Página Inicial » Suplementos » Como suplementar sem gastar muito (6 dicas fundamentais)

Como suplementar sem gastar muito (6 dicas fundamentais)

A suplementação é uma ferramenta que pode ser muito útil para você, mas também pode representar um gasto grande. Veja como suplementar sem gastar muito dinheiro!

como gastar pouco com suplementos whey protein bcaa e glutamina

A utilização de suplementos muitas vezes é tida  de maneira errônea, como fundamental na busca por resultados. Porém, sabemos que o custo de um suplemento de qualidade é bastante elevado e em um cenário de retração econômica como vivemos atualmente, isto se torna um fardo bastante pesado. Porém, com estratégias coerentes, é possível suplementar sem gastar tanto e manter os bons resultados.

Para isso, é preciso usar de planejamento estratégico e principalmente, saber eleger prioridades. Existe muitos casos onde a suplementação não se faz necessária e com isso, por menos que os produtos custem, acabam agregando valor a soma total.

Por isso, para suplementar sem gastar muito, é preciso que você leve em consideração uma série de itens, que no todo, podem representar uma série de economias.  Veja agora como suplementar sem gastar muito!

Como suplementar sem gastar muito e ainda manter a qualidade!

Muitos pontos precisam ser avaliados quando pensamos em uma estratégia de dieta. Um deles é a suplementação e de que maneira, ela pode interagir com a ingestão de alimentos sólidos, para promover uma melhora adaptação ao treinamento. Desta maneira, muito mais do que apenas pensar em suplementar sem gastar muito, você precisa levar em conta os diversos componentes envolvidos.

Como isso é tarefa para um bom nutricionista, vou me ater a questões práticas!

1. Tente entender o motivo que te faz suplementar:
Apesar de estar implícito no nome, muitas vezes as pessoas esquecem o motivo pelo qual usam tais produtos. Suplementos servem para compor uma dieta, mas muitas vezes, não são fundamentais para os resultados. Eles tornam a dieta mais prática e muitas vezes, são usados para complementar o que não foi alcançado.
Desta maneira, antes mesmo de comprar determinado suplemento, é preciso entender por que ele está sendo usado. Será que não temos opções mais baratas? Será que não é possível substituir ele por determinado alimento? Mas para ser possível isso, você precisa ter ajuda profissional e entender por que ingere determinado suplemento. Sem isso, fica difícil eleger prioridades.

2. Busque substitutos mais baratos
Um exemplo clássico da indústria do suplemento e de como podemos economizar é a recente onda da batata doce em pó. O quilo deste suplemento é algo exorbitante, quando comparado com o valor do produto in natura. Apesar de ser mais prático, é possível com um pouco de organização, substituir o produto em pó por opções in natura. Além disso, por ser menos processado, a opção natural tem muito mais vantagens para sua dieta.
O mesmo vale para as proteínas, onde muitas vezes temos opções muito mais baratas. A clara de ovo pasteurizada, por exemplo, pode ser muito útil, barata e prática. Dependendo de como é seu ritmo de vida, você pode inclusive usar alimentos no lugar dos shakes. Ao invés de suplementar em determinadas situações do dia, use clara de ovo ou frango, que são muito mais baratos e tem muito mais qualidade nutricional. Tudo isso precisa ser levado em conta!

O TEXTO CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

3. Priorize a qualidade
Temos um exemplo muito comum das pessoas que gastam dinheiro à toa com suplementação. Muita gente usa em seu dia a dia BCAA e Whey Protein. Salvo alguns casos específicos, um Whey de boa qualidade já contém os aminoácidos presentes no BCAA, tornando o uso deste último desnecessário. É lógico que quem tem que ver isto é o nutricionista, mas no geral, existem suplementos que são desnecessários para quem não é atleta. O mesmo acontece com a glutamina, que em inúmeros casos, não se faz necessária. Outro caso muito comum é o uso da dextrose (ou maltodextrina), que na grande maioria dos casos, é desnecessária. Por mais que este seja um suplemento barato, ele agrega no custo total e pode ser retirado. Por isso, ao invés de ingerir 4 ou 5 suplementos diferentes, opte por 1 ou 2 de alta qualidade. Com toda a certeza você terá muito mais resultados!

4. Pesquise
Hoje a internet nos proporciona uma série de vantagens, como a possibilidade de pesquisar para encontrar produtos mais baratos. Com organização, é possível encontrar suplementos mais baratos, sem que haja perda de qualidade. Mas para isso, você precisa se organizar quanto aos prazos de entrega, para que o seu uso seja contínuo. O mesmo vale para as lojas físicas, onde muitas vezes podemos encontrar promoções que fazem com que haja uma discrepância enorme entre os valores de um mesmo produto.

5. Real necessidade
O que mais vejo por aí são pessoas que treinam mal, comem errado, mas não largam sua coqueteleira. Suplementar será algo benéfico se todo o contexto estiver adequado. De nada adianta tomar o melhor Whey protein se você não treinar constantemente. O mesmo vale para a dieta no geral, pois o suplemento será apenas um auxiliar! Se o contexto no todo estiver errado, tomar whey depois do treino, mas não comer direito o restante do dia, de nada vai adiantar! Por isso, antes de pensar em qual suplemento tomar, pense em qual maneira você vai usar para treinar com qualidade e para comer direito. O suplemento tem que ser consequência!

6. Procure um nutricionista
Pode parecer óbvio, mas grande parte das pessoas não se importa em pagar R$300 em um suplemento, mas não gasta este valor em um nutricionista. Este profissional irá montar uma dieta para você, onde a suplementação seja bem dosada, com possibilidades de trocas. Um nutricionista capacitado é aquele que irá encontrar maneiras para que você suplemente o estritamente necessário e jamais o contrário! Ir ao nutricionista para saber qual suplemento usar é o erro mais básico de qualquer dieta. Você tem que ir ao nutricionista para usar o mínimo possível de suplementos!

Perceba como com apenas alguns ajustes é possível que você gaste menos com suplementos, sem que haja qualquer perda de qualidade! Para isso, o conhecimento de um bom profissional é fundamental, pois ele pode te ajudar a fazer as escolhas certas. Bons treinos!

Sobre Sandro Lenzi

Educador físico apaixonado pelo desenvolvimento humano. Atuo como produtor de conteúdo, personal trainer e com consultoria online.
CREF: 22643-G/SC

Leia também

SomaPro Woman (Somatodrol Feminino) – Para que serve e como tomar

O suplemento Soma Pro Woman funciona? É bom mesmo? Veja agora uma resenha completa, além …

Somatodrol – Para que serve, como tomar, preço e onde comprar

O suplemento Somatodrol é bom mesmo? Faz mal? Essas e outras perguntas como: seus benefícios, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!