Página Inicial » Estética » 20 Benefícios do Óleo de Rícino【VOCÊ VAI SE SURPREENDER!】
Óleo de Rícino
Além de efeito laxativo, o óleo de rícino é usado para cabelo, pele, unhas,, sobrancelhas e muito mais!

20 Benefícios do Óleo de Rícino【VOCÊ VAI SE SURPREENDER!】

O óleo de rícino não proporciona apenas benefícios para cabelo e pele. Listamos 20 vantagens que você nem imagina! Leia agora e tire o máximo de proveito! Você também poderá comprar pelo melhor preço!

Derivado das sementes da planta Ricinus Communis, o óleo de rícino ou óleo de mamona vem sendo muito utilizado para fins medicinais e estéticos. Foi um dos primeiros óleos de origem vegetal usado para fins industriais.

Qual Sua Utilidade?

A mamona era utilizada desde a época do Egito antigo e sua primeira aplicação foi como adstringente. Desde então, foram descobertas infinitas possibilidades de uso desta semente poderosa.

O óleo de rícino tem diversas utilidades, podendo ser usado para fins industriais, medicinais, estéticos ou na fabricação de materiais lubrificantes.

Propriedades

Rico em ácidos graxos, tendo como principal fonte da planta de mamona, o ácido ricinoleico, dentre outras propriedades, o óleo de rícino possui também:

20 Benefícios e como usar o Óleo de Rícino

O óleo de rícino oferece um leque de benefícios e oportunidades para uso. Selecionamos 20 dos diversos benefícios oferecidos por ele para fins medicinais e estéticos. Confira:

1. Laxante Orgânico

Efeito Laxante

O óleo de rícino contém propriedades laxantes indicadas para tratamento de quadros de prisão de ventre. É usado inclusive no preparo de exames laboratoriais como a colonoscopia.

Diferente dos demais laxantes, a ação do óleo não começa no cólon e sim no intestino delgado. Seu efeito pode ser observado de 2 a 5 horas após a ingestão.

2. Relaxante Muscular

Este óleo extraído da mamona é excelente para massagem corporal, pois tem a propriedade de estimular a circulação de fluídos no corpo, resultando no alívio de dores musculares.

Ao finalizar suas atividades esportivas, aplique um pouco dele nos músculos doloridos e massageie.

Leia também => Óleo de copaíba: Veja para que serve e todos os seus benefícios

3. Alívio de dor nas juntas

90% do óleo de rícino é composto por substâncias analgésicas e anti-inflamatórias. Esse benefício provém da ação descongestionante do sistema linfático.

Quando os vasos do nosso sistema linfático estão congestionados, doenças autoimunes vão surgindo, somadas às dores e inflamações nas articulações. É o caso da artrite, por exemplo.

O uso deste óleo faz com que a linfa se movimente, dificultando o seu congestionamento.

4. Tratamento de infecções fúngicas

O ácido undecilênico presente no óleo de rícino apresenta fortes propriedades anti fungicida. Por isso ele é indicado para o tratamento de micoses e pé de atleta.

Aplique nas áreas afetadas antes de dormir e deixe agindo durante a madrugada. Repetindo a operação durante sete dias, notará os resultados.

O óleo de rícino é tão eficiente quanto outros medicamentos utilizados para a mesma finalidade.

5. Estimula o crescimento do cabelo

Para o cabelo
O Óleo de Rícino é muito usado para o tratamento do cabelo

Quando quente, o óleo de rícino promove melhorias na circulação. Massagear o óleo no couro cabeludo, faz com que o crescimento do cabelo seja estimulado.

O óleo pode ser aplicado, inclusive, em áreas desprovidas de cabelo devido a calvície.

A principal propriedade do óleo de rícino para os cabelos é no reparo e redução de pontas duplas. Ele restaura a saúde dos cabelos, tornando-os bem menos quebradiços.

