Pesquisar
cheiro-verde
Veja o que compõem o maço de cheiro-verde.

Cheiro Verde – O que é, 24 Principais Benefícios e Como Usar

Ação antioxidante, melhorar o sistema imunológico e a saúde cardiovascular são apenas alguns benefícios do cheiro verde. Conheça agora todos os benefícios, propriedades, como armazenar e contraindicações no consumo.


PUBLICIDADE

Se você cozinha, com certeza conhece (e já utilizou) o Cheiro Verde. Se você não cozinha, aposto que, mesmo assim, já ouviu falar e já comeu. Afinal, ele é um tempero muito tradicional e muito querido pelos brasileiros.

De qualquer forma, você sabia que o Cheiro Verde possui muitos benefícios incríveis para sua saúde? E que ele é muito mais do que apenas algumas ervas bonitinhas juntas?

Venha conosco aprender mais e se surpreenda com a quantidade de coisa boa que vem desse tempero tão usado!

O que é?

O Cheiro Verde nada mais é do que duas ou mais ervas juntas, utilizadas para incrementar e dar aquele gostinho especial ao seu prato. Apesar de ser algo delicado, ele pode fazer muita diferença na sua comida.

Você sabia que o Cheiro Verde pode mudar de componentes dependendo da região do país?

No Sudeste, ele é formado apenas pela salsinha e pela cebolinha (sua forma mais básica e tradicional). No entanto, se subir um pouco, vai ver que no Nordeste é essencial que coloque o coentro junto, ou então não é Cheiro Verde!

No norte, além da cebolinha e salsinha, eles costumam colocar outra erva típica da flora deles, normalmente é o coentro bravo ou a chicória do Amazonas.

Em alguns locais, é comum acrescentar uma pimenta dedo-de-moça às outras folhas. Isso acontece com mais frequência na Bahia, que tem uma bela cultura de pratos apimentados.

Então é importante que você saiba qual é o Cheiro Verde tradicional da região do prato que vai cozinhar para que o gostinho fique especial e correto.

De qualquer modo, nunca se esqueça da cebolinha e da salsinha (e não a confunda com o salsão, que é uma planta bem diferente).

Você pode encontrá-lo no supermercado ou na feira. Normalmente as plantas vêm juntas no mesmo maço, mas elas também podem ser encontradas em maços separados.

O indicado é que você as compre juntas, a não ser que queira utilizar uma quantidade muito grande de cada uma.  Escolha as mais verdinhas e frescas, que pareçam saudáveis e recém-colhidas.

Se não quiser comprar as folhas, pode adquirir o Cheiro Verde desidratado, que vem seco e em embalagens fechadas. Costumam estar na seção de temperos do supermercado.

Esse tipo vale a pena pela praticidade e conveniência, se você não gostar ou não quiser gastar tempo cortando as plantinhas.

Quais são suas propriedades?

O TEXTO CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

salsinha cebolinha coentro

Para responder melhor essa questão, precisamos falar das folhas separadas. Confira a seguir:

Salsinha (ou salsa) (nome científico Petroselinum crispum): ela é rica em fibras, vitamina A, C, E e do complexo B, ferro, fósforo, cálcio e potássio, além de também ser fonte de proteínas e possuir características diuréticas (previnem e eliminam a retenção de líquido no corpo).

 Para completar, a salsa também age no combate à anemia e diminui os riscos da pressão arterial, assim como evita problemas cardiovasculares e ajuda na digestão alimentar.

Cebolinha (nome científico Allium schoenoprasum): também possui diversas propriedades benéficas. Ela contém bastante vitamina A e C, atrasa o envelhecimento das células e ajuda no crescimento capilar.

Ela é conhecida por profissionais por ser um antibiótico natural, assim como uma fonte de flavonoides. Além de tudo isso, possui funções anti-inflamatórias, antifúngicas e antibacterianas.

A Cebolinha também protege o organismo e promove melhorias no sistema imunológico.

Coentro (nome científico Coriandrum sativum): vale a pena falar do coentro também, já que ele faz parte do Cheiro Verde de tantos estados. Ele é rico em vitaminas C e K, assim como contém muitas proteínas.

Em adição, é uma ótima fonte de fibras, cálcio, potássio, ferro, niacina e manganês. Age na proteção do fígado e da vesícula, tem função antisséptica e ajuda no sistema digestivo, reduzindo e transformando gorduras.

O coentro também regula o colesterol (pela depuração hepática). Para completar, ele desintoxica órgãos digestivos, como os rins e o fígado.

Quais são os benefícios?

Entre os principais benefícios do Cheiro Verde, podemos mencionar:

1 – Ajuda na estrutura óssea

Isso ocorre graças à vitamina K. Ela ajuda na síntese de osteocalcina, que reforça os ossos do corpo. A mesma vitamina também evita que o cálcio se condense nos tecidos, o que previne algumas doenças ósseas, como a aterosclerose.  

2 – Auxilia na saúde cardiovascular

A Vitamina B, que está entre seus componentes, protege o coração de ataques cardíacos, problemas cardiovasculares e ajuda a prevenir que a homocisteína (um aminoácido perigoso) cause outras doenças.

3 – Melhora o sistema imunológico

Esse benefício provém das vitaminas A e C. Elas fortalecem o sistema imunológico e a auxiliam na luta contra diversas doenças e infecções.

4 – Ação antioxidante

O Cheiro Verde contém flavonoides, que são antioxidantes e lutam contra radicais livres (perigosos para a saúde das células), potencializando a função anti-inflamatória e retardando o envelhecimento das células.

5 – Ajuda no tratamento da anemia

A anemia ocorre quando os níveis de hemoglobina (proteína que contém ferro) caem gravemente. Ela pode ser causada por medicações, dietas ou certas doenças. Entre seus sintomas, podemos falar da fraqueza, náusea, palidez, entre outros.  

A Vitamina C do Cheiro Verde facilita a absorção do ferro (muito benéfico ao sangue) pelo organismo e consequentemente eleva o nível de hemoglobina. O suco de Cheiro Verde é indicado para tratar a anemia de forma mais direta.

6 – Age contra o edema

Edemas são inchaços. Eles costumam ser causados por uma alteração na pressão dos vasos sanguíneos. Como a ingestão frequente de Cheiro Verde, é possível elevar a resistência desses vasos, combatendo o problema.

7 – Funciona contra a dor de ouvido

O Cheiro Verde pode ser utilizado como complemento na hora de tratar infecções auditivas e problemas de surdez. Uma dica é usar o óleo de coco junto com a planta para ajudar ainda mais nas dores de ouvido.

8 – Auxilia a digestão de alimentos

Graças às suas enzimas potentes, o Cheiro Verde melhora a digestão de gorduras e proteínas. Além disso, ele também ajuda o sistema digestivo no processo de eliminação desse material.

9 – Ajuda a controlar o diabetes

Esse é um dos seus principais benefícios, pois as ervas unidas são extremamente úteis para diminuir os níveis de colesterol na corrente sanguínea, o que auxilia bastante no tratamento de pessoas diabéticas.  

Além desses importantes benefícios, também vale a pena citar outros tão essenciais quanto:

  • Alivia os sintomas da asma;
  • É um anti-inflamatório natural;
  • Previne derrames e a formação de coágulos;
  • Regula os níveis de açúcar na corrente sanguínea;
  • Funciona como um diurético (detém a retenção de líquido);
  • Age na pele, ajudando a combater marcas e linhas;
  • Combate a icterícia;
  • Auxilia no processo de expelir as pedras renais;
  • Ajuda a amenizar problemas no sistema digestivo, como flatulência e constipação intestinal;
  • Impede distúrbios alimentares;
  • Se colocar as plantas em cima de uma picada de inseto, elas ajudam a evitar a coceira do local;
  • Auxilia o tratamento de inflamações urinárias e hepáticas;
  • Possui ação rejuvenescedora, graças às vitaminas e às ações antioxidantes;
  • Funciona na circulação sanguínea, evitando que trombos e coágulos se formem, o que pode causar derrames e entupir vasos sanguíneos;
  • Ajuda no combate à artrite;

Quando servido como suco, possui uma forte vantagem desintoxicante.

Leia também => Alho-poró – Conheça seus benefícios e a melhor forma de consumir

Como usar o Cheiro Verde?

O Cheiro Verde possui infinitas possibilidades na cozinha. Ele é muito fácil de ser adaptado e utilizado das mais diversas formas.  

Uma das maneiras mais comuns é usá-lo como tempero para peixes, feijões, entre muitos outros alimentos. Colocá-lo em uma sopa também dá um gosto muito especial ao prato.

Você também pode prepará-lo como creme e molhos para acrescentar mais sabor na sua culinária.

Se quiser usufruir de suas propriedades antioxidantes e diuréticas, o modo mais indicado é fazer o suco de Cheiro Verde com algumas frutas ou vegetais batidos e coados, como: maçã, abacaxi, pepino ou repolho. Tome-o fresco antes de refeições.

O Cheiro Verde também é uma ótima pedida para saladas. Na salada de tomate, por exemplo, você pode picar bem as ervas e acrescentá-las junto com azeite ou limão.

Muitas pessoas preferem utilizá-lo na torrada, como um aperitivo noturno ou uma degustação em festas. Ele é bem usado na montagem da bruschetta (antepasto italiano), quando feito rápido, para desfrutar no lanche da tarde.

Para completar as variedades de uso do Cheiro Verde, vale citar sua participação em caldos de legumes frescos, nos quais acrescentá-lo em picadinhos dá mais consistência e vantagens nutritivas.

Você também pode colocá-lo na preparação do missô (pasta japonesa). É uma boa combinação também.

Como armazenar?

Existem diversas maneiras para armazenar as delicadas ervas do Cheiro Verde. Veja duas das mais eficientes:

1 – Lave e seque a salsinha e a cebolinha (e o coentro, se for o caso). Para isso, pode-se usar papel toalha ou pano de prato. Vale reforçar que você deve secá-lo muito bem, para que não crie gelo depois.

Após, coloque-o em um recipiente feito para congelamentos ou um de vidro. Por fim, coloque no congelador.

Ele pode ficar lá até 1 mês para depois ser utilizado tanto congelado como descongelado (o sabor permanece o mesmo).

2 – Lave e seque bem as ervas da mesma maneira do método anterior. É importante tirar todo o excesso de água das folhinhas. A seguir, coloque-as (pode ser picadas ou inteiras) dentro de um pote bem fechado, forrado com toalha.

Guarde o Cheiro Verde nas gavetas embaixo dentro da geladeira, onde normalmente se guardam frutas e legumes. Ele pode ficar ali por até 1 semana.

Leia também => Aipo (salsão): Todos os seus benefícios e melhor forma de consumir

Contraindicações

Pessoas que possuem problemas renais devem evitar o consumo do Cheiro Verde, assim como quem fez alguma cirurgia há menos de 1 mês.

As mulheres que estiverem grávidas ou amamentando devem evitar tomar o suco ou qualquer chá feito com as ervas.

Cheiro Verde – O que é, 24 Principais Benefícios e Como Usar
5 (100%) 1 vote

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever-se  
Notificação de