Página Inicial » Corridas » Força mental na Corrida

A força mental pode ser uma importante aliada e exercer influências positivas no desempenho da corrida.

Força mental na Corrida

O desempenho físico não é tudo que um bom corredor precisa. Dada a complexidade que a corrida tem e impõe a nosso corpo, não basta um excelente Vo2 Máx, uma musculatura forte e resistente se sua mente não estiver em dia, se a sua força mental, sua concentração e capacidade de superar as adversidades não estiver muito bem regulada. E não estou falando apenas de atletas de alto rendimento, mas sim de amadores que buscam realizações pessoais e superação de desafios na corrida. O maior problema disso tudo é que treinar a mente não é tão fácil quanto exercitar o corpo e acredite, ter uma mente treinada requer muito mais disciplina do que ter um corpo treinado.

Quem corre, sabe que em diversos momentos do treino ou até mesmo em provas, nosso cérebro, num mecanismo de defesa da homeostase, tenta sabotar o exercício, criando dores imaginárias, cansaço que não é fisiológico mas sim psicológico e outras artimanhas que este magnífico órgão nos impõe. Um corredor bem preparado e que sabe que o cérebro vai tentar sabotar sua corrida em defesa da manutenção normal do metabolismo, sabe que se ele não der ouvidos a isso, o cérebro se adapta e para com seu maléfico plano de sabotagem. Antes de mais nada, quero deixar claro que no que se refere a lesões, se a dor persistir e for incomoda demais, o mais correto é procurar um ortopedista para melhor avaliá-lo.

Treinando sua força mental

Mas voltando a força mental na corrida, assim como os músculos, o cérebro também precisa de treinamento. O ponto inicial deste treino é estabelecer metas e conseguir encontrar mecanismos que te façam focar nestas metas. Estas metas tem de serem mensuráveis, como por exemplo, praticar pelo menos 5 minutos diários de exercícios de visualização (caso você tenha dificuldade em se enxergar em situações de sucesso ou esteja sem confiança para prosseguir), fazer um treino com arrancada no fim dele, pelo menos uma vez na semana (para quem diminui o ritmo no fim da prova), ou então seguir a risca a sua planilha de treinos por pelo menos uma semana (para quem tem dificuldade em manter a rotina de treinos). Cada treino mental é específico e não existe fórmula para todos. Você terá que avaliar quais seus pontos fracos e trabalhar em cima deles. As metas também tem de estar focadas nos seus objetivos, pois não adianta por exemplo você focar em correr 10 km em determinado tempo, se seu objetivo é terminar uma maratona.

Veja algumas dicas para potencializar sua força mental nos treinos:

  1. Escolha Uma Meta de Desempenho: Tendo uma meta de desempenho, que pode ser terminar certa quilometragem sem andar ou fazer uma prova num determinado tempo, vai te dar mais confiança para desafios maiores no futuro. Estabeleça metas desafiadoras, mas que possam ser alcançadas, pois caso contrário, você ficará frustrado se não conseguir atingí-las.

  2. Encontre Maneiras de Focar: manter-se focado no treino requer que você use certas artimanhas, como por exemplo, contar suas passadas, contar quantas vezes você respira e inspira ou qualquer outra coisa que faça você manter-se concentrado. Mente vazia é oficina da quebra de desempenho.

  3. Pratique o Que te dá Insegurança: Se você tem insegurança em provas com morros, pratique neles (veja mais neste artigo onde falamos do treino em ladeiras para corredores). Se você tem insegurança em provas longas, diminua o ritmo e treine distâncias mais longas. Treino mental é sinônimo de enfrentar seus medos e vencer desafios, por isso pratique desafiar-se.

Este artigo daria muitas e muitas páginas, mas como já mencionei, o treino mental é muito particular de cada um e os métodos geralmente se aplicam dentro de um contexto e não para todos. Lembre-se, treinar a mente é tão importante quanto treinar seu corpo.

Sobre Sandro Lenzi

Educador físico apaixonado pelo desenvolvimento humano. Atuo como produtor de conteúdo, personal trainer e com consultoria online.
CREF: 22643-G/SC

Leia também

Crioterapia para corredores, efeitos positivos ou negativos?

A utilização de crioterapia vem se tornando muito grande, principalmente por parte dos corredores de …

o que comer antes e depois da corrida

Quem corre sabe da necessidade de uma dieta regrada que esteja de acordo com seus …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!