Leia também => Óleo de Argan – Para que serve, benefícios e como usar

6. Evidencia a tonalidade do cabelo

O óleo de rícino para o cabelo é muito bom! Proporciona um realce instantâneo para a cor natural do cabelo, além de proporcionar um aspecto mais grosso e brilhante para os fios do cabelo. Isso acontece porque ele bloqueia a umidade externa.

Ao preservar a umidade natural do cabelo, os fios tornam-se mais grossos e mais escuros. Use após a lavagem do cabelo e seque levemente com uma toalha. Apenas uma colher do óleo já o suficiente para garantir estes efeitos.

7. Maquiagem caseira

É possível manipular uma máscara de cílios composta com óleo de rícino. Quando aplicado nos cílios, o óleo estimula o crescimento e fortalece os fios.

Para elaborar a máscara em casa, derreta uma colher de sopa de cera de abelha e adicione duas colheres de sopa do óleo. Misture o resultado com pó de carvão ou cacau caso não queria que a máscara seja incolor.

8. Hidratação profunda da derme

O óleo de rícino para pele é excelente! Por ser uma substância muito viscosa, ele acaba penetrando nos tecidos da pele de forma profunda, proporcionando uma alta dose de nutrição em especial para as peles secas.

 A maioria dos hidratantes caríssimos que você encontra por aí contém óleo de rícino em sua composição. Você pode obter todos os benefícios através da aplicação direta, por um custo benefício bem menor.

9. Óleo de rícino para o tratamento de problemas na pele

Tratamento para pele

Além de ser um excelente hidratante, o óleo de rícino é muito usado para acnes, verrugas e marcas na pele. Isso acontece devido as suas propriedades antimicrobianas e anti-inflamatórias.

Basta aplicar uma camada dele sobre os locais desejados, com o auxílio de um algodão ou cotonete. O resultado acontece cerca de duas semanas após início das aplicações.

10. Combate à insônia

Não foram comprovadas quais propriedades do óleo ajudam a reduzir a insônia, porém muitas pessoas que o aplicam no cabelo ou ao redor dos olhos antes de dormir garantem adormecer com maior facilidade.

Leia também => Óleo de Rosa Mosqueta – Para que serve, benefícios, como usar, preço e onde comprar

11. Trata a cólica em bebês

Quantas vezes você já viu os bebês chorando em seus primeiros meses de vida devido a cólicas incontroláveis? O óleo de rícino proporciona um alívio de dor que os remédios orais não conseguem alcançar.

Massageie o abdômen do bebê com o óleo e verá que a maioria deles se acalma minutos depois da aplicação.

12. Trata doenças de pele em animais

O óleo de rícino é muito indicado para uso em pequenos cortes ou áreas afetadas na pele de cães e gatos.

Estes têm costume frequente de lamber feridas, o que muitas vezes pode agravar o quadro das lesões ou fazer com que o animal ingira medicações.

Composto por propriedades antimicrobianas e anti-inflamatórias, o óleo de rícino acelera o processo de cicatrização dos ferimentos. Caso o animal lamba o óleo, suas fezes podem ter aspecto mais solto que o normal.

13. Conservante natural

O óleo de rícino é um bom conservante. Por isso já foi bastante utilizado na indústria de alimentos. Esse papel provém de suas funções antifúngicas.

 O óleo também pode ser usado para repelir insetos e pragas que são responsáveis por danos aos alimentos. Essa pode ser uma ótima opção para aqueles que fogem dos conservantes químicos.

14. Lubrificante natural

Ele pode ser tão eficiente quanto a graxa, tanto é que o óleo de rícino é muito usado nos carros de competição.

A vantagem do seu uso é que, ao contrário de outros óleos, ele não prejudica a borracha do pneu. Pode ser utilizado também em locais enferrujados ou utensílios que precisem de lubrificação.

15. Diminuição de calos

Quando aplicado diretamente onde existem os calos, promove o alívio na área afetada. Se massageado, alivia inchaços e dores.

16. Hidratação dos lábios

O óleo de rícino faz milagre contra o ressecamento dos lábios. É muito usado na composição de remédios e protetores labiais adquiridos em balcões farmacêuticos.

17. Alívio de coceira

Quando sentimos coceira, é normal que nossa pele fique ferida por arranhões. Aplicando o óleo de rícino sobre os ferimentos, você terá alívio imediato da dor.

18. Mantém as unhas sadias

O óleo de rícino é muito eficaz para a recuperação de unhas enfraquecidas.

Massagear as cutículas diariamente com uma pequena quantidade de óleo resultará em unhas fortes, saudáveis, bonitas e com crescimento considerável.

19. Hidratação da barba

Benefícios para barba

O óleo de rícino beneficia a barba de duas maneiras.

Primeiramente melhorando a saúde dos fios da barba. Sua composição promove a formação de uma camada de proteção externa que protege os fios de agressões como o vento e o sol.

A segunda é a capacidade de estimular o crescimento dos fios.

Além disso o uso do óleo aumenta a produção de colágeno e a absorção de nutrientes importantes, tornando sua barba bem mais macia e hidratada.

Leia também => Óleo de cártamo: Para que serve, como tomar, efeitos colaterais e preço

20. Sérum para sobrancelha

Assim como foi elaborado o rímel dos cílios, pode-se manipular um sérum para as sobrancelhas a partir do óleo de rícino. O resultado são sobrancelhas mais hidratas e com crescimento acelerado.

A receita é ideal para consertar pequenas falhas nos fios. Derreta uma colher de sopa de cera de abelha e adicione duas colheres de sopa do óleo. Use diariamente.

Efeitos colaterais

Apesar de sua lista extensa de benefícios, devemos nos atentar aos efeitos colaterais desta poderosa substância.

Sempre leve em consideração os efeitos colaterais, afinal cada organismo funciona de uma maneira. O que pode ser benéfico para você, não necessariamente será para o outro.

Entre os efeitos colaterais do óleo de rícino inclui-se:

  • Desconforto e dor abdominal;
  • Cólicas;
  • Diarreia;
  • Náuseas;
  • Desidratação;
  • Alergia por contato na pele;
  • Tonturas;
  • Alucinações (raras);
  • Desmaio;
  • Erupção cutânea;
  • Falta de ar;
  • Dor torácica.

Por isso é importante que você procure o seu médico antes de administrar a substância ou ao perceber quaisquer sintomas depois de fazer uso dela.

Dicas

 Ao optar pelo uso do óleo de rícino, é importante que você siga as dicas abaixo.

É importante que, antes de utilizar o óleo, você faça alguns testes na pele, para descobrir possíveis reações alérgicas;

Siga sempre as orientações da embalagem ou de um médico. Use apenas as quantidades especificadas nas embalagens.

Contraindicações

Mesmo com estes inúmeros benefícios, ainda temos um grupo de restrição para uso dessa substância. Ingerir óleo de rícino é contraindicado para:

  • Gestantes;
  • Lactantes;
  • Crianças e pacientes que apresentem quadros ou sintomas; relacionados com obstrução intestinal;
  • Doenças inflamatórias intestinais;
  • Cólon irritável;
  • Doença de Crohn;
  • Colite Ulcerativa;
  • Qualquer outra doença intestinal;
  • Úlcera Péptica
  • Problemas de sangramento
  • Trabalho de parto – devido ao seu potencial efeito laxante, já foi muito usado. Os médicos o proibiram para esta finalidade devido ao risco de abordo espontâneo.

Além disso, evite a aplicação nas mucosas, como boca, olhos e orelhas.

Preço e onde Comprar!

O óleo de rícino é muito comercializado nas lojas de produtos naturais ou lojas de suplementos. Seu preço médio pode variar de R$45,00 a R$65,00 para uma embalagem com 500ml.

O valor depende bastante da localidade e da prática de preços do estabelecimento.

Antes e depois

Já utilizou ou ainda está usando o óleo de rícino? Conhece outras receitas ou utilizações provenientes do óleo de rícino? Deixe seu relato sobre os resultados  nos comentários logo abaixo e ajude os próximos leitores!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Send this to a friend