Dietas e Nutrição

Dieta do Guerreiro – Como funciona, precauções e relatos

A dieta do guerreiro tem sido usada para emagrecer e também para hipertrofia. Saiba agora como ela funciona, alimentos presentes no cardápio e os resultados.

Dieta do Guerreiro

Whey Protein Growth Supplements

O que é

A dieta do guerreiro, também conhecida como dieta do jejum intermitente, é um tipo de dieta que se baseia no livro The Warrior Diet do autor Ori Hofmekler. É uma dieta bastante controversa e que não é recomendada pelos profissionais da área da alimentação e nutrição.

A dieta do guerreiro é assim chamada por permitir que a pessoa fique por muito tempo em jejum e se alimente com bem poucas refeições ou apenas uma refeição só com a finalidade de perda de peso de forma rápida e até ganhar massa muscular.

Essa é uma dieta elaborada sem cunho científico, apenas através de observações feitas pelo próprio autor do livro e vai contra todos os achados, pesquisas científicas e conceitos da área da nutrição e da área médica.

Como funciona

A dieta do guerreiro se baseia em períodos de alimentação e períodos de jejum. Ela ensina que, durante o dia, deve-se comer somente o mínimo e, se possível, não comer nada e, durante a noite, o corpo deve se alimentar bem para compensar o jejum realizado durante o dia.

Existem várias vertentes dessa dieta, umas mais brandas e outras mais severas. As mais brandas permitem o consumo de refeições leves durante o dia ou apenas o consumo de uma refeição durante o dia seguida de uma boa alimentação durante a noite.

Já a vertente mais severa não recomenda o consumo de nenhuma refeição durante o dia, mas somente água, e apenas uma refeição durante a noite.

Esse método afirma que, com o jejum durante o dia e uma boa alimentação durante a noite, aliados à prática de atividade física, é possível reduzir o peso de forma rápida.

O jejum permitido pela dieta do guerreiro que pode variar de acordo com cada pessoa. Esse tempo pode ser de oito, dez, doze horas ou até mais. Há casos onde a pessoa fica até 20 horas em jejum. Apesar dessa recomendação, não é obrigado a pessoa passar tanto tempo em jejum a ponto de sentir fome.

Caso sinta vontade de comer pode ser alimentar de forma bem leve com os alimentos recomendados para serem ingeridos durante o dia.

Já à noite, a pessoa pode comer o quanto quiser sem se preocupar com o horário e sem restrição de quantidade. A refeição pode ser feita até mesmo pouco antes de dormir na quantidade que desejar.

O TEXTO CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

Nessa dieta, o dia e o período de jejum são considerados contendo 20 horas e a noite é contada como tendo somente 4 horas, pois o dia e o início do jejum começam a ser contatos a partir do início do sono seguindo o amanhecer e o decorrer do dia.

Quando as 20 horas são completadas dá-se o início da fase de alimentação que ocorre durante a noite com a duração de 4 horas, fechando o ciclo das 24 horas por dia.

Em suma, a dieta do guerreiro não recomenda o consumo alimentar durante o dia ou somente quando o corpo sentir fome e uma boa alimentação durante a noite. Dessa forma, o corpo pode passar muitas horas sem sentir fome, ao contrário do que os profissionais da área da nutrição recomendam que é se alimentar de 3 em 3 horas, mesmo, às vezes, o corpo não sentindo fome a fim de evitar uma superalimentação.

Para que serve

A dieta do guerreiro promete ajudar a emagrecer rápida ou ajudar o corpo a não engordar. A teoria dessa dieta para a finalidade de perda de peso seria que, se o corpo não se alimenta muito com alimentos que ajudam no aumento de peso como os carboidratos, por exemplo, evita o ganho de peso e utiliza as reservas de gorduras como fonte de energia no lugar dos carboidratos.

Essa dieta também promete o ganho de massa muscular. Isso porque ela recomenda atividades físicas para fortalecimento do corpo e para a hipertrofia muscular. Alguns dos exercícios indicados são musculação, agachamentos, saltos, entre outros.

Como fazer a dieta do Guerreiro

A dieta do guerreiro é recomendada para ser seguida da seguinte forma:

1. Após a última refeição realizada à noite, dá-se o início do jejum. Por exemplo, se a última refeição realizada foi as 20:00, a partir daí começa o jejum até o ouro dia. A duração do período do jejum pode variar para cada pessoa.

2. Ao acordar, se você quiser comer, pode tomar café, chá, água ou comer frutas ou outros vegetais.

Tribulus Terrestris Growth Supplements

3. Durante o restante do dia, você pode comer a mesma alimentação recomendada no café da manhã e se não desejar comer nada pode somente tomar água.

4. Durante a noite, o consumo está liberado sem restrição de quantidade. O recomendado é se alimentar até o corpo se sentir saciado. Recomenda-se começar a refeição noturna com vegetais, seguida de proteínas e gorduras. Caso ainda sinta fome, você pode acrescentar carboidratos à alimentação.

Alimentos que fazem parte da dieta

Essa dieta segue princípios parecidos com a dieta paleolítica, pois se baseia na dieta dos ancestrais que viviam de forma rudimentar e que comiam os alimentos oferecidos pela natureza da forma mais natural possível. Os ancestrais iam em busca do seu alimento e preparavam-nos de forma simples e natural.

