Página Inicial » Frutas » Coco – Todos os benefícios da fruta e cuidados com o consumo em excesso

Coco – Todos os benefícios da fruta e cuidados com o consumo em excesso

Apesar do coco trazer muitos benefícios para saúde, seu consumo deve ser moderado para evitar alguns inconvenientes. Vejas suas propriedades, as principais dicas e formas de consumo.

Coco

Considerado um dos alimentos mais saudáveis do mundo, o coco é uma fruta rica em substâncias essenciais e nutritivas, que além de tudo, possui um gostinho especial e saboroso.

Ele vem do coqueiro, uma planta que pode chegar até a 30 metros de altura, sendo fantasiada em cenas de filme e desenhos animados, visto que é comum em locais tropicais.

Tem ação sobre o sistema imunológico, controle dos níveis de gordura e colesterol sanguíneos, pode agir como aliado no processo do emagrecimento, e combater diversas doenças.

Também, tornou-se uma febre entre os cardápios de dietas, e assim, vem sendo industrializada e comercializada sob diversas apresentações: leite, farinha, óleo, água de coco, e muito mais.

Existem algumas contraindicações e recomendações para o produto, que você conhecerá a seguir.

O que faz do coco um alimento saudável e especial?

1. Considerado um dos alimentos mais saudáveis do mundo

Em alguns locais é uma fruta exótica, enquanto em outros, é base da dieta. Em alguns países, o consumo de coco chega até a 60%, como nos Tokelauanos (pequena porção do Pacífico Sul), sendo considerada uma das mais saudáveis do mundo.

O TEXTO CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

Isso ocorre pois é rico em propriedades antioxidantes, imunológicas, pleno funcionamento do metabolismo, e muito mais.

2. Aumenta a energia e queima de gordura

Diversos estudos comprovam a perda de peso através do consumo de coco, e principalmente, do seu óleo.

Isso ocorre devido à presença de triglicerídeos de cadeia média presentes no óleo, que pode ocasionar a perda de mais de 100 calorias diárias.

Sendo assim, o consumo da substância pode ser uma aliada na alimentação saudável, exercícios físicos, e mais uma forma de acelerar sua perda de peso.

3. O coco possui propriedades antimicrobianas

Além de ser um produto saudável, natural e que pode te ajudar a perder calorias, o coco ainda possui um mecanismo de auxílio ao sistema imune.

A sua propriedade antimicrobiana se deve à um composto chamado de ácido láurico, que sintetiza um glicerídeo chamado monolaurina. Isso age diretamente sobre vírus, bactérias e fungos, ajudando a exterminar patógenos e evitar possíveis infecções.

4. Possui diversas propriedades medicinais

Os ácidos graxos, provenientes das gorduras, podem ser tanto saturados como insaturados. Os últimos, são resultantes principalmente da industrialização de alimentos, e podem ter efeitos impactantes negativamente sobre seu corpo e saúde.

Porém, quando se fala em gorduras do coco, refere-se às saturadas: elas podem ter um efeito terapêutico sob diversos distúrbios do seu corpo. Isso contradiz os postulados de que as gorduras trazem apenas problemas cardíacos e aumentam as chances de infarto.

Sabendo que o coco tem propriedades medicinais, você tem um motivo mais para consumi-lo diariamente.

5. O coco ajuda a inibir o apetite

Outra propriedade natural e benéfica do coco foi encontrada: a de suprimir e reduzir o apetite.

Já lhe dissemos que por mecanismos fisiológicos, ele pode te ajudar a queimar calorias. Agora, você conhece mais um efeito do coco que poderá te ajudar a emagrecer muito com um alimento super saudável e saboroso.

6. O alimento tem uma ação fantástica sobre a hidratação corporal

Sabe-se que a fruta possui uma alta porcentagem de água e minerais, que ajudam a manter os níveis do seu corpo, garantindo a hidratação.

Sendo assim, o coco vem se tornando um aliado dos atletas, principalmente em treinos ou competições, onde o suor é excessivo, e pode ocasionar problemas de desidratação aos atletas.

7. Vem sendo recomendado na gravidez

A recomendação está associada com o tópico anterior: o da hidratação. Considerando que o coco pode ser um isotônico natural, e que a grávida possui 3 litros a mais de água no seu corpo, ele pode se tornar um excelente aliado.

Além de muito líquido, o coco possui em sua composição muitos eletrólitos importantes, que ajudam na manutenção do equilíbrio corporal.

Leia também => Benefícios do abacate – Aliado em dietas para emagrecer e ganhar massa muscular

O coco pode ter efeitos colaterais?

Existem sim alguns efeitos colaterais, porém eles são raríssimos, se comparados aos benefícios que o produto traz. O que acontece, é que cada organismo reage de uma forma, e assim, não é possível prever como o seu corpo reagirá.

Porém, é essencial que você esteja ciente dos possíveis efeitos colaterais, e esteja atenta a eles. É essencial que consulte um nutricionista ou médico para ter mais informações.

Aumento dos níveis de colesterol: algumas pesquisas revelaram que o consumo em excesso e rotineiro do coco pode elevar os níveis do colesterol “ruim” em nosso corpo (o LDL). Ele é responsável por formar depósitos de gordura nas veias e artérias, por isso, deve ser controlado.

Risco aumentado para hipertensão: nos tópicos anteriores, abordamos que o coco é rico em gorduras saturadas. Deve-se ter um cuidado especial, pois ao mesmo tempo que elas são benéficas, podem ser responsáveis por elevar a pressão arterial e ocasionar problemas cardíacos.

Distúrbios intestinais: também lhe dissemos que o alimento é capaz de matar inúmeros organismos vivos em nosso corpo. Porém, sabemos que no intestino vivem inúmeras bactérias benéficas, que auxiliam no processo da digestão. O coco pode matá-las, ocasionando desequilíbrio intestinal.

Diarreia: ocasionada principalmente pelo óleo de coco, e também relacionada a propriedade antimicrobiana abordada no tópico anterior.

Aumento de reações alérgicas: consumindo o alimento regularmente, você aumenta as chances de desenvolver reações alérgicas. Elas podem ser de leves a graves, variando de erupções cutâneas a até mesmo faltas de ar e vômitos.

Sabendo dos riscos que o consumo do alimento pode te expor, consulte um nutricionista para verificar a possibilidade de uso rotineiro do coco.

Leia também => Banana: uma ótima fonte de energia para atletas (veja todos os seus benefícios)

Onde posso encontrar o coco?

Atualmente, a indústria facilitou o consumo do coco. Essa disponibilidade em óleos, água engarrafada, e outros, facilita e incentiva o consumo do fruto.

Ele pode ser encontrado facilmente em supermercados, farmácias e lojas de conveniências, além do fruto que pode ser comprado em feiras de frutas e verduras.

Você também tem a opção de trabalhar com o coco: ao invés de comprar em feiras, mercados e lojas de produtos naturais, você mesmo poderá produzir as diversas modalidades de coco que serão abordadas a seguir.

Óleo de coco

1. Coco Branco

Consiste na forma pura do fruto, que contém diversos flavonóides: substâncias que combatem e evitam doenças cardíacas, a formação de tumores e cânceres, matam patógenos (como vírus, fungos e bactérias), e ainda ajudam na produção de enzimas pelo corpo.

Pode ser comprado em mercados e feiras, principalmente nas áreas em que são favorecidas com a sua produção.

2. Água de coco

É a modalidade preferida pelas pessoas, declarada pela sua facilidade de consumo.

Sabemos que o coco é um alimento formado majoritariamente por água. Sendo assim, possui propriedades capazes de manter a hidratação corporal, ou até mesmo repor os líquidos e eletrólitos perdidos.

Ele é considerado um isotônico natural, pois além da água, contém outros íons importantes: cálcio, manganês, magnésio, cobre, ferro, vitaminas do complexo B, A e C.

Vem sido amplamente utilizado por atletas antes e após treinos e competições. Também, é recomendado à gestantes, visto que estas estão mais suscetíveis a desidratação, e precisam fornecer líquido ao feto.

3. Óleo de coco

É uma apresentação do coco mais recente, amplamente encontrada em lojas de produtos naturais e farmácias.

Utilizada muitas vezes, para procedimentos estéticos, como hidratação dos cabelos e da pele. Também, possui efeitos medicinais, devido a propriedades que ajudam no fortalecimento do sistema imunológico.

Age diretamente sobre a tireoide, melhorando o seu funcionamento. Também, tem ação na intensificação da queima de gorduras, que pode chegar a até 100 calorias diárias, aumentando seus efeitos se aliada à uma dieta saudável e prática regular de exercícios físicos.

Leia também => Conheça os benefícios do consumo de Óleo de Coco extra virgem

Existem diversas formas e receitas para consumir o óleo de coco:

Pode ser colocado no café.

Quando exposto a altas temperaturas (no cozimento), mantém sua estrutura química e continua tendo os mesmos efeitos: assim, pode utilizá-lo no arroz.

Pode ser consumido com saladas e sucos.

Pode substituir o habitual óleo de girassol, a manteiga e o azeite.

4. Leite de coco

O leite de coco é uma das formas mais íntegras e ricas em benefícios e nutrientes:

  • Contém diversas vitaminas, minerais e eletrólitos;
  • Contém ácidos graxos, que atuam como agentes antimicrobianos, evitando infecções por vírus, fungos e bactérias.
  • Age estimulando o sistema imunológico.

Além disso, é uma alternativa as modernas dietas vegetarianas e veganas, e também pode ser utilizado por intolerantes à lactose, visto que é um alimento de origem exclusivamente vegetal.

Ainda, da mesma forma que o óleo de coco, pode ser utilizado em inúmeros pratos e receitas, oferecendo um toque e sabor especial à estes.

5. Farinha de coco

A farinha de coco é obtida da polpa do coco, sendo também, um alimento puramente natural e muito saudável. Ela pode ser encontrada em mercados, lojas de produtos naturais, ou feita por você mesmo.

Ela preserva todos os nutrientes e compostos nutritivos presentes no fruto, sem os inconvenientes causados pela maior quantidade de gordura contida na forma natural da fruta. Ele também pode ser usada tranquilamente por vegetarianos e intolerantes à lactose: vem sendo uma alternativa no mercado para estas pessoas.

Ela pode ter inúmeros benefícios sobre o seu corpo:

  • Melhora o funcionamento do intestino: devido a presença de fibras;
  • Diminui os níveis de colesterol;
  • Pode acelerar o metabolismo: tornando-se uma aliada no processo de emagrecimento;
  • É útil em várias receitas, e em muitos casos pode tranquilamente substituir a farinha “branca”.

Além de todas as vantagens medicinais que lhe trouxemos, ela pode substituir a farinha comum. Sendo assim, pode ser utilizada na confecção de bolos e bolachas, e muito mais.

Leia também

Tamarindo: Todos os seus benefícios, propriedades e como consumir

Por ser rico em ferro o tamarindo é um forte aliado contra a anemia, além …

Acerola – Os seus 10 principais benefícios para saúde, mais receitas de sucos

Aumentar a imunidade, ajudar na cicatrização e ter ação antioxidante são apenas alguns dos benefícios da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!