principais funções é a proteção do fígado contra o excesso de toxinas.

Também é a forma de armazenamento da colina, quando necessário o fosfolipídio é quebrado para que a molécula seja liberada, com isso a colina acaba agindo como precursor de acetilcolina.

Ajuda a melhorar as funções cerebrais como memória, concentração, raciocínio e a resposta neural, retarda o envelhecimento das células e promove a síntese de novas células.

Funções:

Proteção celular através da membrana de fosfolipídios e controle da entrada de substâncias para o meio intracelular.

As fosfatidilcolinas são parte do processo de produção de substâncias surfactantes, essas agem para manter o bom funcionamento pulmonar e gastrointestinal.

Tem papel importante na absorção de gorduras no intestino, atua na formação dos quilomícrons para que a gordura seja transportada pelo organismo até chegar nas células.

É responsável pela separação entre a bile e o colesterol, para que o colesterol possa ser absorvido e utilizado pelo organismo. Esse processo se dá pela solubilização biliar.

É fonte do neurotransmissor colina que tem papel fundamental para o bom funcionamento cerebral, ainda não ficou claro qual a interação da fosfatidilcolina com a melhora da concentração e da memória mas esses resultados são vistos de forma significativa.

Benefícios:

1- Melhora da memória e concentração:

O TEXTO CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

Ainda não ficou claro qual a interação da fosfatidilcolina com a melhora da concentração e da memória mas esses resultados são vistos de forma significativa.

2- Retarda o envelhecimento cerebral:

A fosfatidilcolina é uma importante fonte de colina para o cérebro e os neurônios e com isso ajuda a prevenir e retardar o envelhecimento desses órgãos, também melhora a resposta a estímulos já que a colina tem ação direta nas transmissões neurais.

3- Ótimo cicatrizante em casos de hepatite:

As respostas a  casos de hepatites A, B e C foi muito positiva podendo ser visto, em alguns casos de hepatite crônica, uma redução na evolução da doença.

4- Combate a esteatose hepática:

A suplementação de fosfatidilcolina ajuda a reverter quadros de esteatose hepática em pacientes que apresentavam deficiência de colina antes de iniciar o tratamento.

5- Combate a gordura no fígado:

Pacientes que sofriam com problema de excesso de gordura no fígado submetidos ao tratamento com fosfatidilcolina apresentaram redução dos níveis de gordura acumulada no fígado.

6- Regeneração hepática:

O fígado é um órgão com capacidade de se regenerar, por isso tem uma rotatividade de células muito intensa e precisa de substrato para conseguir substituir essas células por novas de forma eficiente.

7- Protetor hepático:

As fosfatidilcolinas protegem o fígado contra a ação do álcool e de medicamentos que são metabolizados no fígado e seus efeitos que danificam as funções hepáticas.

8- Ajuda na perda de peso:

Uma baixa concentração de fosfatidilcolina pode interferir negativamente na perda de peso, por isso uma dieta rica nestes compostos pode ajudar a aumentar o metabolismo das gorduras e assim a perda de peso.

9- Intestino mais saudável:

AS fosfatidilcolinas são importantes na produção do muco intestinal, esse muco é responsável pelo revestimento de todo o intestino como proteção da sua mucosa, por serem anti inflamatórias elas ajudam a amenizar os sintomas causados pela colite ulcerativa.

Fontes nos alimentos:

A fosfatidilcolina é encontrada naturalmente nos alimentos:

  • gema dos ovos,
  • na soja,
  • no fígado,
  • amendoim,
  • e no trigo.

Existem também alimentos industrializados cuja fosfatidilcolina é acrescentada como emulsificante como a margarina e os biscoitos ultraprocessados.

Suplemento de fosfatidilcolina – como tomar e dosagem:

O suplemento de fosfatidilcolina é feito a partir da lecitina de soja, é comercializado em cápsulas de 420mg.

O uso do produto sugerido é de 3 cápsulas de 400mg dividido em 3 doses diárias, totalizando 1200 mg por dia. De preferência ingerir junto com as refeições.

A dosagem diária não deve nunca ultrapassar 3 g pois isso pode causar efeitos colaterais.

É recomendado que antes de iniciar o uso de qualquer tipo de suplemento ou medicamento um médico seja consultado para garantir que a dose usada é a correta para o seu caso e que não há riscos de efeitos colaterais, assim, de forma segura, os resultados apresentados tendem a ser mais eficazes.

Efeitos colaterais:

Em pessoas que fazem uso da fosfatidilcolina de maneira correta, ainda não foram relatados nenhum tipo de sintomas referentes à efeitos colaterais, mas em casos de superdosagem( doses superiores à 30g por dia) podem ocorrer vômito, diarreia e suor excessivo.

Existem pessoas que indicam o uso da fosfatidilcolina através de injeções musculares mas essa prática pode causar edemas, manchas e queimação no local.

Contraindicações:

Pessoas que fazem uso de medicamentos como doneprezil ou a tacrina não devem usar esse suplemento pois podem aparecer efeitos como fraqueza, bradicardia, dificuldade para respirar e convulsões;

Como não existem estudos comprovando que não há riscos, gestantes devem evitar o uso do suplemento de fosfatidilcolina.

Pessoas que fazem uso de qualquer tipo de medicamento contínuo devem procurar ajuda médica antes de iniciar o tratamento para evitar interações medicamentosas.

Fosfatidilcolina: Para que serve, Funções, 9 Benefícios e Dosagem
4.7 (93.33%) 3 votes

Sobre Equipe Treino Mestre

Artigos assinados pelo Treino Mestre são escritos pela nossa equipe de profissionais de Educação Física, Nutricionistas, Fisioterapeutas, Atletas e demais colaboradores ligados a saúde e ao esporte. Conheça a equipe principal do Treino Mestre clicando aqui.

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever-se  
Notificação de