Página Inicial » Doenças » Artrite – Principais causas, sintomas e melhores tratamentos

Artrite – Principais causas, sintomas e melhores tratamentos

Apesar de ainda não existir uma cura definitiva para a Artrite, se seguir orientação profissional e o tratamento correto, é possível levar uma vida tranquila.

Artrite - Causas, sintomas e tratamentos

Artrite é uma inflamação das articulações. E pode atingir uma articulação ou múltiplas articulações. Há mais de 100 tipos diferentes de artrite, com diferentes causas e métodos de tratamento. Dois dos tipos mais comuns são osteoartrite e artrite reumatóide.

Os sintomas da artrite normalmente se desenvolvem ao longo do tempo, mas podem também aparecer repentinamente. A artrite é mais comumente vista em adultos com mais de 65 anos, mas pode também se desenvolver em crianças, adolescentes, e adultos jovens. A artrite é mais comum em mulheres do que em homens, e naqueles que estão acima do peso.

O que Causa Artrite

A cartilagem é um tecido firme, mas flexível, nas articulações. E protege as articulações por absorver a pressão e choque criados quando a pessoa se movimenta e determina pressão sobre elas. Uma redução na quantidade normal deste tecido de cartilagem causa algumas formas de artrite.

O desgaste normal faz causar osteoartrite, uma das formas mais comuns de artrite. Uma infecção ou ferimento para articulações pode agravar esta desagregação natural do tecido da cartilagem. O risco de desenvolver osteoartrite pode ser maior se houver um histórico familiar da doença.

Outra forma comum de artrite, a artrite reumatóide, é um distúrbio auto-imune. E ocorre quando o sistema imunológico do corpo ataca os tecidos do corpo. Estes ataques atingem a membrana sinovial, um tecido macio nas articulações que produz um líquido que nutre a cartilagem e lubrifica as articulações.

A artrite reumatóide é uma doença da membrana sinovial que invadirá e destruirá uma articulação. E pode eventualmente levar à destruição do osso e cartilagem dentro da articulação.

A causa exata dos ataques do sistema imunológico é desconhecida, mas cientistas descobriram que marcadores genéticos aumentam o risco de desenvolver artrite reumatóide dez vezes.

O TEXTO CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

Leia também: Artrose – Principais causas, sintomas e tratamentos

Sintomas de Artrite

A dor nas articulações, rigidez e inchaço são os sintomas mais comuns da artrite. A amplitude de movimento pode também reduzir, e é possível vivenciar vermelhidão da pele ao redor da articulação. Muitas pessoas com artrite percebem que seus sintomas são piores na manhã.

No caso da artrite reumatóide, é possível sentir-se cansado ou vivenciar uma perda de apetite devido à inflamação que a atividade do sistema imunológico causa.

É possível também se tornar anêmico, o que significa que a contagem de células vermelhas no sangue diminui, ou ter uma febre ligeira. A artrite reumatóide severa pode causar deformidade articular se não tratada.

Diagnóstico da Artrite

O diagnóstico da artrite começará com o médico realizando um exame físico. Durante o exame, o médico verificará por fluido em torno das articulações, articulações quentes ou vermelhas, e gama limitada de movimento nas articulações. Extrair e analisar os níveis de inflamação no sangue e fluidos da articulação pode ajudar o médico a determinar o tipo de artrite no caso.

Os médicos comumente usam exames de imagem como raio-X, imagem de ressonância magnética, e exames de tomografia computadorizada para produzir uma imagem dos ossos e cartilagem. Isto é para que seja possível excluir outras causas dos sintomas, como osteófitos.

Tratamento para Artrite

O principal objetivo do tratamento é reduzir a quantidade de dor que a pessoa está vivenciando e prevenir danos adicionais às articulações. Melhorar a função articular também é importante. O médico pode prescrever uma combinação de métodos de tratamento para alcançar os melhores resultados.

Medicação
Um número de diferentes tipos de medicação trata artrite. Eles incluem:

– analgésicos, por exemplo, hidrocodona – Vicodin, ou paracetamol – Tylenol: eficazes para tratamento da dor, mas não ajudam a diminuir a inflamação.

– medicamentos antiinflamatórios não-esteróides, por exemplo, ibuprofeno: ajudam a controlar a dor e inflamação.

– mentol ou cremes de capsaicina: bloqueiam a transmissão dos sinais da dor das articulações.

Se tiver artrite reumatóide, o médico pode determinar corticosteróides ou medicamentos anti-reumáticos modificadores da doença, que suprimem o sistema imunológico.

Cirurgia
A cirurgia para substituir a articulação com uma artificial pode ser uma opção. Esta forma de cirurgia é mais comumente realizada para substituir quadris e joelhos. Se a artrite for mais grave nos dedos ou pulsos, o médico pode realizar uma fusão de articulação. Neste procedimento, as extremidades dos ossos são travadas juntas até que se curem e se tornem uma.  

Leia também: Tendinite – Quais as principais causas, sintomas e tratamentos

Fisioterapia
A fisioterapia envolvendo exercícios que ajudam a fortalecer os músculos ao redor da articulação afetada é um componente essencial do tratamento de artrite.

Perspectiva de Longo Prazo para Pessoas com Artrite

Não existe cura para artrite. No entanto, o tratamento correto pode significativamente reduzir os sintomas. Além dos tratamentos que o médico recomenda, é possível fazer um número de mudanças no estilo de vida que pode ajudar a tratar a artrite.

O exercício regular manterá as articulações flexíveis. A natação é muitas vezes uma boa forma de exercício para pessoas com artrite, porque a mesma não determina pressão sobre as articulações, da maneira que a corrida e caminhada o fazem. Manter-se ativo é importante, mas deve-se também certificar-se de descansar quando precisar e evitar se esforçar em excesso.

A perda de peso e manter um peso saudável reduzem o risco de desenvolver osteoartrite, e pode reduzir sintomas se já for apresentado. Consumir uma dieta saudável é importante para perder peso. Comer alimentos com muitos antioxidantes pode ajudar a reduzir a inflamação.

O indivíduo aprenderá o que funciona melhor para si, em termos de controlar a dor. Algumas pessoas acham pad aquecidos e compressas de gelo calmantes. Outras usam objetos de assistência de mobilidade, como bengalas ou andadores, para ajudar a tirar a pressão das articulações doloridas.

Leia também: Fibromialgia – O que é, causas, sintomas e tratamentos

13 Remédios Naturais para Artrite

Quando a cartilagem da articulação se desgasta, o osso fricciona contra osso, causando osteoartrite, e isso indica dor. A osteoartrite prejudica seriamente a qualidade de vida das pessoas.

Dado que a osteoartrite é tão incapacitante, dolorosa e comum, muitas das falsas “curas” estão por aí. Mas na seqüência são apresentados 13 remédios naturais que a pesquisa sugere que possam realmente ajudar a aliviar a dor da artrite.

1 – Perda de Peso
O melhor remédio é manter um peso saudável, e perder peso se necessário, mas não é o mais fácil. Ainda assim, a cada quilo perdido significa menos pressão sobre os joelhos. Algumas pessoas verão seus sintomas desaparecerem se perderem em torno de 4,5 kg a 9 kg.

2 – Exercício
A atividade física é essencial para as pessoas com osteoartrite, se isso significa caminhar em torno do apartamento, na situação do indivíduo mais velho e frágil, ou natação se estiver em melhor forma.

As pessoas costumavam pensar que o exercício fazia a artrite pior, mas o oposto é verdade, com exceção do exagero. Os corredores com osteoartrite de joelho devem reduzir a quilometragem, tentar cross-train, e correr em superfícies mais brandas.

Os programas de exercício devem incluir exercício aeróbico, como caminhada, natação ou biking, e exercícios de fortalecimento, como exercícios isométricos e isotônicos.

3 – Acupuntura
Muitas pessoas descobrem que a acupuntura ajuda a aliviar a dor e incapacidade devido à artrite; vários estudos descobriram o benefício do procedimento. Vários estudos mostram acupuntura a ser útil para muitas pessoas com osteoartrite, mas não é útil para todos.

4 – Glucosamina
Há alguma evidência que sugere que a glucosamina alivia a dor de artrite, mas o tipo de glucosamina importa. Continua a haver muita controvérsia sobre isso. Há uma quantidade boa de dados apontando que sulfato de glucosamina é benéfico, mas o cloridrato de glucosamina não é.

Leia também: Glucosamina E Condroitina – veja a importância destas substâncias!

Quase todos os produtos que são vendidos nos Estados Unidos são cloridrato de glucosamina. Não há estudos demonstrando que cloridrato de glucosamina beneficia as pessoas com osteoartrite.

Nos estudos que encontraram o benefício para sulfato de glucosamina, os pacientes tomaram determinada quantidade uma vez ao dia, o que resultou em melhor absorção no corpo do que dividindo a dose.

5 – Condroitina
A pesquisa inicial descobriu que este suplemento era promissor quando combinado com glucosamina. No entanto, estudos mais recentes indicam que não é eficaz.

Embora alguns estudos sugiram que o sulfato de condroitina retarde a progressão da artrite, não foi mostrado a ajudar os sintomas. Estudos que descobriram o suplemento como útil usaram 800 miligramas ou 1.200 miligramas diariamente. Eles são realmente muito seguros, e um detalhe sobre eles é que não há efeitos colaterais importantes. Eles são muito bem tolerados.

6 – Outros Suplementos
Outros suplementos têm se mostrado promissores, mas a evidência simplesmente não é tão forte. Os estudos financiados pela indústria encontraram benefícios para insaponificáveis de abacate e soja, que são feitos de óleos de abacate e soja, em pacientes com artrite de joelho e quadril.

Mas tais estudos não são tão confiáveis como os financiados pelos grupos que não se firmam a ganhar financeiramente. Há alguma evidência que frutos da roseira-brava e gengibre altamente concentrado poderiam ser úteis. Embora óleo de peixe tenha propriedades antiinflamatórias, é necessária mais pesquisa.

7 – Remédios Tópicos
Os cremes e fricção mentolados de forte cheiro podem fazer a pele formigar, mas muitos têm valor limitado para osteoartrite. No entanto, há alguns cremes agora disponíveis que se provaram benéficos.

O gel diclofenaco, vendido nos Estados Unidos, como Volgaren Gel ou Pennsaid por prescrição, mas disponíveis sem prescrição na Europa, é um medicamento antiinflamatório não esteróide que pode aliviar a dor de osteoartrite nos joelhos, tornozelos, pés, cotovelos, pulsos e mãos. E não foi avaliado em osteoartrite da coluna, quadril ou ombro.

8 – Creme de Capsaicina
O creme de capsaicina pode também aliviar a dor de osteoartrite. É feito da substância que dá às pimentas o ardor. Ninguém sabe como funciona, embora uma teoria seja que o creme alivie a dor por esgotar a terminação nervosa das substâncias químicas de transmissão do impulso da dor, conhecida como “substância P” e proteína relacionada ao gene calcitonina.

9 – Eletricidade
A energia elétrica pode ser usada para ajudar a aliviar a dor e inchaço nas articulações de artríticas em um par de formas diferentes. Os fisioterapeutas muitas vezes empregam a eletroestimulação transcutânea que envolve colocação de eletrodos em torno da articulação afetada e transmissão de pulsos eletromagnéticos através da pele.

E há eletroacupuntura, em que o provedor usa agulhas em pontos da acupuntura que são ligados a eletrodos para passar uma carga elétrica através das agulhas da acupuntura. Há alguma evidência que as duas abordagens possam ajudar a oferecer alívio da dor ao menos a curto prazo, e também aliviar a rigidez articular.

10 – Quiroprática
A terapia quiroprática não ajudará com osteoartrite. Mas é útil em tratar os espasmos musculares que muitas vezes acompanham a condição. Por exemplo, se tiver dor lombar aguda, a manipulação quiroprática pode romper o espasmo muscular e tecido cicatricial, aliviando a dor.

Os tratamentos de calor e frio também podem ser úteis por aliviar estes espasmos musculares, que não são apenas doloridos, mas podem interferir com o sono.

11 – Fisioterapia
Na maioria das vezes não é necessário ver um fisioterapeuta. Ainda assim, em alguns casos a fisioterapia pode ser inestimável. Por exemplo, uma pessoa que está tão fraca que tem dificuldade para sair de uma cadeira, pode se beneficiar da fisioterapia, podendo então ser alternativa interessante a mesma.

Mas o terapeuta deve ser experiente em tratar osteoartrite. Muitos fisioterapeutas são acostumados a tratar pacientes com acidente vascular cerebral ou lesões desportivas ou outras coisas onde estão acostumados a exigir bastante das pessoas. A fisioterapia para osteoartrite necessita ser mais suave, branda, daí o cuidado especial neste caso.

12 – Instrumentos
As palmilhas, bengalas, talas, suportes, e outros instrumentos que possam ajudar a redistribuir o peso para retirar a carga de uma articulação ou quadril artrítico podem ser muito benéficos.

Enquanto a evidência pelos benefícios de calços de sapato seja misturada, algumas pessoas acharão úteis, e especialmente se elas tiverem discrepâncias de comprimento da perna superiores a 1,27 cm.

13 – Informação
Não se trata de uma terapia, mas aprender mais sobre artrite é realmente uma arma poderosa. É crucial entender osteoartrite e quais são ou não os próprios limites.

É necessário também achar um médico, se for o médico de cuidados primários, um internista ou um reumatologista, um especialista em doenças das articulações, que podem utilizar o tempo para trabalhar com o indivíduo e desenvolver então um plano de exercício e responder as dúvidas.

A doença requer paciência e cuidados especiais, também devido à dor, então escolher um competente profissional da saúde para tratamento adequado é essencial quando sofrendo de artrite.

Em alguns escritórios de médicos, eles apenas têm 7 minutos para atender, e não se adquire tal instrução. A maioria das pessoas com artrite tem osteoartrite, que comumente ocorre com a idade.  

Mas há outro tipo chamado artrite reumatóide, uma doença grave auto-imune. As 2 são muitas vezes confundidas, o que pode ser frustrante para aqueles com artrite reumatóide.

Sobre Fernanda Mayumi

Leia também

Bursite – O que é, causas, sintomas e tratamentos

A bursite é uma inflamação que tem cura, mas se não houver um tratamento correto, existe …

Fibromialgia – O que é, causas, sintomas e tratamentos

Fibromialgia é uma doença crônica que não tem cura, mas que se seguido corretamente o …

  1. Olá,
    Parabéns pela matéria.
    Fui diagnosticado com AR e estou tomando os remédios contínuos são:Sulfato de hidroxicloroquina,Metraxato,prednisona e o Acido fólico.
    A pergunta é:Posso tomar Juntos estes suplementos como:Glucosamine Chondroitin + MSM,Vitamina D e Omega?
    Obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta-nos no Facebook!