Página Inicial » Fitness » Diferenças entre a Yoga e o Pilates. Qual é Melhor?

Diferenças entre a Yoga e o Pilates. Qual é Melhor?

Se está em dúvida entre praticar Yoga ou Pilates, separamos suas diferenças em vários aspectos para auxiliar em sua decisão.

Dentre as inúmeras dúvidas que o site Treino Mestre recebe diariamente, esta é uma das mais recorrentes. Talvez pela constante confusão que ambas as práticas causam nas mentes dos que não tem o conhecimento sobre cada uma delas. Neste sentido, tanto o artigo sobre Pilates como o sobre a Yoga e este aqui tem como objetivo principal melhor informar a você leitor sobre os benefícios e como funciona cada tipo de treino.

Eleger qual de duas atividades é melhor do que a outra, sempre é difícil. Até por que o conceito de melhor está atrelado a objetivos e metas, ou seja, fatores extremamente pessoais. Assim, o que pode ser melhor para mim não seja para você e assim por diante. Desta forma, vou fazer uma pequena lista de fatores e mostrar o que cada uma das práticas pode oferecer de bom para você. Assim então você, meu amigo leitor, pode tirar suas próprias conclusões.

Yoga ou Pilates, Qual Escolher?

Posições Yoga - Diferenças para o Pilates

Ambas as atividades não foram criadas para serem exercícios físicos nem foram criadas a pouco tempo. A Yoga é milenar e tem por principal objetivo integrar corpo e mente num corpo sadio. Dentro dela existem divisões que tem focos diferentes, seja na filosofia que a Yoga prega, seja na questão das posturas e exercícios.

O Pilates foi criado por Joseph Pilates para tornar seu corpo, então franzino e sem força, mais robusto e forte. Após isso, o método, que prioriza a estabilidade muscular aliada a flexibilidade, foi usado como método terapêutico de recuperação de soldados durante a II Guerra Mundial. Enfim, como os objetivos iniciais não eram o exercício físico como prática em si, alterações foram feitas e hoje temos as versões mais modernas de ambos. Vejamos como cada prática se sai em pontos específicos para que você possa tomar suas decisões corretamente.

Gasto Calórico

Antes de mais nada é interessante que saibamos que o gasto calórico varia de acordo com o nível de condicionamento de cada um e com fatores metabólicos. Estes números apresentados são estimativas e podem variar para mais e para menos. Assim, uma aula de Pilates pode queimar até 550 calorias para um praticante avançado e cerca de 380 calorias para um iniciante. Mas estes são só gastos durante a atividade. No gasto calórico total o número pode chegar a mais de 900 calorias. Já a Yoga, depende muito do estilo. Mas de uma forma geral, os estilos que priorizam o exercício físico, como a Power Yoga, a Hata Yoga entre outras, pode ter uma queima de cerca de 450 calorias por aula. Assim como o Pilates, o gasto calórico total também é mais elevado, chegando a gastar cerca de 800 calorias no total. Assim sendo, com pouca margem, ponto para o Pilates.

Fortalecimento Muscular

O TEXTO CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

Este é um ponto chave para ambos, pois é o fortalecimento e estabilização muscular o objetivo da maioria das pessoas que buscam conscientemente e não por modismos estas duas práticas. Tanto a Yoga quanto o Pilates promovem um fortalecimento e estabilidade muscular bastante satisfatórias em seus praticantes, sendo que em ambas a melhora do tônus muscular promove uma melhora do metabolismo basal.

Condicionamento Físico Geral

pilates diferenças para yoga

Apesar de este não ser o principal objetivo de nenhuma das duas, tanto a Yoga quanto o Pilates promovem uma melhora de fatores como força, flexibilidade, resistência muscular e coordenação motora. Portanto, ambas são eficientes neste quesito.

Hipertrofia

Este é um ponto em que ambas não apresentam bons resultados. Não adianta, quem quer hipertrofia precisa de musculação. Nenhuma das duas tem ganhos satisfatórios ou melhores do que a musculação no quesito hipertrofia, até por que nenhuma das duas tem este objetivo.

Muito bem, cada uma das atividades pode trazer ganhos para sua saúde e seu corpo, porém dentro dos objetivos e expectativas de cada. Cabe a você escolher qual delas se enquadra melhor em seu estilo e objetivos.

Leia também

6 elementos de um bom treino de flexibilidade

Um treino de flexibilidade precisa ser pensado em seu sentido mais amplo. Veja neste artigo …

Aplicativos fitness e seus riscos!

A crescente onda dos aplicativos fitness fez com que muitas pessoas passassem a utilizá-los de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!