fbpx
Dietas e Nutrição

Açúcar demerara – Seus benefícios, se engorda, informação nutricional e consumo recomendado

O açúcar demerara pode ser considerado um intermediário entre o açúcar mascavo e o açúcar branco refinado. Veja seus benefícios e malefícios, se ele engorda, contraindicações e indicações de consumo.

Açúcar demerara

Ele não recebe tantos produtos químicos quanto o branco refinado, mas em compensação não conserva a maioria das vitaminas e nutrientes como o açúcar mascavo. Ao mesmo tempo em que pode ser utilizado para o preparo de receitas (já que não possui um sabor forte de melado como o açúcar mascavo), não é o tipo mais saudável de açúcar, apesar de estar a frente do branco refinado.

Para que serve o açúcar demerara?

Por não receber tantos aditivos e produtos químicos, o poder adoçante do açúcar demerara não é tão grande quanto o do açúcar branco. Por causa disso, geralmente é usado em maior quantidade para adoçar uma receita ou uma bebida.

Assim como o açúcar mascavo ou o açúcar branco refinado, o açúcar demerara serve para o preparo de receitas doces e para adocicar bebidas. Há algum tempo era mais difícil encontrar em supermercados já que não era tão consumido. Hoje é mais fácil encontrar em mercados comuns, além, claro, de casas de produtos naturais e farmácias de manipulação.

Processo de produção

Apesar de não ser tão natural quanto o açúcar mascavo, o açúcar demerara é geralmente um pouco mais caro do que o mascavo.

Ele passa por um processo de refinamento mais brando do que o açúcar branco, não recebendo tantos produtos químicos e aditivos para seu refinamento. Por causa disso, ele possui uma cor amarronzada como o mascavo, mas um tom mais claro.

Isso também faz com que o gosto não fique forte como o do açúcar mascavo e nem tão doce como o açúcar branco. É um intermediário entre os dois.

Ele é geralmente usado para a produção de doces mais requintados, e justamente por isso ele acaba sendo mais caro dentre os vários tipos de açúcar que existem no mercado.

Informações nutricionais

O açúcar demerara possui muitas vitaminas e nutrientes, como:

  • Vitaminas B1, B2 e B6;
  • Cálcio;
  • Magnésio;
  • Fósforo;
  • Potássio;
  • Carboidratos;
  • Cobre.

O açúcar demerara possui uma quantidade de calorias um pouco maior do que o açúcar mascavo, o que faz com que ele fique na faixa de calorias do açúcar branco. Uma porção de 20 g do produto, que equivale a duas colheres de sopa, fornece 80 kcal.

Como o demerara adoça menos do que o açúcar branco, é normal que ele seja usado em quantidades maiores, e por causa disso fornece mais calorias para quem consome esse tipo de açúcar.

Quanto a quantidade de glicose presente no açúcar demerara, o produto se apresenta em uma faixa intermediária entre alimentos com baixo e alto índice glicêmico. Isso significa que não é um produto ideal para diabéticos.

Quais são os benefícios do açúcar demerara?

Assim como qualquer alimento, principalmente se tratando de um tipo de açúcar, o demerara deve ser consumido em quantidades adequadas. Se assim for feito, ele pode trazer alguns benefícios para a saúde.

O primeiro benefício é a quantidade de nutrientes e vitaminas presentes, que estão ausentes no açúcar branco refinado.

A quantidade é semelhante ao açúcar mascavo e pode ser uma boa opção de substituição por causa do gosto mais forte de melado de cana do açúcar mascavo.

O TEXTO CONTINUA APÓS ESSA PUBLICIDADE!

No entanto, mesmo possuindo uma quantidade semelhante de nutrientes, o açúcar pode se tornar um malefício para a saúde se consumido exageradamente, causando os mesmos problemas que o açúcar branco refinado pode causar. Portanto, moderação!

Leia também => Palatinose: O carboidrato de baixo índice glicêmico que traz inúmeros benefícios

O açúcar demerara engorda?

Sim, engorda como vários outros tipos de açúcar, principalmente por conter uma quantidade relativamente alta de calorias. Ele não engorda como outros tipos de açúcar, como o branco, mas ele pode sim aumentar o peso.

Para que você possa evitar isso, o ideal é que ele seja consumido em uma quantidade que não ultrapasse os 10% da quantidade de calorias que você ingere diariamente na sua dieta.

Ou seja, se a sua dieta é de 2500 kcal por dia, consuma no máximo 250 calorias do açúcar, o que equivaleria a quase quatro colheres de sopa de açúcar. Mais do que isso começa a se tornar um exagero e o açúcar em excesso para ser armazenado e passa a ser convertido em ácidos graxos que vão para a corrente sanguínea sendo posteriormente distribuídos em todo o organismo se acumulando em forma de gordura.

Mesmo sendo uma opção mais saudável, o excesso pode não só aumentar a gordura corporal como dar origem a doenças mais graves.

Indicações de uso

O açúcar demerara pode e deve ser utilizado por todas as pessoas que buscam ter uma dieta mais saudável e equilibrada, procurando diminuir a quantidade de açúcar branco refinado nos alimentos.

Para se ter uma ideia, uma lata de refrigerante possui quase 50 g de açúcar branco, o que daria quase 5 colheres de sopa.

O exagero no consumo do demerara pode causar o aparecimento de inflamações no organismo, o que é extremamente prejudicial para a saúde, principalmente para diabéticos.

Consumo recomendado

O açúcar demerara não foge à regra. Segundo a OMS, o consumo recomendado diário permanece na faixa dos 20 aos 25 gramas, assim como o açúcar mascavo.

Isso pode variar de acordo com as necessidades diárias de cada um, mas para prevenir o surgimento de doenças graves como o Diabetes, é interessante manter essa quantidade a ser consumida por dia.

Porém, deve-se ficar atento também aos outros alimentos consumidos. Não adianta consumir 25 g de açúcar demerara por dia e ingerir uma quantidade acima do recomendado de alimentos industrializados que estão carregados de açúcar refinado branco, principalmente o refrigerante.

Existem algumas alternativas que podem substituir o açúcar, como a Stevia ou o mel (de preferência, já que é 100% natural). O Stevia deve ser consumido de acordo com o que um médico ou nutricionista recomendar. E mesmo esses produtos mais saudáveis devem ser consumidos sem exagero, principalmente o mel, que possui um teor relativamente alto de glicose, frutose e alguns outros tipos de açúcares naturais.

Contraindicações

Apesar de ser mais natural, o açúcar demerara não deve ser consumido por crianças abaixo de dois anos, diabéticos, gestantes e lactantes.

Alem disso, pessoas com inflamações crônicas também devem evitar ao máximo o consumo não só do açúcar demerara como de qualquer outro tipo, já que o excesso do produto pode ocasionar o aumento de inflamações no organismo.

Pessoas com problemas dentários também devem evitar seu consumo, já que ele pode aumentar as cáries ou mesmo originar uma.

Pessoas com colesterol alto e problemas de visão também devem evitar o consumo excessivo, já que grandes quantidades de açúcar podem afetar a visão, originando problemas como a miopia.

  • Hipertensos devem evitar seu consumo também, assim como quem possui problemas no estômago, como a gastrite.

Leia também => Carboidratos: O que são, funções, tipos e alimentos ricos para dieta

Pessoas mais idosas com propensão a perder memória também devem evitar o consumo do demerara assim como qualquer outro tipo de açúcar. Estudos já comprovaram que o consumo excessivo de açúcar pode não só afetar a memória de maneira mais branda como originar doenças como o Mal de Alzheimer.

O ideal é que aos poucos o açúcar deixe de ser consumido e dê lugar a produtos naturais como frutas ou mesmo bebidas naturais sem açúcar.

Equipe Treino Mestre

Artigos assinados pelo Treino Mestre são escritos pela nossa equipe de profissionais de Educação Física, Nutricionistas, Fisioterapeutas, Atletas e demais colaboradores ligados a saúde e ao esporte. Conheça a equipe principal do Treino Mestre clicando aqui.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar