Página Inicial » Dietas e Nutrição » Castanha da índia – Quais seus benefícios, auxilio no emagrecimento e efeitos colaterais

Castanha da índia – Quais seus benefícios, auxilio no emagrecimento e efeitos colaterais

A castanha da índia emagrece sim e ainda possui inúmeros benefícios à saúde. Saiba mais para que ela serve e quais os cuidados com seus efeitos colaterais.

E quando você vai comprar aquela roupa que você tanto gostou na vitrine da loja, mas percebe que tem uma gordurinha saltando daqui ou um botão que não quer fechar, a preocupação com os quilos a mais é inevitável. A corrida contra a balança se inicia e nada melhor do que uma ajudinha para ter resultados mais rápidos. Além dos exercícios físicos e de uma dieta balanceada você pode recorrer a alguns produtos naturais e entre eles está a castanha da índia.

Castanha da Índia emagrece - Benefícios, efeitos colaterais e para que serve

O que é a castanha da índia?

Ela nada mais é do que um tipo de castanha de origem europeia, mais especificamente da região dos Bálcãs. Como as outras castanhas ela tem boas doses de carboidratos, fibras, proteínas e gordura saudável (cerca de 64%). Essa gordura consegue reduzir a quantidade de colesterol ruim circulando, o LDL, e aumentar as taxas do bom colesterol também conhecido como HDL. Ele também tem muitas vitaminas para completar o seu elevado valor nutricional. Mas, mesmo sendo tão saudável, a castanha da índia possui muitas calorias e é preciso saber dosar a quantidade diária.

Por causa de todos esses benefícios, a castanha da índia já era utilizada como fonte de uma vida melhor e com mais saúde. Ela tem um sabor muito parecido com o da batata-doce que já é velha conhecida dos brasileiros, portanto não é preciso se preocupar com o gosto. Ela também se faz presente na indústria de cosméticos na preparação de cremes para deixar a pele mais macia. E agora, descobriu-se que a castanha da índia ajuda no emagrecimento.

Como a castanha da índia ajuda a emagrecer?

A castanha da índia possui propriedades muito semelhantes com outros tipos de castanhas como a do Pará por exemplo: prolonga a sensação de saciedade, laxante e diurética. O que diferencia a castanha da índia dos outros tipos e que provocou a sua fama para perde peso foi o fato dela ter ação na circulação sanguínea.

Quando o nosso sistema circulatório não estão a todo vapor a troca de oxigênio entre as células e os tecidos fica complicada e elas acabam se acumulando umas a outras, aprisionando toxinas dentro de si e formando as temidas celulites.

A castanha da índia age diretamente no sistema venoso, ou seja, na parte do corpo que carrega as toxinas para fora do organismo. Quando as veias melhoram o seu tônus graças a ação desse nutriente elas consegue coletar e descartar as toxinas de melhor forma, evitam acidentes vasculares e ainda conseguem acelerar o tratamento das varizes. Esse aumento do tônus pode ser verificado cerca de 15 a 30 minutos depois da ingestão da castanha. Além disso também foram comprovadas as suas propriedades anti-inflamatórias e antiedematosas.

Leia também: Noz da Índia – Seus benefícios no emagrecimento, contraindicações e efeitos colaterais

O TEXTO CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

Também é preciso tomar cuidado com todo o tipo de propaganda que você vê por aí. É preciso procurar a castanha da índia com cuidado, especialmente se você não pretende comprá-la in natura. Isso porque os fabricantes de suplementos e medicamentos podem alterar as propriedades da castanha e reduzir o seu princípio ativo. Assim, você pode até ingerir a castanha da maneira correta, nos horários certos, mas não terá nenhum efeito.
Um estudo realizado aqui no Brasil conseguiu identificar que grande parte dos medicamentos à base de castanha da índia vendidos aqui não possuíam os protocolos farmacológicos.

Como consumir a castanha da índia

Para a que o seu organismo não “estranhe” a presença da castanha, o ideal é que na primeira semana as doses dessa oleaginosa sejam reduzidas. Desta forma você fará da seguinte maneira:

  • Divida a castanha em 8 partes e coma apenas um desses pedacinhos no café da manhã durante 8 dias;
  • Nas semanas seguintes basta dividi-la em 4 partes e comer apenas um pedaço também durante o café da manhã.

Você também pode encontrar a castanha da índia em cápsulas e nesse caso, na própria embalagem o fornecedor deve descrever de forma a medicação deve ser utilizada.

Riscos e contraindicações da castanha da índia

A castanha da índia é sim uma substância completamente natural, mas como todas as outras pode sofrer restrições por parte de alguns grupos. Não é por acaso a indicação de ingeri-la em pedaços muito pequenos, especialmente na primeira semana. E atenção: mesmo que você siga a dosagem correta podem aparecer alguns sintomas como:

  •  Dor de cabeça;
  •  Dor no estômago;
  •  Vômito;
  •  Diarreia e outros.

Leia também: Goji berry – Conheça o superalimento que emagrece

É preciso tomar muito cuidado com a ingestão da castanha da índia. Um estudo realizado em animais como coelhos e camundongos registrou lesão necrótica em vários tipos de tecidos orgânicos quando a castanha foi administrada em altas doses e por via endovenosa. Veja abaixo os grupos que não devem ingerir a castanha da índia sem orientação médica em nenhuma hipótese:

  •  Pessoas menores de 15 anos e maiores de 65;
  •  Hipertensos e cardiopatas;
  •  Pessoas com problemas gastrointestinais, renais e hepáticos;
  •  Pessoas fazendo uso de qualquer tipo de medicação ou suplemento;
  •  Portadores de qualquer doença, seja ela crônica ou não.

É claro que a castanha da índia por si só não fará milagres. Se você quer melhorar a sua saúde e entrar em forma, exercícios físicos e alimentação saudável são indispensáveis. Você pode pedir ao seu nutricionista para complementar a sua dieta com essa castanha e, a partir de exames, identificar se você está apto ou não para consumi-la.

Referências
MARTINS, Elisabeth Lopez de Prado; BRANDÃO, Maria das Graças Lins. Qualidade de amostras comerciais preparadas com Aesculus hippocastanum L. (castanha da índia). Revista Brasileira de Farmacognosia. Vol. 16 (2): 224 – 229. Abr./Jun. 2006.
ISSAKOWICZ, Rosana de Fátima. Castanha da Índia. Ponta Grossa. Maio. 2005.

Sobre Calila Galvao

Leia também

O que avaliar ao procurar um nutricionista esportivo?

O nutricionista esportivo é um profissional fundamental para que você tenha melhores resultados em seu …

Recuperação muscular, 10 dicas para otimizá-la e ter melhores resultados!

A recuperação muscular é fundamental para que a hipertrofia aconteça e você tenha os resultados …

  1. Eu usei castanha da índia uma única semente dívidida em quatro partes emagrece 5 kilos em 15 dias queria continuar tomado mas tive muita dores de estômago tive a sensação de que tudo dentro de mi estava se desmontando.

    • Rosana lourenco da cruz

      E nolmal senti essa dor no corpo será ?

      • Natalia Polisseni Cavalieri

        Dor nenhuma é normal Rosana. Seria muito bom se fosse ao médico e mencionasse a ingesta da semente. Ele lhe dirá o que fazer para que não sinta mais dor. Bem provável lhe pedir que não faça mais uso do alimento.

  2. Rosana lourenco da cruz

    Essa castanha da índia faz meu corpo doer muito ,parecendo que tem íngua isso é normal será que passa essa dor ?

  3. Olá, tenho trombofilia e sempre tive dores nas pernas, principalmente na perna esquerda após 2 tromboses. Comprei a castanha da índia em pó e tomei 1 colher de sobremesa com meio copo de suco de laranja in natura após o almoço ontem e até agora percebi o quanto aliviou as dores da perna!
    Faço uso de anticoagulante (Marevan – 7,5mg/dia)
    Até agora não tive nenhum sintoma das contra indicações!

  4. Deolina Alves Guerra

    Posso tomar a noite a castanha da Índia em cápsulas?

  5. Funciona mesmo entao? vou experimentar, adorei o artigo!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!