Portanto, assim como a dieta paleolítica, a dieta do guerreiro também prioriza uma alimentação mais natural. Os alimentos recomendados para essa dieta são:

  • Frutas, verduras e legumes;
  • Infusões como café e chá;
  • Proteínas: carne vermelha, frango, peixe, frutos do mar, ovos e toda carne de origem animal;
  • Leites animal e vegetal;
  • Gorduras: azeite, óleo de coco, manteiga, etc.;
  • Carboidratos integrais e complexos: cereais integrais, leguminosas, oleaginosas, sementes, tubérculos e raízes.

A recomendação é comer carnes, ovos e leites sem a adição de hormônios. O consumo de alimentos industrializados não é recomendado e nem o consumo de alimentos ricos em açúcar, pois são os que causam o aumento de peso.

Além desses alimentos citados, a dieta permite o consumo de água, porém, algumas vertentes mais severas não permitem o consumo de água em jejum, porém, uma boa hidratação deve ser sempre mantida.

Contraindicação

A dieta do guerreiro não deve ser feita por gestantes, idosos, crianças, diabéticos ou portadores de enfermidades mais graves por causa da restrição de carboidratos e energia causando prejuízos para a saúde dessas pessoas.

Precauções

É preciso muito cuidado ao realizar a dieta do guerreiro ou qualquer outro tipo de dieta muito restritiva. Sabemos que a principal fonte de energia para o nosso organismo são os carboidratos e essa dieta limita a ingestão desses nutrientes. Com a baixa oferta de carboidratos, o organismo pode sentir esse impacto e ter seu funcionamento prejudicado.

Caso você opte por realizar essa dieta, comece aos poucos e não faça longos períodos de jejum logo de cara para que o seu corpo não sinta os impactos e você não passe mal. É sempre bom ter uma opção de doce caso você sinta tonturas, pois isso pode ser um sinal de glicemia baixa.

Essa dieta permite a prática de atividade física mesmo nos momentos de jejum. Porém é preciso muito cuidado com esse tipo de conduta, pois praticar atividade física em jejum podem causar hipoglicemia e gerar danos mais sérios para a saúde como desmaios e até coma.

Quem for realizar o estiver fazendo a dieta do guerreiro deve ter muito cuidado em relação ao peso porque, ao término dessa dieta, o corpo pode voltar a engordar.

É praticamente impossível alguém conseguir vier a vida toda dessa forma fazendo mais jejum do que se alimentado e, por isso, se uma reeducação alimentar adequada não for realizada, o corpo pode ganhar todos os quilos perdidos e até ficar acabar ficando com um peso maior do que tinha antes de iniciar a dieta.

O ideal é que, quem deseja iniciar a dieta do guerreiro ou qualquer outra dieta, procure sempre a ajuda de um nutricionista. Esse profissional é o mais recomendado para dar todas as orientações para a perda de peso de acordo com as necessidades nutricionais de cada pessoa.

Relatos sobre os resultados

Você já fez ou ainda está fazendo a dieta do guerreiro? Então ajude os próximos leitores deixando seu relato sobre os resultados logo abaixo em nossa área de comentários. Diga também como era seu antes e depois da dieta do guerreiro!

Clique e se inscreva

Equipe Treino Mestre

Artigos assinados pelo Treino Mestre são escritos pela nossa equipe de profissionais de Educação Física, Nutricionistas, Fisioterapeutas, Atletas e demais colaboradores ligados a saúde e ao esporte. Conheça a equipe principal do Treino Mestre clicando aqui.

12 Comentários

  1. Obrigado pelas dicas já eliminei 28.6 pois ANTES a 8 meses atrás era obeso estava com 140 kilos jejum intermitente +Uma dieta balanceada+ academia +natação =resultados fantasticos hoje estou muito feliz 111,6. Meu nome é Moisés e agradeço as dicas são muito importantes.

  2. Legal a matéria, mas acho que faltou um pouco de embasamento, pra começar existem sim pesquisas científicas acerca do jejum intermitente, talvez o autor da dieta não às tenha lido, mas há descobertas no sentido contrário ao que a doutrina majoritária da nutrição acredita… inclusive o aumento do hormônio gH e por isso ela é indicada também para hipertrofia e não simplesmente por “dizer que é preciso fazer exercícios físicos” o que é óbvio quando o objetivo é hipertrofia

  3. Adotei esse estilo de alimentação já a um mês e é bem aceito pelo meu corpo. Elimino uma média de 2 kgs por semana. Tenho 1,80 e no momento 88 kg, minha meta é 74 kg. Me alimento das 12:00 as 16:00 após alcançar meu objetivo, adotarei o estilo 16:8, vamos ver como ficará.

  4. ola, faco a dieta de uma forma diferente.eu treino pela manha,ai prefiro me alimentar apos o treino.

    ex: eu treino das 7:00 as 8:30 me alimento as 9:00, 10:00, 11:00 e meio dia.

    pode ser feita desta maneira ou devo fazer as refeiçoes a noite

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar