Página Inicial » Emagrecimento » Conheça os benefícios do consumo de Óleo de Coco extra virgem

Conheça os benefícios do consumo de Óleo de Coco extra virgem

Antes de comprar o óleo de coco, saiba todas as informações nesse artigo. Seus benefícios e malefícios, se emagrece ou engorda. Sua versão em cápsulas e como tomar.

Óleo de coco

Um excelente maneira de cuidar da nossa saúde é através da alimentação. Alimentos fritos são os primeiros que devem sair da lista e também os óleos feitos a partir da gordura animal como a banha de porco. Uma opção muito mais saudável é substituir o óleo vegetal de todo dia (soja, canola, etc) pelo óleo de coco. Existem duas versões dele: o refinado, que é fabricado a partir do coco seco, e o extravirgem, feito com o coco fresco (a extração do óleo deve ser feita até 48 horas após a colheita). Esses são fatores importantes para se observar na hora da compra, e se o coco for de plantação orgânica, a qualidade do óleo será ainda melhor.

Que a água de coco é rica em sais minerais e vitaminas, é um ótimo isotônico natural e traz inúmeros benefícios à saúde não é nenhum segredo. Mas é outro produto derivado da fruta que vem fazendo sucesso com a promessa de eliminar os quilinhos a mais: é o óleo de coco extravirgem. Um ótimo complemento para manter a dieta equilibrada e com inúmeras propriedades benéficas para a saúde.

O que é o Óleo de Coco

O óleo de coco é um produto natural, de origem vegetal. Ele é extraído por meio de um processo de prensagem a frio da carne do coco, sem passar por processos de refinamento e desodorização, assim as propriedades são mantidas. Isso evita a oxidação e a consequente produção de LDL (colesterol ruim). Com ação antioxidante, ele age na estrutura e funcionamento do sistema metabólico.

Apesar da fama de gorduroso e engordativo, o óleo de coco é formado por um tipo de gordura “do bem”, chamada de triglicerídeo de cadeia média (TCM), e muito positiva para o funcionamento do organismo.

Para serem digeridos e metabolizados, esses triglicerídeos não necessitam de enzimas, por isso são considerados termogênicos, ou seja, são capazes de gerar calor e queimar calorias.

Composição do óleo de coco

Apesar de ter gordura saturada, muito conhecida por prejudicar o organismo, o tipo que aparece no coco é diferente e consegue trazer vários benefícios para a nossa saúde. Em temperatura ambiente, o óleo fica no seu estado líquido enquanto que em baixas temperaturas, fica sólido da mesma forma que a gordura animal. Mas porque o óleo de coco é diferente? Ele apresenta ácidos graxos de cadeia média ou triglicerídeos de cadeira média (TCM), isso significa que são absorvidos facilmente pelo fígado e metabolizados, se transformando em energia. Portanto, a gordura vinda do óleo não seria armazenada dentro dos adipócitos, sendo gasta como forma de energia para as funções do corpo.

Óleo de coco emagrece?

Os TCM presentes no óleo consegue ativar hormônios que liberam a sensação de saciedade, fazendo você comer menos. Só que aqui há um porém: o óleo de coco consegue ser muito mais eficaz, ou seja, funciona melhor, no indivíduo que pratica atividade física. A substância ficou bastante conhecida não apenas por ajudar na perda de peso, mas principalmente, por ajudar na remoção da gordura localizada que é tão difícil de sair.

O óleo de coco consegue atuar especialmente na região abdominal por conta da presença de uma gordura, o ômega 9. Esse nutriente consegue reduzir a produção do hormônio cortisol, responsável pelo acúmulo de gordura na região da cintura. Porém, não se descobriu ainda como se dá a perda da gordura, já que o óleo não produziu nenhuma modificação significativa na lipoproteína lipase, a enzima responsável por degradar a gordura. Neste caso, o que ele pode fazer é reduzir o acúmulo de gordura na região abdominal.

Leia também: Óleo de cártamo: origem, como tomar e benefícios para quem quer emagrecer

Benefícios do óleo de coco

Prevenção de infecções
Dois importantes componentes do óleo de coco conseguem exercer a função de proteger a nossa saúde: o ácido cáprico e o láurico O ácido graxo de maior prevalência no óleo de coco e quando entra no corpo humano se transforma em monolaurina. Este, por sua vez, atua como um poderoso agente antibacteriano, antiprotozoário e antiviral. Assim, esse ácido consegue atuar na prevenção e no tratamento da Herpes, Cândida albicans, Giárdia, Clamídia, entre outras.

Previne a hipertensão arterial
Um dos grandes males da saúde nos dias atuais é a hipertensão arterial. A alimentação desregrada, a falta de exercícios físicos e o estresse estão cada vez mais presentes. Portanto, consumir alimentos que ajudem a evitá-lo é muito importante e melhora a qualidade de vida. O óleo de coco possui elevados níveis de HDL, um colesterol que faz bem ao nosso corpo e que ainda consegue reduzir a quantidade LDL, um colesterol ruim que se deposita nas paredes das artérias e forma as placas de ateroma.

É a formação dessas placas de gordura que, com o tempo, torna a passagem do sangue pelo vaso cada vez mais difícil. Elas podem fechar a passam e evitar que o sangue chegue até determinado tecido do corpo e com isso, também impede a chegada de oxigênio, um gás fundamental para a nossa sobrevivência. A isso dá-se o nome de infarto, que pode ocorrer em qualquer parte do corpo, sendo mais prevalente no coração e do cérebro (órgãos com maior irrigação e ligados diretamente ao sistema cardiovascular).

Reduz a constipação
Por ser um óleo e também por possuir o ácido láurico, que elimina as bactérias ruins, o óleo de coco pode ser bastante eficaz no tratamento da prisão de ventre. Qualquer tipo de óleo ajuda a deixar a passagem do bolo fecal através do tudo digestivo muito mais fácil. Só que é preciso ter cuidado na dosagem, porque óleo em excesso pode provocar desidratação por diarreia.

Rico em antioxidantes
Sim, o óleo de coco também é um poderoso agente antioxidante. Isso significa que essa substância ajuda a reduzir a quantidade de radicais livres circulando no nosso corpo. Os radicais livres são substâncias que provocam a oxidação das gorduras, por exemplo, isso aumenta a quantidade de placas de ateroma e também causam processos inflamatórios. Além disso, eles interferem na estrutura do DNA no momento da divisão celular, modificando a cadeia e trazendo sérios problemas de saúde como o desenvolvimento de um câncer.

Leia também: Óleo de prímula – Para que serve, benefícios e efeitos colaterais

Alta concentração de ácido láurico
O óleo de coco extravirgem é o único óleo vegetal que contém alta concentração de ácido láurico, o mesmo presente no leite materno e responsável por fortalecer o sistema imunológico. Esse ácido é conhecido pela sua ação antivírus, antifúngica e antibacteriana.
No organismo o ácido láurico é convertido em monolaurin, que auxilia no combate a inúmeras infecções.

Outros benefícios do óleo de coco extra virgem

O óleo de coco é muito indicado para aquelas pessoas que querem perder peso de maneira natural, sem precisar recorrer a dietas extremamente restritivas. Entre os benefícios para a saúde estão:

  • Como dito anteriormente, ele atua como poderoso auxiliar na redução da gordura, principalmente a abdominal, devido a sua ação termogênica que acelera o metabolismo;
  • É um tipo de gordura que tende a gerar saciedade, diminuindo a fome;
  • Regula a função intestinal, tanto em casos de “intestino preguiçoso” como em situações de diarreia, os componentes da gordura de coco atuam normalizando as funções intestinais;
  • Seu uso regular melhora a saúde geral e ajuda a reduzir os níveis de LDL (colesterol ruim) e aumenta os níveis de HDL (colesterol bom);
  • Por ter ação antioxidante, contribui para diminuir a produção de radicais livres e, com isso, retarda o envelhecimento da pele e previne doenças crônicas;
  • Atua como protetor cardiovascular e dos problemas da tireoide;
  • Melhora o sistema imunológico;
  • Alivia os sintomas da menopausa e da tensão pré-menstrual (TPM).
  • Alta concentração de ácido láurico
  • O óleo de coco extravirgem é o único óleo vegetal que contém alta concentração de ácido láurico, o mesmo presente no leite materno e responsável por fortalecer o sistema imunológico. Esse ácido é conhecido pela sua ação antivírus, antifúngica e antibacteriana.
  • No organismo o ácido láurico é convertido em monolaurin, que auxilia no combate a inúmeras infecções.
Como consumir o óleo de coco

Não é porque o óleo de coco é uma substância cheia de benefícios que ele pode ser consumo de maneira exagerada. Afinal de contas, ele ainda é um óleo e por isso, possui uma grande quantidade de calorias. Uma ou duas colheres de sopa por dia é o suficiente para oferecer todos os benefícios do óleo. Ele pode ser colocado em saladas e sucos, ou seja, dê preferência aos pratos frios.

Quanto às frituras com óleo de coco ainda há controvérsias. Porém, uma coisa é certa: quando aquecido em temperaturas muito elevadas ele perde as suas propriedades antioxidantes e também suas moléculas de rearranjam de forma que ele se transforma num óleo comum.

Como tomar o Óleo de Coco

O óleo de coco é encontrado em lojas de produtos naturais e também na maioria dos grandes supermercados brasileiros em sua versão em cápsulas para facilitar o consumo.
As maneiras de utilizá-lo são muitas. Por ser um óleo bastante estável – ao ser aquecido não perde suas propriedades nutricionais – é excelente para uso culinário.
Os nutricionistas têm indicado o óleo de coco como complemento a dieta diária. A recomendação é consumir duas ou três colheres de sopa do produto por dia, mas sem exageros, pois o consumo em excesso, em alguns casos, pode ocasionar diarreias.
O óleo pode ser tomado puro ou misturado a outros alimentos. O ideal é que sejam preparações frias para preservar as propriedades nutricionais. Uma opção é utilizá-lo como tempero de saladas, misturado ao iogurte ou em shakes.

Consumo exagerado e os malefícios

O óleo de coco é realmente um alimento cheio de benefícios, mas pode facilmente se transformar no vilão se for ingerido em excesso. Por mais que ele seja um tipo de gordura benéfica para o nosso corpo, o fígado só consegue metabolizar até uma determinada quantidade. O restante acaba indo parar na corrente sanguínea e se acumulando nas paredes dos vasos sanguíneos ou então parando dentro dos adipócitos, aumentando a circunferência abdominal.

Leia também: Os melhores suplementos para queimar gordura e emagrecer

Receitas com óleo de coco

Bolinho de banana

Ingredientes

  • 3 Colheres de sopa de óleo de coco extravirgem
  • 1 Colher de sopa de farinha de linhaça
  • 1 Colher de sopa de essência de baunilha
  • 1 Colher de chá cheia de fermento químico em pó
  • 2 bananas da prata
  • ¾ de xícara de chá de farinha de arroz
  • 1/6 de xícara de chá de água
  • ¾ de xícara de chá de açúcar mascavo
  • 1 pitada de sal
  • Canela em pó a gosto

Modo de preparo

  1. Misture no liquidificador as bananas amassadas, a água, o óleo de coco extravirgem, a essência de baunilha, o açúcar mascavo e a canela em pó.
  2. Depois de bater até que fique com um aspecto homogêneo, despeje o conteúdo numa vasilha.
  3. Acrescente a farinha de arroz, a farinha de linhaça, o sal e o fermento.
  4. Misture até formar uma massa única e uniforme.
  5. Ponha nas formas e leve para o forno preaquecido a 180°.
  6. Deixe assar por cerca de 25 a 30 minutos.

Purê de abóbora

Ingredientes

  • 1 Colher de sopa de óleo de coco
  • ½ Xícara de chá de leite de coco
  • 2 Dentes de alho médio ralado
  • 1 Abóbora paulistinha de tamanho médio
  • Pimenta do reino, sal, canela e ervas frescas a gosto

Modo de preparo

  1. Corte a abóbora em cubos e cozinhe no vapor.
  2. No liquidificador, bata a abóbora já cozida com os temperos.
  3. Despeje essa mistura numa panela e acrescente o óleo e o leite de coco.
  4. Acenda o fogo médio e mexa a mistura sem parar, até que comece a soltar do fundo da panela.
  5. Está pronto para servir.

Suco de abacaxi com hortelã

Ingredientes

  • ½ Copo de água filtrada
  • 2 Fatias de abacaxi (melhor se for orgânico)
  • Folhas de hortelã a gosto
  • 1 Colher de sopa de óleo de coco

Modo de preparo

  1. Misture todos os ingredientes no liquidificar e sirva.
  2. Acrescente gelo se quiser.

Sobre Calila Galvao

Leia também

Cactínea – Para que serve, benefícios no emagrecimento e onde comprar

A cactínea é um termogênico natural, feito à base de cactos e que tem como …

Morosil emagrece? Veja sua composição, relatos e onde comprar

Veja uma resenha completa sobre o emagrecedor Morosil. Como ele atua no corpo, como tomar …

  1. Acho que vou comprar e experimentar pra ver se me ajuda a emagrecer, tenho ouvido falar tão bem do óleo de coco…não custa tentar.

  2. Estou usando há mais de dois meses, e os resultados são excelentes, em tudo! Pele, intestino e perda de peso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!