Pesquisar
Diuréticos

Diuréticos – O que são, para que servem, indicações e tipos

Será que os diuréticos emagrecem mesmo? Quais são as indicações? Veja agora como eles agem e as versões em remédios naturais e chás.


PUBLICIDADE

Os diuréticos são substâncias bastante conhecidas por quem sofre com a famosa retenção líquida. E é possível encontra-los em diversos formatos diferentes, que vão desde medicamentos mais fortes até chás naturais, vendidos sem prescrição médica.

No artigo de hoje, vamos explicar melhor como funcionam os diuréticos, se eles são recomendados para a perda de peso e quais são os mais indicados para cada tipo de problema. Confira!

O que são os diuréticos?

Como falamos, os diuréticos ajudam a diminuir a retenção líquida. Isso acontece porque eles agem nos rins, fazendo com os órgãos trabalhem mais e possam permitir a urina de ser expelida em maior quantidade.

Com isso, temos a excreção principalmente de sódio, que deixa de ser acumulado pelos rins e passa a agir no sangue, transportando a água de maneira bem mais rápida.

Benefícios – Para que os diuréticos servem?

Como eles ajudam a liberar os líquidos através da urina, os diuréticos ajudam a diminuir aquela sensação de inchaço que a retenção causa. Além disso, eles vão ajudar com as dores localizadas nesses locais com excesso de líquido acumulado. Entenda melhor os benefícios dos diuréticos:

– Liberam os líquidos acumulados:

Essa liberação dos líquidos acumulados pode ser fundamental para quem se sente constantemente cansado, inchado e com dificuldades para realizar atividades físicas devido à retenção líquida. Nesses casos, os diuréticos podem ajudar a emagrecer.

– Abaixam a pressão arterial:

Um fato importante de ser citado é a atuação dos diuréticos na pressão arterial. Quando eliminamos mais líquido, com ele eliminamos também o sódio em excesso, que é um dos responsáveis por uma pressão arterial elevada. Por isso, muitos médicos recomendam diuréticos para quem sofre com esse tipo de problema.

– Diminuem dores:

Como falamos, os diuréticos ajudam a diminuir aquelas dores causadas pelo inchado comum na retenção líquida. Há, então, uma sensação de maior leveza e bem-estar, especialmente quando os medicamentos são utilizados de forma correta e sem excessos.

É importante citar que alguns diuréticos são mais fortes que outros e, por isso, precisam de um direcionamento médico correto. Além disso, mesmo os mais naturais devem ser usados com prudência e sem excesso.

Isso porque eliminar mais líquido que o necessário pode causar excesso de potássio, por exemplo, e outros problemas de saúde.

Exemplos de diuréticos mais comuns – Confira!

Remédios diuréticos
Alguns Remédios diuréticos são usados no tratamento de hipertensão

Antes de mais nada, precisamos falar que existem basicamente três tipos de diuréticos. O tiazídico, que é mais indicado para o tratamento de hipertensão, os de alça, que são mais eliminadores de líquido quando há alta retenção e os antagonistas de aldoterona, que são os mais naturais e indicamos para uso esporádico em casos não graves.

Separamos, então, os principais medicamentos conhecidos para essa finalidade, assim como chás mais naturais para os casos menos graves. São eles:

– Furosemina:

Esse é um dos medicamentos mais fortes para ação diurética. É aconselhável que seja usado com prescrição médica e por quem tem retenção líquida severa.

– Clortalidona:

O TEXTO CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

Outro medicamento diurético, ele é mais indicado para pessoas com problemas de pressão arterial. Geralmente, é um medicamento de uso controlado e prescrito por um médico. Não aconselhamos o uso sem o respaldo de um profissional, pois pode haver desidratação e outros problemas de saúde.

– Chá verde:

O chá verde é um poderoso diurético natural e pode ser encontrado em farmácias de manipulação ou até mesmo em supermercados. É ideal para os casos menos graves e para quem busca apenas emagrecer. Lembrando que o excesso é ruim, mesmo sendo natural. Opte por um copo por dia, no máximo.

– Chá de Hibisco:

Outro chá que caiu nas graças das pessoas é o de hibisco. Natural e altamente diurético, ele ajuda muito a diminuir os sintomas da pressão alta e é um excelente aliado da perda de peso. Pode ser encontrado na internet e em lojas de produtos naturais.

– Chá de Gengibre:

Quer uma boa opção de chá que ainda seja saborosa? O gengibre é perfeito, porque pode ser feito com canela, que traz um sabor a mais, sem prejudicar a ação diurética do gengibre. Esse chá você pode preparar em casa, cortando o gengibre em pedaços e deixando ferver por 15 minutos.

– Diuréticos naturais:

Além de chás e medicamentos, há também os diuréticos naturais, que podem ser consumidos todos os dias. Entre eles, temos a melancia, o tomate, o pepino e a cenoura. Na realidade, a maioria dos vegetais e frutas podem ajudar a desinchar o corpo e eliminar os líquidos indesejados.

Contraindicações

Vale a pena sempre procurar um médico caso seus sintomas sejam muito severos e te incomodem além do normal. Porém, para quem busca apenas perder o excesso de líquidos comuns aos dia-a-dia, os diuréticos naturais e os chás são mais indicados.

Os diuréticos naturais aqui citados proporcionam vários benefícios, mas devem ser consumidos com cautela e com orientação profissional. 

No caso da hipertensão, alérgicos as substâncias citadas nesse artigo, com problemas renais ou hepáticos, só devem consumir esses diuréticos com orientação médica. Na dúvida, sempre é válido fazer uma consulta.

Gostou do texto de hoje sobre os diuréticos? Comente logo abaixo e deixe seu depoimento sobre sua experiência com os diuréticos. Compartilhe com seus amigos nas redes sociais!

Diuréticos – O que são, para que servem, indicações e tipos
5 (100%) 1 vote

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever-se  
Notificação de